Zenil, que deixou o governo para disputar prefeitura de Sena: “Quando cheguei no Depasa tava só o bagaço, arrumei. Em Sena vai ser do mesmo jeito”

0
79

O Diário Ofícial desta terça-feira, 23, trás a exoneração de Zenil Chaves da direção do Depasa, o departamento de água e esgoto do Estado. Ele está saindo a pedido porque vai realizar um sonho de infância, disputar a prefeitura de Sena Madureira, e o governador Gladson Cameli (Progressistas) pediu que quem for disputar as eleições que deixem o governo. Zenil já foi vereador, em 2000, sendo o mais votado da história daquela cidade. Ligado ao senador Márcio Bittar (MDB) desde sempre, Zenil vai para a luta com apoio do mesmo. “Só sai do Depasa depois de ouvir ele”, diz sobre a conversa que teve com Bittar, que é seu compadre.
Zenil sonha administrar seu município, diz que se tiver oportunidade vai fazer o que fez no Depasa, mas que não será candidato de si mesmo. “Quando cheguei no Depasa tava só o bagaço. Eu dei uma arrumada e é o que vou fazer em Sena Madureira. Mas também não vou chegar lá hoje impondo minha candidatura. Quero conversar com Ghelen Diniz, com Toinha Vieira. Vou lutar pra gente se juntar, porque separados a gente favorece o atual prefeito”, pondera Zenil, que se classifica como “peão”, por não ter nenhum receio de “botar a mão na massa” quando é preciso. Partido Zenil ainda não tem. A única conversa que teve nesse sentido foi com a Charlene Limaz presidente do PTB.

Recomendados
loading...