Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
25 SP_NOVEMBRO 2017

A pré-candidatura do senador Gladson Cameli (PP) ao governo do Acre está chancelada pela família. A “benção” dada pelo pai dele, Eládio, e por todo o clã, foi dada em uma reunião inédita entre a família, ocorrida nesse feriadão, o que não acontecia desde que o ex-governador Orleir Cameli faleceu. Dona Beth, viúva de Orleir, foi a anfitriã. A fonte do Blog do Evandro Cordeiro apurou que, no encontro, do qual participaram também o ex-prefeito Vagner Sales (PMDB), que é primo, e o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Antônio Malheiros, foi feito um espécie de pacto, por meio do qual todos irão fazer sua parte em busca do objetivo: eleger Gladson governador. Todo mundo deixou o encontro sabendo o que fazer.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
25 SP_NOVEMBRO 2017

Dirigentes do PMDB não quiseram desmentir esta manhã boatos que circulam desde ontem segundo os quais estaria acontecendo uma conversa com o PT, para uma possível composição. É que o partido estaria descontente com os rumos que tem tomado a oposição, com decisões isoladas. Estaria em jogo, além da discussão sobre o vice, a composição das chapas para federal. Num primeiro momento o PMDB tem preferência pelo chapão, mas não seria totalmente contra a formação de duas chapas, desde que bem divididas.

Desde a terça-feira que o PMDB tem mantido intermináveis reuniões na sede do partido, na Antônio da Rocha Viana. As principais figuras do partido, entre elas o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, além do pré-candidato a senador Marcio Bittar, estão tomando cafezinho levado por funcionários do partido, para que as conversas não sejam interrompidas. O teor dessa longa conversa é que pouca gente sabe. E quem sabe não revela tudo. O certo é que o PMDB precisa achar um lugar para Jéssica Sales e Flaviano Melo, os dois federais do partido, numa chapa interessante.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
25 SP_NOVEMBRO 2017

 

O ex-prefeito de Cruzeiro, Vagner Sales (PMDB), disse nesta sexta-feira à noite, 16, no ato de filiação de Marcio Bittar no PMDB que “quem ele um senador, elege dois”. Ele se referia as duas candidaturas ao Senado pela oposição, de Bittar e Sérgio Petecão (PSD). “Nós vamos eleger o Gladson (Cameli, PP) governador, o Márcio Bittar e o Petecão para o Senado. O povo vai dar uma lavada geral no PT. Podem esperar”, disse Sales.  

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
25 SP_NOVEMBRO 2017

 

 

Vagner Sales (PMDB), ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, está mais afinado com Marcio Bittar, que está de chegada no PMDB tendo como fiador número um o deputado federal Flaviano Melo, do que essa foto possa revelar. Foi tirada esses dias no Juruá. Fontes do Blog garantem isso possibilitou a encostada de vez do deputado federal Major Rocha (PSDB) na pré-candidatura de Gladson Cameli (PP) ao governo.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
25 SP_NOVEMBRO 2017

Márcio Bittar pede calma sobre chapa para o Senado: “Ainda não está pronta”

 

Márcio Bittar parece pisar em ovos quando o assunto é chapa para o Senado pela oposição, mesmo ele tendo acabado de chegar do Vale do Juruá com a “benção” do ex-prefeito Vagner Sales para que se filie no PMDB e ser o indicado do partido. “A chapa da oposição ainda não está pronta”, pondera. Diz ele que tem outros pretendentes e que precisa respeitá-los. Fiz uma pergunta básica baseado no que a imprensa divulga desde ontem, de que agora está tudo certo e que a chapa da oposição fechou com Gladson Cameli (PP) governador, Sérgio Petecão (PSD) e Márcio Bittar (PMDB) para o Senado.   

 

Blog – Ex-deputado Marcio Bittar, finalmente a chapa para o Senado, pela oposição, está pronta, depois dessa sua conversa com o ex-prefeito Vagner Sales, que também era pretendente¿

Márcio Bittar – Eu jamais diria que a chapa está pronta. Todos temos pretensões, e isso é legítimo. Por isso que eu vinha propondo desde o começo que nós criássemos critérios para estabelecer os três nomes de governo e dois senadores. Mas só Deus sabe quando as convenções acontecerem o que de fato vai acontecer, qual será a chapa. Não somos dono do destino. O que tenho feito é trabalhado para que minha ação possa ajudar na unidade das oposições. Então vamos ter muita cautela, porque o que nós temos é uma tarefa difícil pela frente que é devolver o acre para os acreanos. Dizer que a chapa está pronta não ajuda.

 

Blog – Mas o senhor está voltando para o PMDB e de fato se encontrou e teve uma boa conversa com Vagner Sales¿

 

Márcio Bittar – Sim. Estou voltando para o PMDB e agora chegando com mais partidos para o ajudar, como o Solidariedade, o PPS e o PTB. E tive, sim, a conversa com o Vagner, muita boa, mas nada que eu já possa sair por ai dizendo que a chapa está pronta. Tem outros pretendentes e vamos discutir até o fim para que a oposição saia unida.    

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard