Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
24 SP_OUTUBRO 2017

A torcida do PT para ver a BR-364 fechada nesse inverno próximo deverá virar pesadelo, segundo pessoas que fizeram o trajeto nesta quarta-feira, 18, entre Tarauacá e Rio Branco. Um grupo de empresários disse ao Blog do Evandro Cordeiro que o pior trecho da estrada, entre o rio Jurupari e o município de Feijó está ficando um “tapete” e que os demais trechos já estão garantidos para tráfego até o próximo verão.

O blog ouviu agora há pouco o superintendente do Dnit, Thiago Caetano, e ele confirmou: no máximo em 20 ou 30 dias estará feita a recuperação dessa parte mais ruim da BR. “Não sei se tem alguém torcendo contra, mas se tem vai se decepcionar, porque se Deus quiser vai ter tráfego pela BR por todo inverno”, afirmou Caetano.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
24 SP_OUTUBRO 2017

 

O superintendente do Dnit, Thiago Caetano, disse ao Blog do Evandro Cordeiro que na caravana de empresários que percorreu essa semana a BR-364, entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul, tinha gente ligada ao PT com muita vontade de anunciar o fechamento da estrada. “Esses mal intencionados caíram do cavalo. Não podem dizer isso, porque viram todos os trechos e eu expliquei a dinâmica da recuperação. Não vai fechar”, afirmou.

A maioria dos empresários da caravana, segundo Thiago, viajaram de boa fé, torcendo pela obra, mas alguns poucos são, notadamente, ligados ao PT. Eram esses que queriam anunciar o caos, mas se frustraram. “A BR-364 vai dar trafegabilidade o ano todo, porque nós estamos trabalhando de forma organizada”, conclui o engenheiro civil Thiago Caetano.   

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
24 SP_OUTUBRO 2017

DNIT anuncia para a próxima segunda-feira, 3, o início das obras de restauração da BR-364, no trecho entre as cidades de Rio Branco e Sena Madureira.  A ordem de serviço será dada a partir das 8h30min, na cidade do Bujari, na altura do KM 28, em frente ao Banco do Brasil, com a presença do Diretor-Geral de licitações do DNIT, André Martinez.

O investimento total nessa etapa será de R$ 14 milhões. 

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
24 SP_OUTUBRO 2017

Recebi agora há pouco fotos do trabalho de recuperação que o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) está realizando na BR 364 - Sentido Rondônia/Acre. O trabalho é intenso para "restaurar o pavimento e, em alguns casos, fazer outro".

O DNIT realizou em 2016 licitação para recuperar seis trechos críticos da estrada federal e as empresas ganhadoras da concorrência deverão manter o trecho por três anos com recuperação de buracos e limpeza de vegetação.

Os lotes licitados foram: na divisa entre Rondônia e Acre até o município de Sena Madureira, seguindo para o Rio Liberdade, região de Tarauacá e Cruzeiro do Sul.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
24 SP_OUTUBRO 2017

Durante a solenidade de lançamento da segunda frente de serviços para recuperação da BR 364, realizada em Feijó, na última terça-feira (20), o Diretor-Geral do DNIT, Valter Silveira garantiu que não faltarão recursos para a restauração e manutenção da rodovia que liga a capital acreana ao Juruá. O trecho anunciado corresponde a uma extensão de 90 km entre Feijó e Tarauacá.

"O Acre é o único estado que não sofreu contingenciamento de recursos para manutenção de rodovias, o contrato tem seis lotes e vamos executá-los até chegar ao Juruá”, garantiu Silveira.

Anfitrião da solenidade, o senador Gladson Cameli (pp) usou da palavra para destacar as ações desenvolvidas recentemente: "Eu trabalho assim, sem ver cor partidária, mas pensando no Acre e nas pessoas. Estou otimista, toda nossa bancada federal está. Vamos concluir com esse Anel Viário e a Ponte sobre o Rio Madeira, a integração com o Pacifico via 317”.

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard