Jarbas Soster alerta secretário de Meio Ambiente que não entre na onda de ambientalistas para não deixar o Acre atrasado mais quatro anos

0
149

O secretário de Meio Ambiente do Acre, Israel Milani, demonstrou em Madrid, Espanha, durante o COP-20, estar empolgado com a onda de ambientalistas sobre a Amazônia, cuja ideia é fecha-la para o progresso. Jarbas lembrou ao secretário que essa mesma onda só gerou 10 mil aficionados e 3,4 bilhões de dívidas para o Estado. Dessa nós já saímos, diz o empresário, um dos maiores geradores de empregos. Ele escreveu mais o seguinte:

“GEROU MESMO!!!!!
EM 20 ANOS 3,4 BILHÕES DE DIVIDAS, 10 MIL HOMENS FACIONADOS, esgotos a céu aberto, doenças tropicais, gente na fila da morte em hospitais aguardando cirurgias e o pior IDH do Brasil.

Deixar eu dizer uma coisa para os acreanos: as melhores carnes que são produzidas no Acre são exportadas para as cidades mais ricas do país ou mesmo fora do país, os melhores carros, casas e propriedades são das cidades onde se concentram as maiores riquezas.

Ou seja: vc andando a pé ou de bicicleta e as nações mais ricas de Ferrari, com tudo lindo, jardinado, arrumado, pavimentando, grandes plantações, muitas fábricas e tecnologias.

Vc acreano é que decide se quer viver com esgoto correndo a céu aberto e comendo carne de terceira porque não se pode produzir riqueza aqui no Acre.
Pra termos riquezas temos que explorar o solo e o subsolo, o resto é conversa que vai pelo ralo”, escreveu.

Recomendados
loading...