Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
26 SP_ABRIL 2018

O pároco da igreja Católica de Brasileia, Gilberto Versiane, negou que faça qualquer tipo de defesa durante as missas. Ele enviou direito de resposta ao Blog do Evandro Cordeiro, que publicou na segunda-feira, 2, uma denúncia de fiéis de sua comunidade alegando que ele “faz defesa do ex-presidente Lula em plena missa” (http://evandrocordeiro.com/item/1416-brasileia-padre-para-de-rezar-missa-para-puxar-saco-de-lula-e-fieis-vao-denuncia-lo-ao-bispo). Recebi e publico na íntegra a carta do padre4 Versiane, a seguir:  

 

“Estimado Evandro Cordeiro, bom dia e uma Feliz Páscoa!

Agradeço-lhe imensamente a sua abertura e compreensão, concedendo-me a oportunidade de prestar, humildemente, a minha resposta sobre essa nota em que criticam (indeterminado) a celebração dizendo que eu uso desse espaço para falar de política (defender Lula)

"Em tempo nenhum fui negligente ou omisso no meu sacerdócio, sou obediente à Companhia de Jesus, fiz o quarto voto de obediência ao Papa e obedeço fielmente à Doutrina da Igreja Católica e ao bispo dessa diocese.

E sempre firme no caminho da fé, firme no seguimento de Jesus e de olhos fixos nele, não uso, absolutamente, o espaço sagrado da homilia, nas missas, senão para o anúncio do Evangelho.

Não cito e nem me refiro a nomes de políticos em nossas celebrações.

Respeito profusamente os fieis de nossa paróquia, respeito o ser humano, de tal modo que é de minha responsabilidade fortalecer neles a relação mais estreita com o Senhor.  É este o meu dever.

Acredito que nesse tempo de grande instabilidade tb somos levados a interpretar as palavras à maneira de tb responder a tantas e tão complexas demandas da sociedade, bombardeada por uma avalanche de informações e tantos questionamentos, sem resposta.

E, muitas vezes, a fala do Padre, contemporizando o Evangelho,  pode ser tb mal interpretada.

Estou a serviço de todos vocês, a serviço da fé e da promoção da justiça.  Conte sempre com minha oração. Deus o abençoe e estou sempre ao dispor.  Abraço forte, meu querido irmão Evandro!”

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
26 SP_ABRIL 2018

O padre Gilberto Versiane, da Paróquia de Brasileia, vai ser denunciado ao bispo de Rio Branco, Dom Joaquín Pertinez, por parar de rezar a missa para fazer campanha em favor do ex-presidente Lula. O mesmo grupo de católicos carolas que vai denunciá-lo ao líder da cúria acreana fez a denúncia ao Blog do Evandro Cordeiro. “Ele gasta maior tempo da missa para puxar saco do Lula e de tudo o quanto é petista”, afirmou uma das irmãs, que disse não suportar mais as intervenções do pároco. Um outro católico escreveu pelo whats ap ao blog que “padre Versiane deixa o clima da missa pesado porque ninguém suporta mais essa mistura de política com o evangelho”. Ainda segundo esse fiel, que não quis se identificar, a política está tão desacreditada que misturá-la com a igreja essa “afundará a obra de Cristo”.

Padre Versiane não é uma exceção na região. Ele está em Brasileia há apenas quatro anos, mas antes dele outros padres “encheram o saco” dos fiéis defendendo o PT. Um deles bastante lembrado é Luiz Cepi. Este praticamente nem rezava missa. Segundo os irmãos das paróquias do Alto Acre, Cepi era mais militante político do que pastor. Numa de suas últimas postagens nas redes sociais, padre Versiane promete continuar sua luta política denunciando "essa direita fascista". O Blog tem os prints dos posts. É a velha mistura da política com o evangelho, mas pernóstica impossível.   

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
26 SP_ABRIL 2018

A prefeita de Brasileia, Fernanda Assem (PT), reagiu as acusações do procurador do município, Pedro Diego, vindas a público por meio deste Blog do Evandro Cordeiro, através de nota. Ela se defende atacando, ao assegurar que Pedro responde a processo disciplinar interno, entre outras acusações. Veja a nota a seguir:    

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em razão das últimas matérias jornalísticas veiculadas na imprensa Estadual, nos dias 26 e 27 de março de 2018, a respeito da Portaria de n. 080/2018, onde instaurou Processo Administrativo Disciplinar com suspensão de atividades laborativas do Procurador Municipal Pedro Diego Costa de Amorim, a Prefeitura Municipal de Brasiléia esclarece que:

- O procurador responde à Processo Administrativo Disciplinar por faltar com a verdade quando se inscreveu concurso público e tomou posse no cargo sem preencher as condições legais (5 anos de experiência na advocacia), tendo sido omisso nesse quesito ao exercer a função de Secretário de Administração do Município de Brasiléia em gestão anterior;

