Itens filtrados por data: Dezembro 2018

O jornalista Diego Mainardi, que escreve o Antagonista, muito acessado no Brasil e no exterior, deu espaço grande para o senador acreano Márcio Bittar (MDB), após este insinuar que Renan Calheiros (MDB) não seria o candidato a presidente do Senado pelo partido. Mainardi adorou a frase de Bittar segundo a qual “quem disse que Renan será o candidato do MDB à presidência do Senado?”.

Publicado em Evandro Cordeiro

Internautas do Acre todo criaram a hagtg ficaprofessormauro em defesa do novo secretário de Educação, Mauro Sérgio Cruz. Outros tipos de campanha em defesa da permanência dele no cargo também foram deflagradas. Tudo por causa do levante contra ele por adversários do novo governo alegando que ele já foi filiado ao PSB, partido que por muito anos compôs a Frente Popular. O próprio Mauro provou ter se desfiliado há muito tempo. Sem contar que ele sempre foi muito envolvido com a academia e nunca com a política. Mauro vem da faculdade católica e foi notado também por sua gestão como diretor de escola. Maioria absoluta de internautas acredita na gestão dele na secretaria de Educação.

Publicado em Evandro Cordeiro

Na manhã desta quarta-feira, 9, parte da equipe que elaborou o Programa de Governo de Gladson Cameli (PP) se reuniu com o seu coordenador, Carlito Cavalcanti, professor-doutor. A equipe técnica, constituída por gestores de diversas áreas, comemorou o êxito do seu trabalho por ter as propostas referendadas pelos acreanos nas urnas e agora certamente serão aproveitadas em sua integralidade tornando-se as diretrizes a serem seguidas pelo novo governador. Todos reafirmaram o compromisso que estão à disposição para continuar construindo um Acre desenvolvido e juntos podem continuar somando com a sua colaboração para transformar as ações de governo nas políticas públicas que todos os acreanos sonham.

Publicado em Evandro Cordeiro

O presidente do PSL no Acre, Pedro Valério, disse ao Blog do Evandro Cordeiro que quando disse essa semana que o partido fez todos os acenos possíveis para o governador Gladson Cameli (PP) sem ser correspondido ele estava falando de parcerias com os órgão federais. “A programática do presidente Bolsonaro é a mesma do governador Gladson, por isso nós propomos estar perto do Estado para que os órgãos federais trabalhem com consonância com os do Estado”, disse. Pedro reafirmou também que no que pese o PSL não ser aliado do governo Gladson, por opção do próprio governador, “é bem melhor o Estado nas mãos dele do que nas mãos do PT”, explicou. A preocupação do dirigente é que a notinha anterior deixou alguma coisa no ar como se o PSL estivesse interessado em cargos, o que ele rechaça. “Nem passa por nossa cabeça, até porque teremos nossa cota nos órgãos federais.  

Publicado em Evandro Cordeiro

O presidente do PSL, Pedro Valério, disse ao Blog do Evandro Cordeiro que o partido de Bolsonaro no Acre vai seguir seu curso a margem do governo recém-empossado, por falta de aceno recíproco. "Todos os acentos possíveis nós fizemos para o governador Gladson Cameli (PP), mas ele não respondeu a nenhum. Mas não tem problema. Mesmo assim estará nas mãos dele do que estava com os petistas", afirmou. Valério viaja dia 17 para Brasília, onde vai resolver questões do partido no Acre.

Publicado em Evandro Cordeiro

O senador eleito Marcio Bittar (MDB) foi recebido na noite desta terça-feira, 8, pela executiva do PSL, partido que disputou o governo na eleição passada com o coronel PM Ulisses Araújo como candidato, mas apoiou Bittar para o Senado, em encontro para troca de agradecimentos. O senador emedebista reafirmou seu compromisso com o partido, principalmente pela equivalência na defesa dos grandes temas nacionais, como o liberalismo econômico, por exemplo. “Pensei que ia morrer e não ia ver um presidente da República defender temas que o Bolsonaro tem defendido”, afirmou Bittar.

O senador eleito, mas ainda não empossado, também relembrou que tem compromissos com o governo Gladson Cameli (PP), que ajudou a eleger, mas comparou o momento que o Acre vive com a abertura democrática no Brasil, quando todo mundo se juntou para derrubar a ditadura, mas que depois foram se formando bolhas que foram se distanciando com suas diferentes ideologias. Assim, para Bittar, ninguém poderá prevê o que vem por ai em termos de disputas políticas. Enquanto isso, ele garante que vai cumprindo os compromissos que assumiu com todos, inclusive com o PSL. O presidente Pedro Valério agradeceu, da mesma forma como o coronel Ulisses e a presidente do PSL Mulher, Sâmia Dumont. “O PSL está de portas abertas para o senhor”, afirmou o coronel.  

Publicado em Evandro Cordeiro

O deputado estadual e presidente do PP, partido do governador Gladson Cameli, ironizou nota publicada nesta terça-feira, 8, pelo Partido dos Trabalhadores, acusando o novo governo de perseguir servidores. “Quem é o PT para falar em perseguição a servidores!”, afirmou ao Blog do Evandro Cordeiro. Bestene sugere ao PT que guarde seu arsenal de defesa para responder na Justiça pela desgraceira que fez no Acre, muita coisa já descoberta e muitas ainda por serem reveladas. “Ao invés de uma nota engraçada dessas eles deveriam explicar como faliram esse Estado, como acabaram com a fábrica de tacos, a de camisinhas, entre tantas coisas que faliram. Foi na gestão deles, acredite, que a Coca-Cola faliu no Acre. Nós somos o único lugar do mundo onde a Coca-Cola faliu exatamente por causa desses caras”, diz o deputado estadual progressista.

