Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 02

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
Blog do Evandro Cordeiro

O advogado Felizmar Mesquita, cujos dentes nasceram dentro do PCdoB, deixou o partido com um grupo numeroso de outros antigos comunistas daqueles que foram “ficando para trás nesses anos de gestão” do PT, segundo ele mesmo, para seguir uma nova tendência do pós-esquerda no poder. Esse grupo ficou fora da militância partidária por algum tempo, até estudar algumas possibilidades e partidos e decidir pelo PPL, o Partido Pátria Livre, fundado em 21 de abril de 2009 e registrado na Justiça Eleitoral em 3 de outubro de 2011, sob o número eleitoral é 54 e na bandeira do qual prevalecem as cores são verde, amarelo e vermelho. Eles decidiram, também: vão continuar na Frente Popular. Felizmar, que foi homem forte dos governos Jorge Viana, volta à cena como presidente da sigla. “Iremos construir um partido forte, com alicerce democrático, dando autonomia para as suas lideranças”, disse ele. Perguntei ainda sobre quem vai apagar luz no PCdoB, se Edvaldo Magalhães, atual diretor do Depasa, Eduardo Farias, vereador de Rio Branco, ou Moises Diniz, deputado federal. O Felizmar não respondeu mais. Sumiu.

Publicado em Evandro Cordeiro

O superintendente da Funasa, Ronaldo Craveiro, foi convidado pelo prefeito de Rodrigues Alves, Sebastião Correia (PMDB), para a inauguração de 11 unidades sanitárias recém-construídas pela prefeitura, na semana passada. As comunidades Manoel Gomes e Rodrigues Leite foram as contempladas nessa fase. Craveiro elogiou o trabalho do prefeito pelo resultado final. “O trabalho ficou de primeira e a comunidade ganhou muito”, disse. O dinheiro é fruto do empenho do senador Sérgio Petecão (PSD) em Brasília.

Publicado em Evandro Cordeiro

O senador Gladson Cameli (PP) ainda não sabe nada sobre a escolha do deputado federal Major Rocha (PSDB) para ser seu vice. É que a separação do nome do parlamentar foi feita pelo partido dele nesse final de semana, mas é uma decisão tucana de apontar o vice, retirando a candidatura da minha colega jornalista Mara Rocha da disputa pelo Senado. Mas já oficializaram para o senhor, senador, alguma coisa¿ Perguntei, mas ele respondeu que não. Que nada é oficial ainda e que o nome do vice vai ser decidido pelos partidos que compõem a oposição, mas o anúncio só acontecerá depois de um consenso após exaustivas reuniões essa semana. Gladson disse que está feliz por tão frenética movimentação em torno da escolha do vice, porque isso sinaliza o quanto sua candidatura é competitiva. “Ruim é quem vai ser candidato e ainda está implorando por alguém para ser seu vice, ou então para quem teve um vice enfiado goela abaixo”, diz ele ao Blog. Gladson repete o mantra: quer um vice que seja consenso entre os partidos, mas está longe de saber este nome é, de fato, o do Major Rocha. Ainda não é oficial o nome dele, é isso¿ Questionei outra vez. Gladson foi peremptório: “Não!”.  

Publicado em Evandro Cordeiro

O radialista Sebastião Rodrigues dos Santos, 53 anos, conhecido no mundo artístico como “Tião Pequeno”, morreu esta madrugada num hospital em Rio Branco de insuficiência respiratória. Ele se tratava de um AVC, acidente vascular cerebral que o vitimou há cerca de 15 dias. “Pequeno” era radialista há quase 30 anos e era dono de uma das vozes mais maviosas do rádio acreano. Apresentou programas matutinos e nas tardes de Rio Branco, mas foi mais ouvido nas madrugadas. Dava palhinhas, também, como cantor na noite da capital. O clube onde mais se apresentou foi o Chalé Bar. O corpo de “Pequeno” será velado na Capela São Francisco, próximo a Pizzaria Maria Farinha.

Publicado em Evandro Cordeiro

O restaurante República do Líbano serve neste sábado, 10, uma das melhores feijoadas de Rio Branco. Além do sabor já conhecido, incomparável, o preço é imbatível. Apenas R$ 9,99. Prato servido à vontade. O República do Líbano está localizado no antigo Mercado dos Colonos, na cabeceira da ponte metálica. Quer fazer uma reserva, liga no 99606-2863 ou 3301-9360.  

Publicado em Evandro Cordeiro

A prefeita de Brasileia, Fernanda Assem, do PT, continua respondendo na Justiça por irregularidades em sua gestão. Ela chegou a ter o afastamento pedido, mas por enquanto negado pelo Juiz. “Mas o processo segue e mais na frente ela pode, sim, ser afastada ainda”, diz o vereador Valadares Neto (MDB), que também é advogado. Ele explicou o seguinte ao Blog: “O promotor nas três ações que ajuizou, em todas, pediu o afastamento da prefeita e de outros envolvidos. O juiz, mesmo reconhecendo a gravidade dos fatos, entendeu por bem neste momento não afastá-la salientando entretanto que isso ainda pode ocorrer. A prefeita e os outros envolvidos foram notificados para apresentarem manifestações nos processos. Dessa forma os processos ao contrário do que dito em alguns veículos de comunicações continuam em curso”.

Publicado em Evandro Cordeiro

Moradores da Baixada da Sobral chegaram a fechar a principal avenida que dá acesso à região na noite desta sexta-feira, 9, para protestar pela falta de médico e medicamentos na UPA. Pacientes passaram mal depois de esperar o dia inteiro por atendimento, até faltar a paciência no meio da noite. Segundo a Valdenira de Souza Tavares, ela mesma chegou na unidade de saúde às 9 da manhã. Já estava perto da meia noite e o atendimento não funcionou. “Não deu mais para tolerar. Foi quando as pessoas tiveram a ideia de fechar a rua”, afirmou, sem saber direito para quem reclamar. Mas o responsável pelo UPA é o prefeito Marcus Alexandre (PT), que no momento está bem preocupado com a eleição para governador. Vai ser o candidato do PT com apoio do governador Tião Viana e, por isso, anda ocupado com tantas agendas.    

Publicado em Evandro Cordeiro

O deputado estadual Eber Machado ameaçou várias vezes ir para a oposição, mas nesta quinta-feira, como num abrir e fechar de olhos, decidiu sua vida: deixou um partido da Frente Popular, por onde se elegeu três vezes, o PSDC, e se filiou em outro, também da Frente, o PDT. Como tem mandato, a ficha dele, considerada importante, foi abonada por ninguém menos que o presidente nacional do partido, ex-ministro Carlos Lupi, aquele falastrão do Governo Dilma. Membro de uma família de empresários que odiavam o PT, Machado preferiu a prudência para não entrar, ainda, em rota de colisão com os irmãos Viana. Ficou no Governo. Quem comemorava hoje cedo a filiação dele no partido era o presidente da sigla no Acre, ex-deputado estadual Luiz Tchê, que essa semana sofreu uma baixa importante, a do deputado Heitor Júnior, que deixou a sigla e se filiou no Podemos, também satélite do PT.  

Publicado em Evandro Cordeiro

O deputado federal Flaviano Melo (PMDB), pelo currículo a maior expressão política da oposição no Acre, iniciou essa semana uma campanha cujo objetivo é unir no mesmo palanque nas eleiçlçoes deste ano Gladson Cameli (PP), Tião Bocalom (DEM) e Coronel Ulisses, esse último ainda sem partido. Concentrado, sentado à cabeceira de uma mesa grande, onde são servidas as refeições em seu escritório na rua América, Vila Ivonete, ele disse ao Blog pouca coisa, mas o suficiente para garantir que haverá um reviravolta na oposição em poucos dias. Algo que vai surpreender. “Já iniciei esse trabalho de juntar todo mundo e a primeira investida me deixou muito esperançoso”, diz o ex-governador, ex-senador, ex-prefeito de Rio Branco e atualmente deputado federal.

Experimentado na política pelos 35 anos de mandatos quase ininterruptos, Flaviano Melo admite que é um sonho fazer a oposição por inteiro subir no mesmo palanque, mas explica que era necessário tomar a iniciativa. “Tomei a frente porque se ficar o dia todo expondo ao público as nossas diferenças nós vamos cada vez espalhar mais nossas lideranças. É um sonho reunir todo mundo, mas eu vou correr atrás desse sonho, porque não estou lutando com trogloditas, estou conversando com pessoas civilizadas que sabem que só unidos nós vamos alcançar nosso objetivo”, afirma.

Até as próximas duas semanas esse concentrado Flaviano Melo acredita que a sociedade já terá uma resposta positiva. As pessoas querem colocar em prática a alternância de poder, não suportam mais quatro anos de PT, mas só farão isso numa condição: que a oposição esteja unida. "As pesquisas apontam isso, por isso resolvi ir à luta”, diz ele, conhecido por gastar pouca saliva em conversas intermináveis, mas ainda assim conseguir proezas na política do Acre ao longo das últimas décadas, como, por exemplo, ganhar a eleição do PT quando o partido ainda era uma espécie de santuário, vestal da moralidade. Isso aconteceu em 2000. Flaviano se elegeu prefeito de Rio Branco.        

Publicado em Evandro Cordeiro
Quinta, 08 Março 2018 23:14

HAPPY HOUR

A Comissão da Mulher Advogada da OAB/AC reuniu as mulheres para um final de tarde agradabilíssimo no restaurante O Paço em torno do Dia Internacional da Mulher. Na ocasião as mulheres foram agraciadas com um belíssimo anel dado pela Caixa de Assistência dos Advogados. Parabéns a todas as mulheres pelo seu dia.

Publicado em Rubedna Braga