10 SP_DEZEMBRO 2018

O deputado estadual eleito José Bestene (PP), certamente o mais experiente dentre os próximos 24 parlamentares, prefere não falar sobre a disputa pela presidência da Assembleia Legislativa, assunto naturalmente polêmico a essa altura do campeonato. “Não, não, Evandro, deixa os meninos disputar lá”, diz ele, se referindo aos dois pretensos candidatos a presidente, Nicolau Júnior e Ghelen Diniz, ambos também do PP. Pelo pouco que conheço de disputa pela presidência do Poder Legislativo, melhor não descartar um nome com a experiência de um veterano como o “Zeca” Bestene. Eleição desses poderes se resolvem na prorrogação.   

Leia mais ...
Publicado em Blog
10 SP_DEZEMBRO 2018

O secretário de Segurança Pública no governo Gladson Cameli (PP) será um dos oficiais mais bem preparados da Polícia Militar dos últimos 30 anos, coronel Paulo Cézar Rocha dos Santos. Uma mistura de nerd com força tática física, o oficial parece preencher os requisitos formulados pelos eleitores que rejeitaram a política para a segurança do atual governo. E ele já chegou chegando. Numa conversa rápida com o Blog do Evandro Cordeiro contou o mínimo do mínimo daquilo que sonha colocar em prática, segundo ele mesmo, mas o suficiente para esfriar a barriga dos cortadores de cabeça das facções que dominam o Estado paralelo do Acre. “Vamos cortar o fluxo logístico”, diz ele, avisando que o novo governo cortará o mal pela raiz.

Paulo César inicia sua trajetória na segurança do Acre reconhecendo que o Estado tem uma das melhores polícias do Brasil. “O Acre possui a segunda maior população carcerária do Brasil. Assim fica claro que nossas polícias cumpriram com eficácia seus papéis”, elogia. O problema maior é mesmo político, portanto. A nova cúpula da segurança deverá se debruçar com máximo de rapidez possível sobre o esboço de uma nova ordem já previsto em campanha pelo novo governo para agir com inteligência, segundo o coronel.  

O novo comandante da segurança afirma que qualquer plano de ação a ser desencadeado num primeiro momento tem que estar fundado na "repressão qualificada", com a utilização da inteligência, das ferramentas de análise criminal e através da integração de ações dos órgãos do sistema de justiça criminal. Num segundo momento, diz ele, ai urge o maior desafio: “Implementar e sedimentar políticas de prevenção, envolvendo o sistema de defesa social, o sistema de educação e a sociedade civil organizada”.

Por fim, Paulo Cézar lembra que não dá pra fazer segurança só com ideia. É preciso investir financeiramente. “Ao novo Governo compete olhar a Segurança como prioridade, destinando recursos financeiros a altura de cumprir seu papel constitucional, pois tenho a certeza que todos os que estiveram a frente do Sistema nos últimos tinham vontade e capacidade técnica para apresentar resultados mais satifastórios, porém a falta de financiamento do sistema de segurança é um problema que atinge a todos os Estados do país”, finaliza.

CURRÍCULO DO NOVO CHEFE Qualificação não é o problema

Coronel da reserva remunerada da Polícia Militar do Acre, o novo secretário de Segurança Pública tem um currículo invejável. É formado em Direito pela Universidade Federal do Acre (Ufac), formação por meio da qual tem sido aproveitado nos últimos tempos como assessor jurídico do Tribunal de Justiça do Acre. No âmbito da polícia é especialista em gestão de segurança pública, pós-graduado Lato Sensu pela Universidade Fluminense, analista de organização, sistemas e Métodos, Planejamento Estratégico Situacional, Gerenciamento de Crises, Direitos Humanos e Direitos Internacional Humanitário.

Paulo Cézar é um dos poucos oficiais que fez curso básico e avançado pela SWAT, curso de Operações Espanholas e tem experiência de atuação em várias áreas da PM, tendo atuado como comandante da Polícia do Exército e Guardas e Escoltas, comandante da Companhia Independente de Sena Madureira, Companhia de Patrulhamento da Capital, Companhia de Operacões Especiais, fundador e diretor-geral do Centro Integrado de Segurança Pública, Policiamento Metropolitano, Policiamento Operacional, tendo sido, também, subcomandante da PM no governo Binho Marques.

Paulo Cézar tem patentes e publicações na área policial, entre elas, Trabalho Monográfico sobre Qualidade Total no atendimento de ocorrências na PMPB João Pessoa, a Violação dos direitos personalíssimos promovida por policiais no exercício da da Imagem, da Honra, da Intimidade e da Vida Privada do Cidadão sob Custódia Policial e outros função-Ufac/2003; a atuação da Policia Militar em face da Violação.

Leia mais ...
Publicado em Blog
10 SP_DEZEMBRO 2018

A Funasa/SUEST-AC deu início aos exames médicos periódicos para os seus servidores, que consiste em exames de laboratório e posterior atendimento médico, visando definir as condições de saúde de cada funcionário, possibilitando a prevenção e adequada atenção aos casos de doenças relacionadas ao trabalho.

Segundo o superintendente Ronaldo Craveiro essa é mais uma ação que faz parte da prioridade da política da sua gestão, voltada a valorização e dignidade aos servidores da FUNASA, que há mais de 9 anos não realizavam os referidos exames, um direito permitido na Lei 8.112/90 (Estatuto do Servidor Público Federal).

Os Exames tiveram início em novembro e se encerram em 22/02/2019.

Leia mais ...
Publicado em Blog
10 SP_DEZEMBRO 2018

O senador eleito Marcio Bittar (MDB) acabou de ligar para o coronel PM Paulo César parabenizando pela nomeação dela para a Secretaria de Segurança Pública do Acre. “O nosso vice governador (Major Rocha - PSDB) está de parabéns pela escolha”, disse o senador ao Blog do Evandro Cordeiro. Bittar foi o candidato que mais discutiu sobre política de segurança durante a campanha eleitoral. Marcio disse também que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) será grande aliado do Acre nesse setor de segurança e ele será um dos elos de ligação para ajudar o governador Gladson Cameli (PP) e o coronel Paulo César na dura empreitada.       

 

Leia mais ...
Publicado em Blog