Minoru apanha nas redes sociais, mas não se arrepende de ter entrado na política; “Antes de entrar nisso dobrei meu joelho e perguntei a Deus”, diz

0
257

 

O professor doutor Minoru Martins Kimpara, ex-reitor da Ufac, se mantém líder nas pesquisas de opinião pública que procuram saber quem a população prefere para ser prefeito de Rio Branco. A medida que ele vem aparecendo nessa condição, vão aparecendo também os algozes. No últimos dias, por exemplo, Kinpara tem sido alvo constante de alguns viajantes da internet, principalmente, em decorrencia de seu passado no PT, partido mais rejeitado no Brasil e no Acre nesse momento, uma vez que ele deixou a sigla e filiou-se no PSDB para disputar a eleição desse ano. Com calma oriental, provavelmente adquirida de seus antepassados japoneses, responde tudo sem alterar a voz, sempre superestimando sua fé em Deus. “Antes de tomar essa decisão sobrei meus joelhos e perguntei a Deus se era isso mesmo. Então Ele garante”, afirma. Veja o que Kinpara disse mais ao Blog do Evandro Cordeiro:

Blog – Se ainda na pré-campanha já está acontecendo esse tipo de ataque, o que poderá acontecer faltando um mês pra eleição?

Minoru Kinpara – De minha parte não haverá nenhuma agressão. Quando for permitido pela legislação eleitoral, irei fazer uma campanha propositiva sem atacar ninguém. Sou totalmente contra essa velha politica de atacar as pessoas, inventando mentiras para atingir um objetivo. Creio que o eleitor não merece isso. O eleitor merece saber o que os pretensos candidatos vão fazer para melhorar a vida das pessoas que mais precisam do serviço publico de qualidade. Jamais vou abrir mão dos meus princípios para vencer uma eleição. Prefiro perder a eleição do que vencer mentido, trapaceado e enganado as pessoas. Isso seria um atentado a memoria do meu pai que sempre me ensino que a verdade, a humildade e a honradez são os maiores valores que uma pessoa pode ter na vida.

Blog – Professor, o senhor não se arrepende de ter entrado nisso, tendo um nome tão limpo como tem, financeiramente sem nenhuma necessidade?

Minoru Kinpara – Antes de tomar essa decisão de colocar a minha pré-candidatura dobrei os meu joelhos algumas vezes e perguntei à Deus se era isso que para a minha vida amigo Evandro. Eu sou servo, amigo Evandro. Aliás, eu creio que nós estamos nesse mundo para servir e não para ser servido. E não é para servi de qualquer jeito, é para servir bem. Sei que posso ajudar a nossa cidade. Toda a experiência que adquiri durante a gestão a frente da Ufac, quero colocar a disposição dos 407 mil habitantes da cidade de Rio Branco, cuidando, principalmente, das pessoas que moram nos bairros mais distantes do centro da cidade, onde se encontra a população mais carente.

Recomendados
loading...