Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
22 SP_OUTUBRO 2017

O ex-deputado estadual Jamyl Asfury, que ainda é filiado ao PEN, agora chamado de Patriotas, está decidido a disputar as eleições para deputado federal, embora não conte mais com a benção da Igreja Batista do Bosque. Agora incerto é o partido pelo qual deverá ir ás urnas. Esses dias ele foi formalmente convidado pelo presidente do PTN, Francimar Asfury, o “homem selfie”, seu primo, para se filiar em ser logo apresentado na Frente Popular como o federal da sigla. A reunião aconteceu na sala do secretário de Saúde do Estado, Gemil Júnior, que deve ser candidato a deputado estadual pelo PTN. Mas Jamyl vai acabar mesmo fechando com o grupo do ex-deputado federal Marcio Bittar, onde estão, além do PMDB, Solidariedade, PTB e PPS. Jamyl só não iria para o PMDB.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
22 SP_OUTUBRO 2017

 

O ex-deputado estadual e delegado de polícia aposentado, Walter Prado, reapareceu com um novo look, pelo qual imita o cantor Belchior, mesmo involuntariamente. E agora irônico! Disse, por exemplo, que o governo do Acre vive seu momento de vergonha ao perder a guerra para uma bandidagem que usa sandália de borracha. “Você já viu bandido de facção que não tem um sapato para calçar. Essas facções aqui do Acre são comandada por esses pobres coitados que usam sandália de borracha. Líder de facção usa carro importado. E o governo ainda está perdendo a guerra”, disse ao Blog.

Walter Prado diz que queria ter a oportunidade de ficar seis meses à frente da Secretaria de Segurança para resolver “essa pouca vergonha”, que é, segundo ele, um bocado de bandidos pé de chinelo mandando no Acre. “Vocês não lembram dos arrastões que eu fazia¿ Pois é. Como é que você não varre a bandidagem se tu sai andando em bloco pegando todo mundo¿”, diz ele. Walter reaparece por dois prováveis motivos: está cem por cento de saúde, depois de enfrentar um câncer, e pretende disputar as eleições para deputado estadual em 2018. Já tem até partido, o SOLIDARIEDADE.     

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
22 SP_OUTUBRO 2017

 

Com exceção do senador Sérgio Petecão (PSD), que ainda está em Brasília, todas as lideranças da oposição, inclusive do interior, estiveram na noite desta quinta-feira, 17, em Rio Branco, prestigiando a posse da nova executiva do SOLIDARIEDADE. A nova presidente é Marcia Bittar e a declaração de posse foi dada, pessoalmente, pelo presidente nacional do partido, deputado federal Paulinho da Força.

Além da própria Marcia, discursaram no evento, entre outros, o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB), que disse que a oposição, finalmente, criou juízo ao se unir em peso, o deputado federal Alan Rick, o pré-candidato a senador Márcio Bittar (PMDB), o ex-deputado João Correia (PMDB) e o mais aplaudido, senador Gladson Cameli (PP), pré-candidato a governador.

Com o casal Bittar dominando dois importantes partidos – ela no SOLIDARIEDADE, e ele no PMDB –, qualquer acordo, a partir de agora, entre partidos de oposição começa, necessariamente, na cozinha dos Bittar.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
22 SP_OUTUBRO 2017

 

Um dos maiores imitadores do Acre, conhecido no meio artístico como Sílvio Santos, quer porque quer uma cadeira na Assembleia Legislativa, a partir de 2019. “Vou ser deputado estadual e lá não quero fazer imitação. Lá vou ser Weverton, preocupado com as pessoas de nosso Estado, cansadas de eleger parlamentares apenas para se locupletarem”, diz ele, se referindo a seu nome de batismo, Weverton Oliveira. Sílvio, que imita bem o dono do SBT, já tem partido. Filiou-se no Solidariedade, cuja presidente no Acre é a Marcia Bittar. E o imitador avisa mais: “Brincadeira tem hora. Lá na Assembleia não é ligar de palhaçada, nem de imitação”.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
22 SP_OUTUBRO 2017

Tive um reencontro relâmpago com o ex-deputado Roberto Jeferson ontem à noite – o primeiro foi em Brasília, quando eu era candidato a ser secretário-geral do PTB dele aqui no Acre. É bom falar com ele. É garantia de ouvir coisa boa. Se Neymar é o bom da bola, Jeferson é o campeão da retórica. Riu quando disse que queria ouvir ele cantar “Nervos de aço”, de Lupicínio Rodrigues, e quando perguntei para quem diria no Acre “Sai daí, Zé”, numa alusão à famosa frase que ele disse na CPI do Mensalão, a Zé Dirceu, seu ex-amigo.

Cortejado por todos para fotografar e falar, perdi o Roberto de vista na multidão, mas depois do sorriso disse: “vocês, acreanos, são bons”.

Fui ver o ex-deputado Roberto Jeferson numa cerimônia em que ele deu posse a nova diretoria do partido dele, o PTB, no Acre, na presidência de quem está a publicitária Charlene Lima. O ato foi na Fecomercio. Prestigiaram o evento dirigentes de outros dois partidos, o Solidariedade e o PPS. A rigor, desse grupo de partidos, deve sair um candidato a senador, Marcio Bittar, e ao menos uns três candidatos a deputado federal.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard