Itens filtrados por data: Dezembro 2018

O ex-porta-voz do governador Tião Viana (PT), jornalista Leonildo Rosas, está há quase dois dias sendo “pisoteado” pelas redes sociais. A razão do massacre não é outra senão o fato de ele ter levantado a voz para criticar o novo governo, menos de 20 dias depois da posse. Rosas está sendo desqualificado por internautas que o lembram de ter sido ele assessor de um dos piores governos da história do Acre e de um partido que arrasou economicamente o país e o Acre, por seus escândalos de corrupção. Léo disse que o governo novo está recorrendo a petistas em cargos porque na oposição não tem pessoas qualificadas para tocar uma gestão. Ele esqueceu, talvez, que 54% dos acreanos votaram em Gladson e que sua aceitação é maior que isso porque os eleitores do coronel Ulisses o preferem no governo.    

Publicado em Evandro Cordeiro

Algo impensável nos últimos 20 anos de governos da Frente Popular.

A educação e cultura são direitos fundamentais do cidadão. E é pensando em ampliar e melhorar a oferta desses serviços à população que a Prefeitura de Cruzeiro do Sul firmou uma parceria inédita com o governo do Estado. Algo impensável nos últimos 20 anos de governos da Frente Popular.   

Nesta quarta-feira, 23, o prefeito Ilderlei Cordeiro e o seu vice, Zequinha Lima, se reuniram com a nova coordenadora do Núcleo de Educação do Estado no Juruá, Ruth Bernardino, para traçar investimentos em educação, esporte e cultura. Também participaram do encontro os secretários de Educação, Amarísio Saraiva, e o de Cultura, Esporte e Turismo, Aldemir Maciel.

“Saímos desse encontro com uma prévia do que faremos no início deste ano letivo, bem como das propostas de atividades esportivas e culturais em Cruzeiro. Definimos a cessão, do Estado para o Munícipio, do Museu José Augusto e do Teatro José de Alencar que terão espaços revitalizados e sediarão a Secretaria Municipal de Cultura. Levaremos vida a um local que foi e é muito importante para a nossa população”, ressaltou o prefeito.

Segundo a professora e coordenadora do Núcleo de Educação, Ruth Bernadino, a parceria otimiza recursos e amplia ações. “Essa parceria entre Estado e Município sempre foi o sonho de todo cruzeirense. Juntos, poderemos unir forças e reduzir gastos, ampliando os investimentos em Educação, Esporte e Cultura”, observou a gestora.

O acordo entre as gestões progressistas prevê melhorias tanto nas áreas administrativas e operacionais da Educação, como a cessão de servidores, além da reutilização adequada de espaços culturais, beneficiando os cidadãos cruzeirenses.

Para o secretário de Educação, Amarísio Saraiva, o acordo demonstra o novo momento. “A partir de agora, as parcerias com o Estado são uma realidade e, automaticamente, poderemos ofertar um serviço com mais qualidade à sociedade.”

Diálogo aberto

A integração política entre a Prefeitura de Cruzeiro do Sul e o Governo do Estado viabiliza uma oportunidade para a região, é o que explica o vice-prefeito e ex-secretário de Educação, Zequinha Lima.

“Estamos dialogando para que possamos afinar as parcerias. Nenhuma rede, seja ela estadual ou municipal, funciona de maneira isolada. Entretanto, durante quase 20 anos, nós tivemos dificuldade para traçar parcerias, pois a Prefeitura de Cruzeiro do Sul sempre foi oposição à Frente Popular. Agora, temos a oportunidade de nos alinharmos com o governo do Gladson Cameli, construindo a viabilidade da melhoria do ensino em nossa cidade”, destacou.

Prefeitura de Cruzeiro do Sul

Publicado em Evandro Cordeiro

O pastor batista Carlos Barros, conhecido no futebol como o zagueiro Carlão, campeão do Norte pelo Rio Branco Futebol Clube, inaugura dia primeiro de fevereiro a Escola de Futebol do Acre. O evento será às 15hs no campo de grama sintética conhecido como Artur Soccer, localizado em frente ao Educandário Santa Margarida. A ideia, segundo ele, é revelar jogador, mas sobretudo homens. Ele também adianta: vai aproveitar para anunciar o evangelho de Jesus Cristo aos alunos. “Quem sabe a gente alcança os pais também”, diz ele.    

Publicado em Evandro Cordeiro

O deputado estadual eleito Edvaldo Magalhães (PCdoB) voltará ao parlamento depois de oito anos longe dos microfones da tribuna, um instrumento que o revelou como um dos melhores oradores da Assembleia Legislativa de todos os tempos, num patamar onde estão Luiz Garcia, João Correia e Vagner Sales. Nesses anos, todavia, o mundo mudou e o Acre também. A conjuntura é outra e a única constatação é que o “mago” Magalhães deu uma discreta envelhecida. Inclusive, aos 53 anos, parece não ser mais aquele afoito deputado que presidiu CPI, apontava dedo na cara de opositores e que, ao comandar um comitê contra a impunidade, não poupava nem mesmo o Judiciário. Falando bem menos, ele disse ao Blog do Evandro Cordeiro, entre outras, que não é hora de avaliações, nem da derrota da Frente Popular, muito menos do governo Gladson Cameli (PP), iniciado há 23 dias. Veja o que ele falou mais, mesmo as carreiras, porque estava atrasado para uma reunião na Assembleia Legislativa:

 

Blog – Qual vai ser a cara da oposição ao governo Gladson, deputado?

 

Edvaldo Magalhães - Ainda é cedo para se saber. Primeiro teremos que contabilizar o tamanho. É natural que haja movimentações. Segundo, teremos que ter o pé no chão. Firmeza e sabedoria. Gradual, conforme o desenrolar dos acontecimentos.

 

Blog – O senhor, pela experiência, deverá ser o comandante da oposição?

 

Edvaldo Magalhães - Não haverá comandante. Construção diária. Nossos partidos têm leitura do quadro. Opiniões as vezes distintas. Então, teremos que ir compondo e construindo um posicionamento conjunto sempre que possível.

 

Blog – Já dá para fazer uma avaliação do novo governo?

 

Edvaldo Magalhães - Impossível. Todo começo é marcado por encontros e desencontros. Apressar uma avaliação é cometer erro primária. Apressado como crú.

Publicado em Evandro Cordeiro

O governador do Acre, Gladson Cameli (PP), será o entrevistado do programa Em Ponto, da Globo News, nesta quarta-feira, 23, às 5 da manhã, apresentado pelo jornalista José Roberto Burnier. Em síntese, o governador acreano vai falar sobre a situação política do Acre, do novo ciclo iniciado este ano e sobre o futuro do Brasil.

Publicado em Evandro Cordeiro

O militante ligado à James Gomes, Moisés de Leite, acusado de ter desdenhado nas redes sociais do vice-governador Major Rocha (PSDB) negou a autoria dos áudios que repercutiram durante toda a segunda-feira, 21, pelas redes sociais.

No suposto áudio, alguém se passando por Moisés fala ao presidente da Juventude do PSDB em Senador Guiomard, Carlos Rafael, que “ele perdeu” ao não ter ido para o Progressistas. “Rafael, seu abestado, eu falei para vir para o nossa lado. Tu ficou tentando ajudar a Branca e o Batatão ai e tomou no c*. Se lascou!. Quem manda aqui no Quinari é o James e depois da reunião que fizemos aqui ficou decidido que a Aninha vai ficar com o núcleo. O Rocha é só um peão nosso”.

Ao tomar conhecimento do conteúdo e da repercussão do caso envolvendo o vice-governador Major Rocha, Moisés de Leite registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil do município de Senador Guiomard pedindo uma investigação para saber quem é o autor da gravação em que seu nome foi envolvido.

“Esse áudio que está na matéria não é meu. O conteúdo é descabido, inverídico e falso, por isso exijo direto de resposta, conforme a lei me assegura” acrescenta o militante.

Em nota enviada à imprensa, Moisés confirma que é ligado ao grupo de James Gomes, mas assegura que a orientação repassada pelo ex-prefeito sempre foi de unidade. “Nunca ouvi o James Gomes falar mal do Major Rocha” confirma Moisés.

