Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
18 SP_DEZEMBRO 2017

A bispa Franciléia, mulher do Apóstolo Waldemiro Santiago, líder da Igreja Mundial, está no Acre nesta quarta-feira e vai acompanhar a missionária e ex-deputada federal Antônia Lúcia (PR) em algumas agendas. Além de um almoço na residência dos Câmara, a esposa do líder evangélico mais polêmico da atualidade no País participa de um culto esta noite na sede da igreja em Rio Branco, na rua coronel José Galdino, Bosque, dirigida pelo bispo Leildo Thimóteo.

O resto da agenda da “primeira-dama” de uma das maiores igrejas do Brasil o Blog do Evandro Cordeiro não teve acesso, mas um esforço está sendo feito para uma entrevista com a bispa.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
18 SP_DEZEMBRO 2017

 

A ex-deputada federal Antônia Lúcia (PR) disse ao Blog do Evandro Cordeiro que disputará as eleições de 2018 no Acre para deputada federal, ao contrário do que foi publicado aqui. Há três meses afirmamos que ela iria voltar para Manaus e disputar as eleições lá. Mesmo com a possibilidade de o marido dela, deputado federal pelo Amazonas, Silas Câmara (PR), disputar o Senado naquele Estado, aumentada com a vitória de Amazonino Mendes na disputa pelo governo tampão, grupo do qual Silas faz parte, a missionária permanecerá no Acre. E avisa: vai mudar a estratégia ano que vem. Outra informação que ela julga importante: terá a ajuda do bispo Waldemiro Santiago, líder da Igreja Mundial. E ele não vai mandar lencinho suado para ela.

Trocando tudo em miúdos, a missionária não estará para brincadeira nas eleições do ano que vem. É uma forte candidata e com mais um garantia: será pela oposição.

 

 

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
18 SP_DEZEMBRO 2017

 A família Pinheiro, cujo membro mais famoso é o fazendeiro Betão, decidiu: vai ter um candidato apenas, nas eleições de 2018. Será o caçula da família, Jr Betão. Ele já foi deputado federal, mas a decisão de buscar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Acre tem uma razão: o patriarca Betão não comanda mais sozinho os negócios com gado, em razão da idade um tanto avançada. Assim, Jr corre risco de se eleger e ficar no Acre, cuidando do mandato e auxiliando o pai nas empresas, que vai de negócios com carne de boi, peixe à ração.

O partido deverá ser da oposição. O PR é onde a conversa vai mais adiantada.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
18 SP_DEZEMBRO 2017

Segundo suplente de vereador, vice-presidente da AME (Associação dos Militares do Acre) e ex-maratonista, o subtenente PM Silva Neto continua cotado para ser o representante da instituição nas eleições do ano que vem. Na prévia realizada em 2015 ele foi escolhido disparado pelos colegas de farda para disputar em 2016 as eleições de vereador. Ficou na segunda suplência, com 1.236 votos, atrás apenas do João Paulo Bittar, pela coligação onde estavam PSDB, PTC, PSC e PR. Diz o Silva que não é projeto seu disputar as eleições do próximo ano, mas se for chamado para o embate certamente não fugirá. Ele é ligado ao deputado federal Major Rocha (PSDB).

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
18 SP_DEZEMBRO 2017

O prefeito do Quinari, André Maia (PSD), reconheceu na manhã desta sexta-feira, 7, que sem a base aliada na Câmara seria improvável ter gestão. “Graças à nossa base conseguimos dar a largada para fazer uma grande gestão nessa cidade, até o fim do nosso mandato”, disse ao Blog do Evandro.

O elogio à Câmara não é sem razão, segundo o secretário de Administração, professor Manoel Lima: “eles dão celeridade à gestão”, diz Lima, experiente em gerenciamento de relação entre executivo e legislativo.

Entre os vereadores que ganharam elogio estão o vice-presidente da casa, Magildo (PP), além de Jamis Queiroz (PR), Irmã Chaguinha (PP), Cleilton (PR), Idalete (PSB), Francisca da Bonal (PT) e Pastor Uchoa (PSD).  

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard

BANNER PP P

Socialize