Prefeito de Acrelândia não esperou pastores se decidir, ele mesmo decretou suspensão dos cultos

0
88

O prefeito de Acrelândia, Ederaldo Caetano (Progressistas), não quer saber de seus munícipes infectados pelo coronavirus. Baixou um decreto essa semana lacrando qualquer coisa que reúna gente. Até na loteria só entra de um por um. Mas a medida mais dura, segundo ele mesmo, foi suspender os cultos nas igrejas evangélicas. A medida é antipática e outros prefeitos deixaram para os pastores decidir. Ele não esperou. Mandou fechar as casas de oração.

Recomendados
loading...