Publicado em Evandro Cordeiro

O Galvez, time de futebol do Acre, agora é conhecido no Brasil todo. A fama veio no início de 2019 durante a Copinha de Futebol Júnior, realizada há mais de quatro décadas em São Paulo nos primeiros dias do ano. Os meninos acreanos conseguiram a façanha de ficar entre os 32 melhores dentre os 128 times que disputaram a competição, com três vitórias em cinco jogos. Essa campanha fenomenal teve um comandante e o Blog do Evandro Cordeiro vai apresenta-lo hoje. Nascido em Sena Madureira, sargento aposentado da Polícia Militar do Acre, Oziel Moreira de Araújo vem do futebol de várzea, com uma passagem rápida pelas categorias de base do Juventus, na época do futebol amador ainda.  

Aos 52 anos, aposentado Oziel ocupa grande parte de sua vida ao futebol de várzea. Sonha em descobrir talentos. Ele conhece bem a turma que tem futuro, afinal foi um craque do futebol amador em Rio Branco. Prodígio nos campos, na posição de meia armador, era conhecido como “Brilhoso”. Mais craque impossível. Seus dribles e outras jogadas não menos mágicas fizeram a marca desse agora herói da conquista em São Paulo. Jogou e foi campeão por clubes do futebol amador muito conhecidos no passado como Flamenguinho do Palheiral, Estação, Guarani, Mobilarte e Tiradentes, esse último uma equipe formada por policiais militares. Apaixonado pelo futebol, diz que topou o desafio de ajudar o Galvez, mas sem tantas pretensões. “Eu formei uma equipe de moleques irmãos, cobrando muito deles, principalmente comportamento fora de campo”, diz, mostrando parte da receita do sucesso.

“Brilhoso” volta de São Paulo depois da brilhante campanha disposto a ajudar, também, a equipe principal no campeonato estadual. Mas sua grande preocupação é com o futuro da garotada que dirigiu na Copinha, porque acha aquele plantel uma joia que ainda vai dar muitas glórias ao futebol acreano. “Esses meninos tem futuro. Muitos vão brilhar pelo futebol brasileiro e pelo mundo e nós vamos continuar aqui, cuidando do futuro de novo talentos, o que o Acre provou que tem e é muito nessa competição em São Paulo”, afirmou o treinador.  

Publicado em Evandro Cordeiro

O ex-gerente de empresa de ônibus João Marcos Luz, do MDB, e a pastora batista Sandra Asfury, do PSC, assumem em fevereiro como vereadores em Rio Branco. Foi o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) quem acabou com a polêmica sobre os substitutos, uma vez que havia candidatos de todas as cores, de várias idades e de muitos amores alegando ser os donos das cadeiras do presidente Manuel Marcus (PRB), que se elegeu deputado federal, e do Roberto Duarte (MDB), que virou deputado estadual. A briga principal era pela cadeira de Manuel Marcos. Agora acabou.

Publicado em Evandro Cordeiro

O ex-reitor da Ufac e fenômeno de votação na disputa pelo Senado, em outubro passado, Minoru Kimpara, assegurou ao Blog do Evandro Cordeiro, agora há pouco, ainda não haver um convite oficial do PSDB para que ele se filie e dispute a prefeitura em 2020. “Estamos conversando com lideranças de outros partidos também, mas não recebemos nenhum convite oficial”, disse. Minoru faz uma ressalva, antes de desligar o telefone: “Caro amigo Evandro, ainda é cedo para tomar qualquer decisão em relação a disputa pela prefeitura de Rio Branco”. Pronto!

Publicado em Evandro Cordeiro

O novo secretário de Saúde do Acre, Alisson Bestene, disse ao Blog do Evandro Cordeiro que está fazendo gestão na saúde esses primeiros 20 dias de governo da forma mais improvisada possível. “É que pouca coisa estava funcionando”, diz. Consta desde a falta de espaço físico até pagamento a fornecedores, como no Hospital do Juruá, por exemplo. Alisson já chama tudo o que recebeu de “herança maldita”, mas também não estaria interessado em passar dias se lamentando. Pelo contrário. Arregaçou as mangas e está tentando resolver ao menos o basicão. Ele alega que até o básico do básico não estava funcionando. Então é arrumar a casa e depois, lá pelo meio do ano, começar dar nova cara na saúde.   

Publicado em Evandro Cordeiro