Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
24 SP_OUTUBRO 2017

 

O deputado estadual Nelson Sales (PP) lamentou hoje cedo a matança ocorrida em Rio Branco na noite desta terça-feira. Ao menos duas execuções foram registradas, além de um desaparecimento. O parlamentar disse que, pior, é constatar o seguinte: as mortes de ontem são uma repetição das ocorridas na noite anterior, na semana passada, no mês passado. “Ou seja: o governo perdeu o controle. Ainda bem que o governador Tião Viana (PT) deu um importante passo ao admitir que a violência é destaque no Acre”, afirmou.   

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
24 SP_OUTUBRO 2017

O vice-prefeito de Tarauacá, Chico Batista, disse agora a pouco ao Blog do Evandro Cordeiro que continua filiado no PP e sem nenhuma perspectiva de sair. “Não tenho razões para sair, não fui convidado para sair, nem fui convidado por outro partido. Estou muito bem no PP do senador Gladson Cameli e vou continuar aqui para ajudar nossa prefeita Marilete a arrumar Tarauacá”, afirmou.

Chico Batista é uma liderança de Tarauacá, onde já foi vereador por cinco mandatos. Na última eleição estadual apostou no bancário Jesus Sérgio, que acabou eleito pelo PDT. Em 2016 aceitou ser vice na chapa da advogada Marilete Vitorino (PSD), com quem se elegeu. O senador Gladson Cameli reagiu à lealdade de Batista. “É um quadro que vamos valorizar ainda mais”, afirmou o senador, por telefone.    

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
24 SP_OUTUBRO 2017

O prefeito de Capixaba, Zé Augusto (PP), nomeou para o cargo de administração e finanças um profissional do ramo, Marcinho Nolasco. A nomeação agradou os partidos aliados porque a composição da equipe com técnicos tem o objetivo de melhorar ainda mais o desempenho da prefeitura, que já é elogiado a essa altura do campeonato. O melhor, segundo o prefeito, é que, politicamente, não está havendo nenhuma resistência, o que seria fatal se fosse ao contrário.

Capixaba está localizada a 90 km de Rio Branco pela BR-317 e sua economia é baseada na criação de gado e agricultura de subsistência.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
24 SP_OUTUBRO 2017

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (PMDB), estaria orgulhando muito seu pai, o ex-deputado federal Ildefonço Cordeiro, se este fosse vivo. A opinião é do tio de Ilderlei, Rudilei Estrela, um dos prováveis nomes do PP para a disputa de deputado federal em 2018.

Estrela acompanhou por toda essa semana a caravana do senador Gladson Cameli ao Vale do Juruá e disse que não apenas Ilderlei, mas todos os prefeitos de oposição estão bem com a opinião pública. “Mas se o Ildefonço fosse vivo ele estaria muito orgulhoso do filho dele, que administra muito bem Cruzeiro do Sul”, afirmou.

Ildefonço, pai de Ilderlei, era deputado federal quando morreu em um acidente de avião em Rio Branco, em 2002. Um Brasília da focker caiu cinco km antes da cabeceira do aeroporto, matando 23 pessoas, entre elas o então deputado e sua mulher, Arlete Soares, mãe de Ilderlei. Só oito pessoas sobreviveram.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
24 SP_OUTUBRO 2017

O senador Gladson Cameli (PP) disse que seu colega Jorge Viana (PT) foi, no mínimo infeliz, ao questionar companhias nas eleições de 2018, em entrevista a um site local. “Nesse caso, ele é que terá problema sério junto com o candidato dele ao Governo para explicar para o eleitor as figuras que eles representam aqui: é que da turma deles só tem o ex-presidente Lula solto e ninguém se na eleição ainda estará solto”, afirmou Cameli ao Blog do Evandro Cordeiro.

Segundo o senador Gladson, Jorge Viana foi infeliz, também, ao citar o senador Aécio Neves como seu aliado. “O senador Jorge está perdidinho. Acho que sente cheiro de derrota, porque em Brasília ele defende o Aécio, aqui ataca o Aécio”, afirmou Cameli, por telefone, no meio das ruas de Feijó, onde estava na manhã deste sábado, 30.

Viana disse a um site local que Gladson terá problemas para se eleger governador do Acre em 2018 por representar aqui o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador Aécio Neves (PSDB). A declaração gera natural polêmica por um razão óbvia, segundo Gladson. É que Jorge Viana é uma voz importante do PT. Para se ter uma ideia, ele ficou ainda mais famoso no Brasil ao sugerir ao ex-presidente Lula que atacasse o juiz Sérgio Moro, para citar apenas uma manifestação dele em favor da “quadrilha do PT”, segundo o Ministério Público, quase toda presa e num efeito dominó fazendo delação premiada.

Além do mais, o senador Jorge e o candidato dele a governador representam bem uma juventude que no Acre está entrando para as facções por falta de oportunidade, no entender de Cameli. “Foi o que ele e o PT fizeram com o Acre, foi criar um exército de garotos que não tem o que fazer ao se aproximar a idade adulta. Ao invés de nosso Estado ser um polo de riqueza, de oportunidades, eles nos aprisionaram e relegaram nossa economia a uma balela chamada florestania. Deu no que deu”, afirmou Cameli.      

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard