Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 02

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
Blog do Evandro Cordeiro

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, e demais integrantes do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais dos Estados e da União (CNPG), entregaram ao Congresso Nacional, nesta quarta-feira, 28, uma proposta contendo 40 medidas de alteração para a legislação penal e processual penal brasileira. O documento visa ao aperfeiçoamento do sistema de Segurança Pública no Brasil.

A entrega foi feita ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, ao presidente do Senado, Eunício Oliveira, e ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, titular da Comissão de Juristas encarregada pela alteração legislativa. A procuradora-geral esteve acompanhada pelo procurador-geral adjunto para Assuntos Administrativos e Institucionais do MPAC, Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto.

As alterações legislativas propõem o combate à criminalidade, objetivando ampliar e dar mais efetividade ao enfrentamento dos crimes por meio de políticas públicas e combate às organizações criminosas, à macrocriminalidade e ao tráfico de drogas e armas – temas sensíveis à Segurança Pública em geral.

 

Publicado em Rubedna Braga
Quinta, 01 Março 2018 09:01

Dia da Mulher no Fogão Mineiro

Super promoção no restaurante Fogão Mineiro para a semana alusiva ao Dia Internacional da Mulher. Pacote corporativo de café da manhã com preços especiais, lembrando que além de saborear de uma boa comida o cliente usufrui de um ambiente fino e agradável.

Reserva ou orçamento pelo telefone 3226 2008 ou 99911 9906.

 

Publicado em Rubedna Braga

 

O Plácido de Castro perdeu o jogo para o Atlético Acreano nos pênaltis, na noite desta quarta-feira, 28, após empatar por 1 a 1 no tempo normal, na decisão do segundo finalista do primeiro turno Campeonato Acreano 2018. O atacante Rafael Barros abriu o placar para o Galo aos 12 minutos do segundo tempo e Juninho, do Plácido de Castro, fez o gol de empate, aos 46 minutos do segundo tempo. Resultado: o jogo foi decidido nos pênaltis. O Atlético-AC venceu por 4 a 3 e vai disputar a final com o Imperador Galvez, sábado (3) que vem, às 17hs, no Arena da Floresta.  

O prefeito de Plácido de Castro, Gedeon Barros (PSDB), fez o que vem fazendo desde o início da competição: prestigiou o time, junto com uma boa parte de sua equipe. Gedeon, inclusive, deu uma boa arrumada no estádio de sua cidade, onde a agremiação local jogou várias vezes esse ano pelo Estadual. Barros veio em comitiva e no final aplaudiu a equipe de pé, avaliando que no tempo normal o time jogou com “brilhantismo”.  

Publicado em Blog
Quinta, 01 Março 2018 07:17

ARTIGO Eu não sou político?

*  Renê Fontes

 

A política sem sombra de dúvidas é um dos maiores meios de transformação social do mundo e que foi completamente deturpada por interesses individuais.

Com o passar do tempo, os "políticos" usam de diversas estratagemas para tentar vencer uma eleição, e o marqueteiro trabalha para que seja falado aquilo que o povo quer ouvir.

Em 2016, apareceu um jargão que particularmente me incomoda muito. Ele foi usado bastante por políticos que não queriam receber tanta rejeição da parte do eleitor:  "EU NÃO SOU POLÍTICO". Isso é um erro futurista e afasta pessoas boas da política.

"Eu não sou médico mas, vou operar todas as terças, quartas e quintas no hospital, pois apesar de ser açougueiro, quero dar minha contribuição aos mais necessitados". Isso é um discurso além de assustador, mentiroso!

Falar algo que te minimize dentro do problema é muito populista. Temos que ir às ruas, olhar nos olhos dos eleitores, absorver as críticas e elogios e fazer delas uma motivação para fazer um ótimo trabalho, POLÍTICO através da POLÍTICA.

 

*  Renê Fontes é agente penitenciário, ex-presidente da JPSDB e ex-modelo e ex-padeiro

Publicado em Blog
Página 10 de 10