Comandante da PM agradece esforço dos subalternos em operação e faz um apelo a população: “Não avisem das blitz”

0
492

O coronel Ulysses Araújo, comandante da Polícia Militar do Acre, colocou nas ruas na noite desta sexta-feira, 3, cerca de 180 homens da corporação. Era a abertura de uma operação que surpreendeu todos os moradores da capital, Rio Branco, realizada em conjunto com as polícias Civil e Penal. As blitz romperam toda a noite e resultaram em prisões e apreensões, inclusive de armas brancas e de fogo.

Foi feito uma espécie de cerco em toda a cidade, sufocando o crime por suas rotas de fuga. La dentro dos bairros, segundo o coronel, também foram realizadas a famosa blitz saturação, um confronto mais direto. Tudo, no entanto, obedecendo apenas um planejamento realizado pelo setor de segurança do governo. “Não estamos fazendo nada em razão de clamor”, reagiu o coronel ao ser perguntado se o trabalho é uma resposta ao crime, que executou três pessoas nas primeiras horas de 2020 e deixou a população em choque e clamando por uma ação do governo. Melhor notícia, segundo o oficial superior, é que esse trabalho vai ser intensificado de agora em diante, sempre com operações surpresas. Ulysses Araújo só faz um pedido à população: que não participe de grupos que estão se organizando para avisar sobre as blitz. “Quando você faz isso você está ajudando o crime”, disse ao Blog do Evandro Cordeiro.

Recomendados
loading...