- Afirmou em juízo que não poderia realizar audiências em nome do Município por motivo de atestado médico, ao tempo em que realizava audiências em causa própria;

- Apresentou novo atestado médico perante seu superior, faltando ao serviço, mas atuando judicialmente em nome do município, apenas nas causas de seu interesse particular, colocando em dúvida seu estado de saúde;

- Representou o Município em processos judiciais, usurpando a função de sua chefia imediata (Procuradora Geral), incorrendo no crime previsto no art. 327 do Código Penal;

Diante desses e de outros fatos colecionados em processo interno de sindicância e Processos Administrativos Disciplinares, esta municipalidade está tomando as providências cabíveis, visando dar efetividade aos trabalhos em prol da população.

Brasiléia, Acre 27 de março de 2018.

Prefeitura Municipal de Brasileia

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
26 SP_ABRIL 2018

 

 

 

O procurador jurídico de Brasileia, Pedro Diego Amorim, virou o homem bomba do Alto Acre depois de trazer a público o que ele chama de “corrupção” praticada dentro da prefeitura. Em entrevista ao Blog do Evandro Cordeiro ele conta detalhes dos últimos acontecimentos que atingem em cheio a prefeita Fernanda Assem (PT) e a ex-prefeita Leila Galvão, atualmente deputada estadual e também do PT. Ele disse que o clima está tão tenso na região que até o promotor de Justiça do município foi transferido, porque mexeu com as gestões do PT. Veja a entrevista dele:     

 

Blog - Porque o senhor resolveu denunciar a prefeita atual e a ex-prefeita?

 

Procurador Pedro Diego - Primeiro quero deixar claro que não tenho nada contra a prefeita. Sempre procurei orienta-la a praticar atos dentro da legalidade. Minhas orientações não foram observadas. Percebi que algumas irregularidades é ilegalidades estavam sendo praticadas. Então, como procurador jurídico, ajuizei ações para preservar a moralidade pública e a população.

 

Blog - O que pode acontecer com as duas?

 

Procurador Pedro Diego - Em relação a denúncia previdenciária tanto a prefeita Fernanda como a deputada Leila Galvão, em sendo confirmados os fatos, podem ser condenadas e terem seus direitos políticos suspensos.

 

Blog - O senhor é servidor da prefeitura e estaria sendo perseguido e ameaçado até de demissão?

 

Procurador Pedro Diego - No início não percebia, ou melhor procurava não ligar, mas com um tempo as perseguições ficaram pior. Chegou-se ao ponto de proibirem até servir cafezinho para mim. Isso sem dizer de ofensas morais. Mas vou continuar fazendo meu trabalho. Não vou me conformar com as perseguições e com os desmandos. Adorei Brasileia como minha cidade e o povo e maravilhoso.

 

Blog – O que vai acontecer com o senhor o senhor?

 

Procurador Pedro Diego - Já mandaram o Promotor de Justiça, o doutor Aurê Ribeiro Neto, para Cruzeiro do Sul, porque fez as três ações civil pública. Agora querem me demitir porque eu entrei com quatro Ações de Improbidade Administrativa e fiz várias denúncias e todos os órgãos competentes. Querem calar a minha boca. Sou Procurador do Município de Brasileia. O meu dever é combater a corrupção.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
26 SP_ABRIL 2018

O parecer do assessor jurídico da Câmara de Vereadores de Brasileia, Dárcio Vidal Campos, reconhecendo a ilegalidade da lei 1.015, aprovada no apagar das luzes de 2017 e que garantiu pagamento de décimo terceiro salário a prefeita Fernanda Assem (PT) e aos vereadores, foi o passo mais importante para sua revogação. A atitude de correr atrás da suposta ilegalidade para proteger os cofres públicos foi de um próprio parlamentar, o vereador e advogado Valadares Neto (PMDB). Ontem ele comemorou o parecer da assessoria jurídica. “Eu já esperava isso do doutor Dárcio. Ele é muito competente”, afirmou ao Blog.     

Após a exposição do parecer jurídico, na sessão desta terça-feira, 6, o vereador Valadares espera que a mesa diretora trate de revogar o quanto antes a lei aprovada no fechamento do ano passado, segundo ele em nome da moral. “Não se trata de questões pessoais, mas, única e exclusivamente, de legalidade. Me surpreendi com ele (EDU), não só por seu nervosismo, mas, sobretudo, porque sempre aparentou primar pela legalidade de atos e de respeito as instituições. Agora, espero que cumpram a orientação do assessor jurídico, ou seja, revogue a lei e, acaso tenham recebido algum dinheiro público, devolvam aos cofres públicos”, afirmou Valadares.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard

BANNER PP P

Socialize