Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 02

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
Blog do Evandro Cordeiro

O superintendente da Funasa, Ronaldo Craveiro, e a chefe do serviço de Saúde Ambiental Shirlene Malveira Azevedo, fizeram nesta quarta-feira, 14, a apresentação do projeto Salta Z ao prefeito de Plácido de Castro, Gedeon Barros (PSDB), e à presidente da comunidade que será beneficiada, Ronéria Gondim da Silva, do Polo Agroflorestal. Serão 22 famílias atendidas com água potável.

O Salta Z é uma engrenagem criada por um técnico da própria Funasa para tratar água e alcançar comunidades de difícil acesso. Com a ajuda do senador Sérgio Petecão (PSD) a Funasa do Acre foi contemplada com 15 kits, que estão sendo repassados às prefeituras através de uma parceria com responsabilidades divididas. A Funasa dá o kit, a prefeitura dá o material para a base da caixa d’água e a comunidade constrói e nomeia um morador para operar.

Para uma comunidade de 22 famílias a Salta Z do Polo Agroflorestal só precisa produzir cerca de 200 litros dias, bem abaixo de sua capacidade. Os técnicos acreditam que sua instalação demore no máximo 30 dias em Plácido de Castro por causa do interesse demonstrado pelo prefeito Gedeon, que se prontificou entrar com todo o apoio necessário ainda esta semana. “Agradeço ao esforço do senador Petecão, ao Ronaldo e a Shirlene da Funasa e quem vai ganhar são as pessoas que moram no Polo”, disse o prefeito ao Blog.  

Publicado em Evandro Cordeiro

Um conhecido empresário de Rio Branco, cujo nome não vou citar por não conseguido falar com ele, estaria aterrorizando pelo menos 72 famílias que moram em uma área de terra às margens da estrada Irineu Serra, parte alta de Rio Branco. A denúncia foi feita ao Blog por um grupo de moradores que garante: o dito empresário não tem um documento que comprove ser ele o dono da terra. A questão já foi parar na Justiça e um desfecho pior só não ocorreu porque todas as autoridades foram informadas, segundo um dos líderes do movimento, Sebastião Costa de Souza, 58. O grupo está pedindo socorro à imprensa para tentar fazer a notícia chegar a toda a sociedade. “Alguém precisa nos acudir aqui, pelo amor de Deus”, diz Sebastião, afirmando que nenhum morador tem menos 16 anos residindo no local.  

A área de terra, de aproximadamente 42 hectares, pertenceu ao líder da religião do Santo Daime, mestre Irineu Serra, que testamentou uma parte a uma filha de criação conhecida por Paula. Esta, segundo os atuais moradores, teria vendido a um ex-governador, que teria passado a uma terceira pessoa. Esta terceira pessoa seria com quem os atuais 70 moradores teriam negociado. “Não tinha nada aqui em nome desse senhor que diz ser o dono dessas terras”, afirma Vandiko Bezerra da Cunha, um dos líderes do movimento que pede o fim do conflito.    

Moradores do “Ramal do Tufic”, como eles chamam a área em conflito, estão desesperados, segundo eles, porque as ameaças do empresário seriam firmes e caso ele consiga o intento, pelo menos 70 famílias correm risco de perder tudo o que construíram ao longo dos últimos 20 anos. Todos eles sobrevivem de pequenas plantações em seus terrenos, ou de aposentadoria. Francisca Monteiro Bezerra disse que já até conseguiu vários empréstimos no banco para cuidar de seu pomar, com a renda do qual criou sua numerosa família. “Como é que esse homem é dono dessa terra se com o documento que eu tenho eu fui no banco e consegui o empréstimo. Já até pagamos o primeiro. São 20 anos certinho morando aqui, agora vem essas ameaças”, diz ela.

Os moradores da área conflituosa estão pedindo socorro às autoridades para que eles parem de ser importunados pelo empresário, que de vez em quando faria ameaças. “Eles tem amedrontado a gente até com armas”, diz seu José Freitas da Silva, o "Loiro". “Alguém precisa vir em nosso socorro, porque já estamos todos velhos, na casa dos 60 anos, não temos mais chance nenhuma na vida, nem para adquirir outra área. Não somos invasores, nós compramos isso aqui há anos, baseado no mapa da terra”, diz ele.         

