DEU NO AC24HORAS Klemer lamenta atentado à Porta dos Fundos

0
78

Com reconhecimento nacional, o humorista acreano Antônio Klemer manifestou nesta quinta-feira (26) sua preocupação com o suposto atentado terrorista à produtora Porta dos Fundos, no Rio de Janeiro, comparando o ato ao ocorrido na sede do jornal humorístico francês Charlie Hebdo, em 2015. “Dia 24 de dezembro, jogaram coquetéis incendiários na sede do satirico Porta dos Fundos, em pleno Brasil cristão”, disse Klemer, autor do, entre outras obras, “Manual de sobrevivência na terra onde o cupuaçu abunda”, uma sátira da acreanidade.

Klemer pede apuração rigorosa e punição aos responsáveis: “As autoridades brasileiras não podem deixar barato o atentado, o justiciamento, nem com humoristas nem com testemunhas de crimes, nem prefeitos nem vereadores nem com candidatos a presidente da República”.

A produtora do Porta dos Fundos teve sua sede atacada no dia 24 de dezembro e a Polícia Civil abriu investigação para descobrir quem foram os autores. Um grupo que se diz integralista assumiu o atentado.

Veja a manifestação de Klemer:

Outro Charlie Hebdo?

Qual é o limite do Humor? Esse limite deve ser unilateral ou quem assiste também deve ter bom senso?

Em 7 de janeiro de 2015 a redação do jornal satírico francês Charlie Hebdo foi alvo de atentado terrorista. Foram 12 mortes e um aviso: radicais muçulmanos estavam “tomando” Paris.

Dia 24 de dezembro, jogaram coquetéis incendiários na sede do satirico Porta dos Fundos, em pleno Brasil cristão. O que diz o bom senso?

Primeiro: piada não é feita para agradar ao seu mote, ou seu alvo! Não existe “piada a favor”. Nem o Colunismo Social é assim!

As autoridades brasileiras não podem deixar barato o atentado, o justiciamento, nem com humoristas nem com testemunhas de crimes, nem prefeitos nem vereadores nem com candidatos a presidente da República.

Essa barbárie que intenta colocar as religiões por adeptas do Terrorismo não pode prosperar no Brasil.

Riocentros nunca mais!

Recomendados
loading...