Publicado em Evandro Cordeiro

A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri (PSB), que assumiu nesta segunda-feira, 7, a presidência da Amac, disse ao Blog do Evandro Cordeiro não ter interesse em reeleição, no momento, e que a “limpeza” que fez recentemente na prefeitura, extinguindo secretarias e exonerando pessoas foi uma decisão mais técnica do que política. Diz ela, para quem acredita, que foi apenas “buscando o equilíbrio das despesas com as receitas”. Os petistas demitidos não acreditam nisso. Veja o que ela falou mais em rápida conversa com o Blog:  

Blog - Prefeita a senhora acredita que fez a coisa certa ao demitir principalmente comissionados ligados a partidos?

 

Socorro Neri - Já há algum tempo o Brasil, assim como outros países, busca estratégias para vencer os desafios impostos por uma crise econômica que vem se agravando. Todas as projeções apontam para a necessidade de adequar as estruturas de gestão pública a uma nova realidade em que os recursos são reduzidos. No Acre não é diferente. Aqui, também, a prefeitura precisa fazer o dever de casa, buscando o equilíbrio das despesas com as receitas.

As decisões tomadas até o momento não tiveram como critério questões políticas, mas a necessidade de otimizar recursos. As exonerações, portanto, ocorreram em função de uma reforma necessária ao cumprimento das atividades fins do município que prioritariamente deve garantir aos munícipes ações básicas de saúde, educação, assistência social, zeladoria e infraestrutura.

Blog - O que a sua reforma gerou de benefícios imediatos?

 

Socorro Neri - Conforme amplamente divulgado para a sociedade, a medida, que extinguiu 12 órgãos públicos e vai resultar numa economia de mais de R$ 12 milhões, foi aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal de Rio Branco. A Lei Complementar nº 54, de 07 de dezembro de 2018, que alterou a Lei Municipal nº 1.959, de 20 de fevereiro de 2013, reduziu os cargos de Secretário Municipal de 16 para 11, os de Secretário Adjunto de 7 para 2 e os cargos comissionados de 444 para 356. A nova estrutura administrativa da Prefeitura de Rio Branco, com 132 cargos a menos, entrou em vigor no dia 1º de janeiro.

Blog - Que avaliação a senhora faz desses meses à frente da prefeitura, do ponto de vista técnico? Tipo, Rio Branco é uma cidade viável? Da pra consertá-la? Ou um prefeito tem que, sempre, ir remendando?

 

Socorro Neri - Rio Branco é uma cidade que cresce em ritmo acelerado. Os desafios são muitos e se renovam a cada dia. Fazer um bom planejamento e priorizar a otimização de recursos é uma forma de minimizar os impactos do crescimento, por vezes agravado pelos desastres naturais como enchentes ou longo períodos de estiagem comuns na nossa região. Sem perspectivas de grandes mudanças no cenário econômico do país e do mundo, nossos esforços têm sido no sentido de garantir a continuidade das ações. Evidente que, ao mesmo tempo, estamos buscando viabilizar recursos para investimento na iluminação pública, na recuperação da malha viária e na mobilidade urbana.

Blog - Sua aprovação está lá em cima, dizem as pesquisas. Isso já garante seu nome na disputa pela reeleição?

 

Socorro Neri - Fico feliz em ver que a população tem reconhecido nosso esforço, mas temos muitos desafios e muito trabalho pela frente e a minha prioridade é cumprir da melhor forma essa missão, buscando fazer sempre o que é certo e que contribuirá para a coletividade.

Blog - Por fim, como será estabelecida a relação com o novo governo?

 

Socorro Neri - Tenho plena convicção de que os objetivos do governador Gladson Cameli (PP), assim como nossos objetivos na Prefeitura de Rio Branco, colocam o interesse público, o bem comum acima de todos os interesses. Dessa forma, minha expectativa é a de estabelecermos uma relação de parceria, pautada na ética, somando esforços pelo desenvolvimento da nossa cidade, onde residem quase metade da população acreana.

Publicado em Evandro Cordeiro
Terça, 08 Janeiro 2019 07:33

Charge do dia

O chargista Enilson Amorim, premiado enquanto trabalhava no jornal O Rio Branco e o primeiro no Acre a produzir desenho animado, vai mostrar sua arte pelo Blog do Evandro Cordeiro, ao menos uma vez por semana. 

Ai vai uma amostra da picardia do cartunista.   

Publicado em Evandro Cordeiro

O Blog do Evandro Cordeiro tenta uma entrevista com o vereador Manuel Marcos, eleito deputado federal, e com a deputada estadual reeleita Juliana Rodrigues, ambos do PRB, desde que eles deixaram a cadeia, há uma semana e meia. Mesmo tendo boa relação com eles, foi improvável. Hoje, depois da diplomação deles, um amigo dos dois disse ao Blog que será difícil eles “se abrirem numa entrevista tão cedo”. Eles estariam querendo distância da imprensa, segundo o amigo. “Não guardo mágoa de ninguém, mas não quero falar”, teria dito o vereador, como ela preso acusado de comprar votos.  

Publicado em Evandro Cordeiro