Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal
01 / 03

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03
O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
10 SP_DEZEMBRO 2018

 

O senador Gladson Cameli (PP), pré-candidato a governador da oposição, elogiou hoje cedo o líder do DEM no Acre, Tião Bocalom, por sua trajetória na oposição, e anunciou um almoço na próxima quinta-feira, 23, em sua residência, com todos os deputados estaduais da oposição. “O Bocalom tem meu respeito, minha admiração, pela trajetória dele na oposição. Nosso adversário é o PT”, afirmou. Quanto ao almoço com parlamentares, Cameli disse o seguinte: “É hora de unir todo mundo em torno de um objetivo e assumir meu papel de liderança da oposição”, afirmou.

Gladson acerta em cheio nas duas coisas. Ao elogiar Bocalom ele diz o seguinte: se alguém fala besteira sobre o líder do DEM, não é ele. E quanto ao almoço, mostra estar assumindo seu verdadeiro papel, o de liderança da oposição.     

 

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
10 SP_DEZEMBRO 2018

O vice-presidente do DEM, Frank Lima, também reagiu à notícia produzida pelo próprio governo do Acre, que se auto elogia por ter recebido elogio dos Estados Unidos por seu desenvolvimento sustentável. Segundo Frank, o maior desenvolvimento ocorrido aqui, com a era PT, foi a “prostituição e o tráfico de drogas”. Veja a íntegra de nota enviada por ele ao Blog do Evandro Cordeiro.

“Realmente é um desenvolvimento horrível.. Desde que a Frente Popular entrou no governo tem algumas indústrias que só crescem no Acre por exemplo...

A indústria da prostituição por falta de emprego para oferecer para a garotada que está em idade economicamente ativa...

Outra indústria que cresceu de forma avassaladora foi o tráfico de drogas, segundo o Delegado Walter Prado quando secretário de Segurança pública da Frente Popular, disse em alto e bom som que no Acre tinha 22 mil bocas de fumo ou pessoas envolvidas com o tráfico de drogas isso a quase 10 anos atrás e essa indústria continua crescendo já que o governo não tem um plano de contenção duro pra combater o tráfego de drogas, mesmo sendo um estado fronteiriço com países produtores de maconha e cocaina...

Sem dizer que o governo perdeu o controle do estado para a guerra entre facções....inclusive por coincidência uma delas tem denominação bem familiar a coligação política B13...

Na outra ponta está os colonos e a turma do Agronegocio sem ramais, sem pontes, sem assistência técnica. Por cima perseguido e tratados como bandidos por IBAMA , ICMBIO, IMAC, que impedem o desenvolvimento econômico do estado...

Na contramão do desenvolvimento o governo cria toda sorte de dificuldade para empresas que tentam se instalar no Acre, com o maior ICMS do Brasil na conta de Energia Elétrica e dificuldades em liberar licenças ambientais para funcionamento...

É esse o modelo de desenvolvimento que foi premiado pelos Yankes??

Das duas uma.. Ou não foi nos Estados Unidos... Ou foi dada por uma dessas ONGs fuleiras socialista comunistas que fazem ambientalismo de gabinete, que adora miséria em nome de um "Desenvolvimento Sustentável" a considerada miséria alheia.”

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
10 SP_DEZEMBRO 2018

O deputado estadual Antônio Pedro (DEM), que mora em Xapuri, onde é vendedor de eletrodomésticos e de motosserra, figura entre os deputados mais atuantes da atual legislatura, embora esteja no primeiro mandato. “Ele tem brigado muito pelos comerciantes da região, tem lutado pela melhora na qualidade da saúde em Xapuri. Meu pai tem orgulhado essa região, fazendo um mandato muito produtivo”, diz o filho Ailson Mendonça, que em 2016 disputou a prefeitura de Xapuri, ficando em segundo colocado, bem perto do eleito, Bira Vasconcelos (PT). Antônio Pedro teve influência direta no resultado da eleição que destronou o PT na Reserva Chico Mendes, onde o novo presidente é o José Maria “Açucar”, da oposição.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
10 SP_DEZEMBRO 2018

O empresário Fernando Lage desembarca no Acre dia 15, próximo, para anunciar oficialmente sua candidatura ao Senado, pelo DEM de Tião Bocalom. Ele será o sétimo candidato ao cargo. Os outros são: Jorge Viana e Nei Amorim, pelo PT; Sérgio Petecão, do PSD; Marcio Bittar, pelo PMDB; Sanderson Moura, do PTC; e Minoru Kimpara, do Rede. Fernando é um empresário bem sucedido no ramo de segurança, mas que parou de investir no Acre em protesto ao estilo PT de administrar, que é invadir as empresas, ao invés de incentivá-las.

Lage é, também, um dos entusiastas do Instituto Liberal, que prega economia aberta de mercado. Ao Blog do Evandro Cordeiro o agora pré-candidato a senador disse que vai “representar o setor produtivo no Senado”, caso vença as eleições.

Ele também deu um pito nos adversários: “tem muito candidato genérico ai para o Senado”, disse. Um desejo do mais novo candidato a senador: disputar as eleições em seu grupo com um concorrente de muito conteúdo, o reitor da Ufac, Minoru Kimpari. “Ainda acredito que ele disputará no nosso grupo”, afirma, otimista.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
10 SP_DEZEMBRO 2018

O reitor da Ufac, Minoru Kimpara, está em franca campanha para o Senado, segundo ele mesmo confirmou ao Blog do Evandro Cordeiro, em entrevista concedida ano passado, mas uma possível junção dele ao DEM de Tião Bocalom, para que a candidatura ao Senado esteja na chapa majoritária encabeçada pelo coronel Ulysses Araújo, é descartada. Pessoas ligadas a Kimpara disseram agora há pouco que o mais certo é o Rede, partido dele, criar uma candidatura a governador. “O Rede tem quadro para isso”, afirmou a fonte. Por isso a candidatura do reitor será sustentada pelo partido de Marina Silva e bem longe da frente alternativa de Bocalom. Enquanto isso o reitor vai levando sua ideia pelo interior. Se vão colar essas candidaturas alternativas ai são outros quinhentos. Só Deus sabe.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard

Socialize