Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 02

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
20 SP_SETEMBRO 2019

 

O prefeito Marcus Alexandre (PT) largou Rio Branco com sua buraqueira, nesta sexta-feira, 25, e se mandou para o interior fazer campanha para o Governo do Acre. Foi apresentado em Manuel Urbano e, parece, em Feijó, como o “super-administrador”. Ele estava acompanhado do senador Jorge Viana e do outro pré-candidato a senador pelo PT, deputado estadual Nei Amorim. Alexandre só não foi apresentado em nenhuma das reuniões como sendo o engenheiro responsável pelas obras da BR-364, que “derreteu” antes mesmo de ser inaugurada, segundo a oposição no Acre.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_SETEMBRO 2019

Pelos números levantados para o Senado, no que pese o descrédito do instituto, fica provado que, unida, a oposição ganha até as duas vagas do Senado. O senador Jorge Viana (PT) não está morto, mas está longe de ser aquele da década passada, que dava autógrafos. Pode ser batido. Sérgio Petecão (PSD), Major Rocha (PSDB), Marcio Bittar (PMDB) e Tião Bocalom (DEM) transformados em duas candidaturas dão de lenço nos dois do PT.

Petecão apareceu em segundo na oposição, mas é quem mais pode crescer, porque fez partido nesses últimos anos. Se ele chegar, hoje, na Foz do Breu, tem uma turma a sua espera.

Na pesquisa estimulada, quando o pesquisador mostra os nomes, Márcio Bittar aparece com 18%, Sérgio Petecão 13%, empatado com Jorge Viana.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_SETEMBRO 2019

Um parlamentar da Frente Popular disse ao Blog do Evandro Cordeiro que a aliança a governar o Acre por mais tempo vive um novo momento, inclusive em se tratando de lideranças emergentes. Novos nomes estão surgindo e podem, facilmente, preencher lacunas de figuras que foram, por exemplo, Jorge Viana e Marina Silva, no início dessa vitoriosa frente política. “Meu primeiro voto, desta vez, para o Senado, vai ser no Ney Amorim, porque ele representa para nosso grupo aqui que o Jorge foi na década de 1990”, disse o parlamentar, que não autorizou a divulgação de seu nome.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_SETEMBRO 2019

O folclórico ex-ministro do governo Dilma, Carlos Lupi, aquele que pediu perdão a presidente Dilma com a famosa frase “Dilma me perdoa, eu te amo!”, prestigiou o evento do PDT na noite de ontem, ocasião em que o secretário de Segurança do Governo do Acre, Emylson Farias, se filiou na sigla. Lupi fez seu prosaísmo de sempre, inclusive admitindo ser sua viagem uma estratégia do PDT para potencializar o nome de outro ex-ministro Ciro Gomes como candidato a presidente. Recebeu as palmas do governador Tião Viana, do senador Jorge e de outras lideranças da Frente Popular, que foram prestigiar o partido do ex-deputado Luiz Tchê.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_SETEMBRO 2019

Passei por perto do ato em favor de Lula no final da tarde desta quinta-feira, 20, em frente ao Palácio Rio Branco. Não há espaço para outra conclusão, senão a de que foi um fracasso. Os irmãos Viana, Tião e Jorge, armaram o teatro para defender o “pai dos pobres e injustiçado” Lula, mas o velho e cansado discurso parece que já cansou. Resultado: pouca gente foi. O total de presentes nem de perto chega a metade dos cargos comissionados de Estado e Prefeitura da capital. Dei uma rodada no palácio e por outro flanco tirei outra conclusão: o PT está ficando... só com o PT. Aqueles aliados que davam o sangue desapareceram. Não parecem dispostos a passar vergonha para defender criminosos. Deputado estadual que é bom, também praticamente não tinha. Contei nos dedos os que estavam lá. Aliás, só vi memso o Daniel Zen. Também, aqui entre nós, era improvável ele não estar lá. Além de ser o líder do Governo na Assembleia Legislativa, Zen participa de uma encenação cujo enredo é de filme antigo: mostrar vários pré-candidatos a governador para, no final, tirar um, quando todo mundo já sabe que o candidato será o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), aquele que recebeu a prefeitura dele mesmo, em janeiro desse ano, com a cidade esburacada e sem nenhum grande feito. Dos últimos é o prefeito sem nenhuma grande obra. Sobre o prefeitão madrugador, a rigor, uma nota: ele esbravejou em favor de Lula. Disse que “pessoas esquecem o que Lula fez de bom por esse pais”, como se isso fosse salvo-conduto para criminosos.

O ato pareceu o último ato do monólogo de 20 anos de um partido que virou decepção. Até para gente do próprio partido.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard