Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal
01 / 03

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03
O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
22 SP_JUNHO 2018

A oposição iniciou na última sexta-feira, 6, uma andança pelo interior do Acre, depois de dar a largada em um café da manhã servido na sede do PSDB, em Rio Branco, onde se anunciou unida, com doze partidos a reboque. Foi uma das maiores alianças já construídas desde o MDA, em 2000. Gladson Cameli (PP), pré-candidato a governador, Major Rocha (PSDB) como vice, Sérgio Petecão (PSD) e Marcio Bittar (MDB) pré-candidatos ao Senado, é a junção que o PT não queria, segundo um dos articuladores da chapa, o deputado federal Alan Rick (DEM). “Eles queriam nós espatifados. Quem apostou nisso perdeu”, diz o parlamentar.

Depois do café da manhã em Rio Branco, veio o evento do Quinari, ainda na sexta, e no sábado a festa foi no Bujari, atos todos prestigiados por figuras de partidos e pessoas interessadas por uma chapa forte da oposição. O senador Sérgio Petecão era um dos mais entusiasmados nesse final de semana. Fez discursos bons e ao Blog do Evandro Cordeiro fez a seguinte declaração: “Agora eu quero ver alguém segurar essa chapa. A oposição vai queimando 70 rumo à vitória”. O “queimando setenta” é uma alusão a um velho ditado, corriqueiro depois da conquista da Copa de 1970.

Além de Petecão, o outro pré-candidato ao Senado pelas oposições, Marcio Bittar, também muito empolgado, iniciou a caminhada fazendo um discurso por meio do qual faz analogia ao desprezo que o PT tem pelos dons de Deus. O pré-candidato a governador, Gladson Cameli, tem dado preferência ao discurso que anuncia o fim da perseguição a fazendeiros, a empresários e servidores públicos. Ele também tem citado a chapa alternativa puxada pelo coronel Ulisses Araújo (PSL). “Precisar ser respeitada. Peço, inclusive, que nossos amigos não entrem em rota de colisão com a chapa deles, pelas redes sociais”, afirma.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
22 SP_JUNHO 2018

O senador Sérgio Petecão (PSD) é, na oposição, um dos líderes mais entusiasmados com a presença do MDB. Ele acha que para ganhar qualquer eleição por aqui é preciso ter o partido de Flaviano Melo e Vagner Sales junto, se possível na chapa majoritária. Também pudera, Petecão se relaciona bem com o partido todo, desde a mais jovem promessa da sigla, o vereador Roberto Duarte Júnior, o operador de som Betinho, até a cacicagem, como o deputado Chagas Romão, o ex-prefeito Mauri Sérgio e mesmo quem já anda afastado das atividades políticas, como o ex-senador Nabor Júnior. Por isso ele disse o seguinte, ao ser perguntado pelo Blog do Evandro Cordeiro se estava alegre com a volta do MDB à aliança da qual ele e seu partido, o PSD, participam, puxada pelo PP do senador Gladson Cameli: “O MDB não voltou, menino, porque nem foi. Nossos amigos emedebistas conhecem a política do Acre e sabem qual o caminho da vitória”.

Todo mundo que estava ao redor concordou com o senador Petecão e a festa continuou na casa amarela, onde ele recebe seus amigos o dia inteiro.     

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
22 SP_JUNHO 2018

 

 

*  Francisco Bezerrinha

 

O título acima se identifica com o filho do “Pelado” e da brava dona Raimunda do “Pelado”, conhecidos nesta cidade de Rio Branco como dois jumentos de carga, por estarem sempre trabalhando. Ela ficou viúva muito jovem e na falta do marido o filho mais velho virou pai dos seus irmãos. Trabalhando desde os 15 anos tornou-se um homem sendo ainda adolescente. Daí em diante sua história é conhecida.

Esse rapaz entrou para a política e virou o Sérgio Petecão. Na política é conhecido por vários bons atributos, mas não é à toa que é identificado pelo mantra marquetiniano de “cem por cento popular” e cem por cento celular, esse último por ser um dos raríssimos políticos a atender o celular, ainda que esteja dirigindo a mesa do Senado. Petecão é, de fato, um político sem segredos, sem formalidades, cumpridor de compromissos e amigo dos seus milhares de parceiros.

Gosto sempre de dizer que um companheiro do Petecão não passa fome, independente de sua filiação partidária; um compromisso de palavra para ele tem a força de um contrato; uma aliança tem o valor de uma candidatura sua. Trago como exemplo o segundo turno das eleições de 2014, lembrado muitas vezes pelo então candidato a governador Marcio Bittar como a disputa que mostrou o quanto Petecão é leal a seus grupos políticos.

Conhecedor das dificuldade dos nossos municípios o Petecão trata os prefeitos de forma honrosa e faz parcerias, sem olhar a sigla partidária deles.

Senador não é título para qualquer um, mas o Estado do Acre tem um homem simples que honra essa titularidade, concedida pelo voto livre, direto e secreto, conforme a Constituição prevê.

É pré-candidato à reeleição de cabeça erguida e com um nome sem nódoas, porque nada foi achado contra esse homem.

Por respeito ao meu voto, eu sou Petecão de novo!

*  Francisco Bezerrinha é pastor da igreja Quadrangular e ex-vereador por Rio Branco  

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
22 SP_JUNHO 2018

O senador Sérgio Petecão (PSD) votou pela intervenção federal no Rio de Janeiro, discutida ontem à noite pelo Senado e aprovada por 50 x 13. Logo em seguida Petecão lamentou não estar fazendo a mesma coisa em favor do Acre, Estado igualmente violento. “Matam pessoas todo dia no Acre, um Estado desse tamanho (fez o gesto com o dedo), sem contar o número de assaltos, roubos e furtos. Mas o governo petista do Acre não tem humildade para reconhecer o problema, preferindo guardar as informações do público por meio de sua imprensa política”, afirmou o parlamentar.  

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
22 SP_JUNHO 2018

O senador Sérgio Petecão (PSD) é um dos poucos políticos a ter coragem de colocar a popularidade em jogo nesses tempos de descrédito da política. Neste domingo, 18, à noite, foi para o meio da plateia assistir ao desfile de carnaval puxado pelos blocos de ruas de Rio Branco, que aconteceu com uma semana de atraso devido a fortes chuvas do final de semana passado. No meio do povão, o senador foi bem tratado. Tirou fotos com simpatizantes e passou o tempo todo cumprimentando e sendo cumprimentado por foliões e pessoas que estavam apenas assistindo o evento.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard

BANNER PP P

Socialize