Casamento à vista
01 / 01

Casamento à vista

Cantor Sérgio Solto é o aniversariante de hoje, 11! Ao lado de sua noiva, a advogada Socorro Rodrigues, foi acordado com lauto café da manhã
19 SP_JANEIRO 2018

O diretor do Detran, Pedro Longo, é um juiz de Direito aposentado que topou comandar o trânsito do Acre, aceitando convite do governador Tião Viana (PT). Pelo números, resolveu a parada, indigesta, por sinal. Mas em 2018 ele quer outra aventura, a das urnas. Vai disputar as eleições para deputado estadual pelo PV. O próprio Pedro monta a chapa e articula uma aliança com o PRP sem ninguém com mandato. Ao Blog ele disse o seguinte:   

Blog - O senhor teve um ano muito movimentado tanto no departamento que dirige, o de trânsito, quanto na construção de seu novo partido, o PV. Que avaliação o senhor faz de 2017?

 

Pedro Longo - 2018 foi um ano bastante positivo para o Detran. Conseguimos reduzir o número de vítimas fatais e demos seguimento a diversos projetos importantes, como a implantação das Faixas Elevadas para pedestres, a modernização do nosso atendimento e a desapropriação de um imóvel no 2º Distrito para a futura construção do Complexo do Detran que irá reunir todos os nossos serviços em um mesmo local, propiciando maior comodidade aos usuários e desafogando o trânsito. Também avançamos na reforma das nossas sedes no interior (Ciretrans) que serão entregues em breve nos Municípios de Sena Madureira, Mâncio Lima, Xapuri e Plácido de Castro, além do reforço nas atividades da Educação de Trânsito que atingiu recordes de abordagens em suas campanhas. Já no início de 2018 será implantada a CNH digital e o parcelamento de multas com o uso de cartão de crédito, o que coloca o Acre dentre os Estados mais avançados na modernização de seus serviços.

Blog - As leis de trânsito tem endurecido. Isso não é ruim para quem tem pretensões políticas?

 

Pedro Longo - O endurecimento das leis de trânsito é uma opção política do Congresso Nacional, cabendo aos Detrans e demais órgãos de trânsito apenas cumpri-las. Assim, penso que não haja relação entre estes temas. Além do que, certamente toda a sociedade apoia que quem, por exemplo, provocar uma morte por dirigir sobre o efeito do consumo de bebidas alcoólicas receba uma punição apropriada. Afinal, proteger a vida humana deve ser nosso principal objetivo.

Blog - O senhor não é apenas um provável candidato, mas é um dos “articuladores” de uma aliança na qual não entrará ninguém com mandato. O senhor tem mais habilidade em administrar o Detran ou administrar partidos?

 

Pedro Longo - (Risos) Obrigado pelo elogio. Na verdade, estou apenas colaborando com a nossa Presidente Shirley Torres, aproveitando a experiência adquirida no período em que presidi o PSL quando conseguimos bons resultados eleitoriais. O mais importante é que construímos uma coligação muito forte entre o PV, o PRP do Julinho, que é um ótimo articulador e muito experiente na montagens das chapas e mais o PSOL que é presidido pelo Jamyr Rosas. Pelos nomes que farão parte desta chapa há grande chance desta coligação eleger três deputados, sendo dois de forma direta e o terceiro no aproveitamento das sobras eleitorais. Na última atualização feita pelo Julinho, a expectativa é que esta chapa alcance em torno de 45.000 votos  

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
19 SP_JANEIRO 2018

O diretor do Detran, Pedro Longo, está participando pessoalmente das campanhas de educação no trânsito, nas ruas de Rio Branco. No feriadão ele foi para a rua, principalmente, para ver o comportamento do trânsito com os novos bolsões implantados para motos no semáforos. “É um dever do Estado fazer a coisa bem feita. Por isso estou acompanhando de perto”, afirmou Longo, que politicamente puxa, com seu partido, o PV, uma das melhores coligações da Frente Popular para 2018, junto com PRP, na proporcional.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
19 SP_JANEIRO 2018

No ato que confirmou a candidatura de Marcus Alexandre ao Governo no último sábado, 28, começaram também a ser reveladas as coligações que irão definir a nova composição da ALEAC no campo da FPA.

O presidente do PRP, Julinho Santos, disse ao usar a palavra durante o evento o que este Blog antecipou: que PRP, PV e PSOL entraram em acordo para uma coligação e atraíram também o PTC e o PSDC, que devem ser oficializados na aliança nos próximos dias.

Esta composição é o "sonho de consumo" dos pré-candidatos novatos da FPA, pois não haverá ninguém com mandato e deverá fazer entre quatro a cinco deputados segundo seus dirigentes.

Dentre os nomes mais expressivos dessa coligação são citados: Tamir de Sá e Telma Chaves no PRP; Cláudio Ezequiel e Antônio Klemer no PSOL; Pedro Longo e Alonso no PV; Fagner Calegário no PTC e José Afonso no PSDC.

Nos próximos dias será definida uma coordenação com representantes das cinco legendas que irá avaliar outros nomes que poderão (ou não) serem aceitos no projeto, já que o que não falta são pretendentes.

Outra chapa boa, com perfil semelhante, deve ser formada por PHS, PMB,

PPL, PTdoB (Avante) e PROS.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
19 SP_JANEIRO 2018

O ex-presidente do PSL, Pedro Longo, Juiz de Direito aposentado que dirige o Detran, se filiou nesta sexta-feira, 22, no PV e disputará as eleições para deputado estadual. Mas ele não será o único candidato da sigla. “Teremos uma chapa completa de estadual”, diz ele. Já a outra figura que se filiou junto, o ex-deputado federal Henrique Afonso, será o único candidato a deputado federal. Henrique estava na oposição, mas o PV vai seguir junto à Frente Popular.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
19 SP_JANEIRO 2018

 

Henrique Afonso e Pedro Longo devem formar a poderosa dobradinha para deputado federal e estadual, respectivamente, no PV. Pedro vem do PSL, que foi negociado em Brasília e está indo para a oposição. Preferiu ficar e manter-se leal ao governo. Henrique vem de uma passagem pela oposição, onde chegou a praguejar o PT. Mas está de volta, convencido que foi pelo próprio Pedro Longo. “Vai ser uma dobradinha muito forte”, aposta o ex-dirigente do PSL, Marcus de Bastus.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard

BANNER PP P