Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal
01 / 03

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03
O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
25 SP_SETEMBRO 2018

O PSDB vai realizar sua convenção estadual neste sábado, 11, pela manhã, na sede do partido, rua Alexandre Farath, Bosque, momento em que o partido definirá de vez por todas seu futuro. É que há certo desencontro de informação nas hostes da sigla. O presidente estadual, Major Rocha, é o tipo de oposição rede rasgada ao PT, mas tem a ideia de se manter perto do PP do senador Gladson Cameli. O presidente municipal, Francineudo Costa, andou rebelde esses tempos, mas já sentou com o senador pré-candidato a governador. Já o deputado estadual Luiz Gonzaga detona a oposição. Joga mais contra na Assembleia Legislativa do que um deputado petista. Pode ser que nessa convenção de amanhã eles cheguem a um acordo. Nem que seja para se juntar ao DEM de Bocalom, que já tem chapa completa, de governador a deputado estadual.     

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
25 SP_SETEMBRO 2018

O novo presidente do PPAfro, Marcio Negão Albion, vai coordenar o primeiro evento, o Consciência Negra Todos os Dias, dia 11 próximo, a partir das 10hs, na sede do partido, em frente ao Colégio Meta, no bairro Abrahão Alab. A ala afro do PP, partido do senador Gladson Cameli, usa ideias para combater o preconceito racial. Segundo o novo coordenador, que é negro, filho do policial civil Albion, morto recentemente, que já sofreu preconceito mesmo quando era jogador da seleção acreana de Voleibol, “o preconceito é a falta de consciência e o trabalho contra isso tem que acontecer todo dia”.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
25 SP_SETEMBRO 2018

 

O senador Gladson Cameli (PP) é o xodó político do momento. Isso é claro quando ele vai às ruas. As pessoas o adoram pelo sorrisão fácil, porque é rico, cheiroso e anda alossé, inadvertidamente, como gente que não deve nada a ninguém. Também é verdade que o adversário dele na disputa pelo Governo, em 2018, é a altura. Marcus Alexandre (PT) não é de andar com os dentes no quarador, mas sua cara de bebê chorão e sua “intimidade” de cafezinho com as pessoas o fazem ser o oponente duro de roer. A diferença é que Alexandre sofrerá o peso de estar com a turma do PT, sua turma, ser de um governo que está no poder há 20 anos, sem mais o que prometer. Tanto não tem que toda eleição a ameaça é a mesma: a do salário atrasado, se a oposição voltar. É tudo o que eles tem para barganhar votos, além do dinheiro, que sempre aparece na campanha deles, porque progresso mesmo no Acre não existe, riqueza não existe, emprego não existe. Com o PT só existe emprego para muitas famílias, mas temporários, aquele pelo qual o elemento fica grudado politicamente pelo beiço. Um emprego sem futuro. A famosa camarilha. Mas as pesquisas, se não forem daquelas que a gente já conhece, dizem que o PT corre risco de ganhar outra vez. Pois se for verdade eu já sei: é a oposição que está outra vez perdendo para si mesmo. Sabe como? Com o famigerado fogo amigo. Justo quando tem a chance de ganhar o Governo só vejo sujeito falando mal do Gladson, achando que precisa ser beneficiado por alguma coisa para poder promover a mudança política no Estado. Resultado: o camarada vai falar mal do Gladson até ele perder a eleição e, depois, vai ter que passar mais quatro anos falando mal do PT, como já é o costume. Ou seja: dá para entender como são as pessoas e os “pessoal?”, como diria um amigo meu. A sorte da oposição é que pesquisa eleitoral e risco n’água tem a mesma validade aqui no Acre. E outra: mesmo que essa pesquisa tenha sido para dar uma aliviada no prefeito em decorrência de sua condução coercitiva para depor na Polícia Federal pelos rolos das estradas, não deixa de ser um alerta para a oposição.  

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
25 SP_SETEMBRO 2018

A pré-candidatura do senador Gladson Cameli (PP) ao governo do Acre está chancelada pela família. A “benção” dada pelo pai dele, Eládio, e por todo o clã, foi dada em uma reunião inédita entre a família, ocorrida nesse feriadão, o que não acontecia desde que o ex-governador Orleir Cameli faleceu. Dona Beth, viúva de Orleir, foi a anfitriã. A fonte do Blog do Evandro Cordeiro apurou que, no encontro, do qual participaram também o ex-prefeito Vagner Sales (PMDB), que é primo, e o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Antônio Malheiros, foi feito um espécie de pacto, por meio do qual todos irão fazer sua parte em busca do objetivo: eleger Gladson governador. Todo mundo deixou o encontro sabendo o que fazer.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
25 SP_SETEMBRO 2018

O senador Gladson Cameli, pré-candidato a governador do Acre, acompanhado de aliados políticos e assessores, esteve reunido com o advogado Valdir Perazzo, um dos idealizadores, juntamente com o Senador Fernando Lage (suplente/DEM), da criação do Instituto Liberal do Estado do Acre – ILAC.

A reunião transcorreu em clima de cordialidade e simpatia. Valdir Perazzo lembrou ao senador que, quando era Defensor Público na cidade de Cruzeiro do Sul, no ano 2000, tomou conhecimento de que um jovem da família Cameli preparava-se para ingressar na vida pública. O jovem era o hoje senador Gladson Cameli. Perazzo lembrou que aguardou com interesse o encontro para afirmar sua confiança na política (com P maiúsculo) que promove o bem comum. Motivar o iniciante da família ilustre!

O Senador Gladson Cameli deu início à conversa renovando sua determinação de ser candidato ao governo do Estado do Acre, por seu partido (PP), liderando uma ampla frente de partidos de espectro liberal conservador, visando encerrar um ciclo de Poder da esquerda que se iniciou no fim dos anos 90, com a eleição do agora senador do PT. 

Renovou suas manifestações anteriores de confiança nas ideias liberais, de livre mercado, livre concorrência e empreendedorismo  para fazer o Acre ressurgir do estado de estagnação econômica em que se encontra. Afirmou que não existe outro caminho para o progresso e elevação da qualidade de vida, que não o aumento da produtividade, atraindo para o Estado do Acre investidores do resto do país, no escopo de criar emprego e renda.  (ASSESSORIA)

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard

Socialize