Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
20 SP_JANEIRO 2018

O prefeito Zezinho Barbary (PMDB) recebeu o senador Gladson Cameli (PP) em seu gabinete e agradeceu pelos investimentos indicados ao município de Porto Walter.

Após um café da manhã, Gladson visitou obras na cidade, executadas pela prefeitura, por envio parlamentar de Jéssica Sales (PMDB), Flaviano Melo (PMDB), Sérgio Petecão (PSD) e do próprio Cameli. O ponto de entrevistas foi na praça Vicente Lopes, que hoje recebe um investimento superior a 1,9 milhão de reais.

Em sua fala o senador apresentou o município de Porto Walter como exemplo de gestão e garantiu cadastrar recursos extraorçamentários para uma embarcação equipada para ações intinerantes em saúde, um porto para o município através do DNIT, apoio para intensificação da Luz para Todos e interligações municipais nos municípios do Juruá através de estradas onde garantiu maquinários já comprados pela prefeitura e uma ambulância para socorrer as emergências de saúde das unidades básicas municipais para unidade mista de internação.

O prefeito Zezinho Barbary, animado com a visita, disse que o município, depois de adimplente, tem o que apresentar para a população. "É obra pra todo lado e em todas as áreas da administração", afirmou. (Assessoria)

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_JANEIRO 2018

O senador Gladson Cameli (PP), pré-candidato a governador do Acre, emitiu nota nesta quarta-feira, 20, por meio da qual pede que seu militantes se comportem educadamente nessa pré-campanha. Ele se refere, principalmente, a decisão tomada pelo “parceiro” de oposição, Tião Bocalom (DEM), que decidiu puxar uma candidatura alternativa ao governo. E lembrou: “Nosso adversário é o PT”. Veja a nota na íntegra:

Amigos militantes,

O cenário político da oposição está definido. Devemos respeitar a decisão de Tião Bocalom que, como sempre falei, é fundamental no processo político de 2018. Ele e o grupo que aceitou caminhar com uma outra candidatura, têm o PT como adversário, portanto, estão do nosso lado, porque nosso adversário é o PT.

Ora, em todos países democráticos oposição deve ser encarada como uma força política potente. Outra candidatura vai fortalecer o debate, isso significa mais esperança para a vitória.

O ideal seria darmos partida no Trem com todos unidos, mas paciência, não é porque estaremos em palanques diferentes que não vamos bater a massa do bolo. Repito, o meu adversário, o nosso adversário, o adversário de Tião Bocalom é o PT.

Portanto, vamos caminhar daqui pra frente unidos em um único propósito: vencer as eleições, tirar o PT do desgoverno que ele colocou esse estado. Vamos pensar no futuro dos nossos filhos e netos, em um estado que pode ser forte, grande e desenvolvido.

Não há mais espaço para disse me disse, a única verdade é que todos somos oposição e devemos nos respeitar.

Gladson Cameli.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_JANEIRO 2018

O senador Gladson Cameli (PP) não consegue esconder o entusiasmo com a adesão do deputado federal Major Rocha (PSDB) a ideia da chapa única para governo. “É festa na oposição”, disse o senador ao Blog do Evandro Cordeiro. Perguntado sobre o DEM e seu líder, Tião Bocalom, Cameli foi lacônico: “Ele sabe a importância que tem. E vai ser decisivo nesse processo”.

Gladson partiu agora há pouco para uma agenda com o deputado federal Major Rocha, animado coma ideia de candidatura única. “Vamos conseguir atender o apelo das ruas, que é a oposição marchar unida”, disse ao Blog.  

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_JANEIRO 2018
O deputado federal Major Rocha (PSDB) acaba de anunciar, por meio do Blog do Evandro Cordeiro, que não fomentará mais candidaturas alternativas ao Governo. “Vamos caminhar juntos com o senador Gladson Cameli (PP) para atender o pedido das ruas, que é de união das oposições”, declarou. Major Rocha informou ainda que não está se apartando em definitivo do DEM, de Tião Bocalom, porque vai lutar até a exaustão para que os seguidores do ex-prefeito de Acrelândia também venham junto com a ideia da candidatura única. “O Bocalom e o grupo dele é importante e vamos convencê-los a somar essa ideia da unidade”, afirmou Rocha. A ideia de aderir de vez a candidatura única é por um único apelo, segundo Rocha: “o Acre não aguenta mais quatro anos de PT. Vão terminar de quebrar o Estado”. Rocha lembra que antes do PT o Acre era maior produtor de leite e agricultura que Rondônia, tinha o maior rebanho de gado e fazia sacolão nos armazéns da Cageacre. “Hoje perdemos tudo isso para qualquer município de Rondônia. Tudo que o PT inventou não deu certo”, finaliza. Depois de anunciar a adesão ao PP, Rocha iniciou uma agenda junto com o senador Gladson Cameli. Agora pela manhã estão numa visita a Policlina. A tarde fazem uma agenda na Baixada da Sobral.
Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_JANEIRO 2018

Mesmo com o convite estendido a todas as lideranças políticas do Acre para um evento às 16h desta segunda-feira, 26, na Amac, com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros, há informações segundo as quais a Frente Popular deverá boicotar. O acordo seria para que todos faltassem ao ato, inclusive o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT). Motivo do boicote: o acontecimento foi todo orquestrado pelo senador Gladson Cameli (PP), pré-candidato ao governo com chances de derrotar o PT.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard

BANNER PP P

Socialize