Publicado em Evandro Cordeiro

O governador Tião Viana (PT) não teria gostado nada de ter tido seu veto à lei de criação de uma autarquia para o Pró-Saúde, barrado pela Assembleia Legislativa com 22 dos 24 votos. Não é a primeira vez, mas foi a vez mais importante, porque ele queria muito vetar essa lei, que em vigência garantirá o emprego de mais 1,8 mil pais de famílias, mas contradirá ao Ministério Público, que mandou o governo acabar com o programa, ao enxergar nele muito mais interesse eleitoral do que para o bom funcionamento da saúde. Irritado, Viana praticamente não comentou esse assunto na tarde desta terça-feira, 13. Ao Blog do Evandro Cordeiro disse apenas uma palavra e por meio de sua assessoria. “É inconstitucional”, disse o governador traído pela própria base. Pelo que podemos apurar, o Governo não vai deixar barato o assunto, porque segue uma orientação do Ministério Público. Tião fez sua parte, mas deputados da própria base, no intuito de não se queimar diante de tanta gente envolvida, porque esse ano tem eleição, trataram de puxar uma campanha para barrar o veto do governador. Raimundinho da Saúde (PTN), um dos parlamentares que mais tem cargos no Estado, foi o primeiro a se levantar.  

Publicado em Evandro Cordeiro

A Executiva Regional do PSDB divulgou nota na noite desta terça-feira para, publicamente, demonstrar seu “total e irrestrito” apoio ao nome do deputado federal Major Rocha diante do que chama de “convite” para disputar o cargo de vice na chapa que disputará o Governo pelas oposições, encabeçada pelo senador Gladson Cameli (PP). Veja a nota a seguir:    

 

Nota de apoio ao Deputado Federal Major Rocha

 

A executiva Regional do PSDB Acre, vem a público prestar seu total e irrestrito apoio ao deputado federal Major Rocha diante do convite para disputar o cargo de vice-governador na chapa majoritária pela oposição encabeçada pelo senador e pré-candidato a governador do estado Gladson Cameli (Progressista). A candidatura deste, representa a firmeza de um propósito ao combate do autoritarismo implantado pelo Partido dos Trabalhadores, a violência, a falta de rumos em nossa economia e pelo atraso em que se encontramos há mais de 20 anos do governo petista.

Ressaltamos que o honroso convite feito ao nosso aguerrido deputado Major Rocha, é reflexo de sua determinação na defesa de nossa gente, pela sua coragem e atuação reconhecida pela população diante do atual cenário regional, também nacional. Caberá exclusivamente ao guerreiro Rocha dar a palavra final sobre o honroso convite. Nós, membros da executiva regional do PSDB não temos a menor dúvida da capacidade de Rocha para tal cargo ao qual foi convidado, sabemos que este também é o sentimento das pessoas de bem que sonham com um Acre bom para todos, onde nossa gente seja valorizada. É de nosso entendimento que diante de seu trabalho no parlamento nestes quase oito anos de vida política que a sociedade acreana irá reconduzi-lo à Câmara Federal para continuar seu excelente mandato em favor do Acre, assim se Rocha desejar.

Comissão Executiva regional PSDB Acre

Rio Branco, Acre – 14 de março de 2018

Publicado em Evandro Cordeiro

Depois de se manifestar numa audiência pública na última segunda-feira, 12, sobre um projeto de lei que poderá criminalizar a saída in natura da castanha do Acre, afirmando publicamente que isso se trata de retrocesso, o empresário Fernando Lage acabou atraindo a imprensa. Hoje, logo após o Gazeta Alerta, ele estará no Gazeta Entrevista, apresentado pelo colega jornalista Rogério Wenceslau na TV Gazeta, afiliada Rede Record, onde debaterá outros assuntos também. Ele estará dissecando sobre o assunto na companhia do presidente da Federação da Indústria, José Adriano Ribeiro. Lage é pré-candidato a senador pelo Acre e crítica ferrenho do estilo da esquerda de tratar o mercado. Ele é, inclusive, líder de um dos movimentos mais organizados de todos os tempos nesse sentido, chamado Instituto Liberal, por meio do qual se opõem à Florestania, que travou o desenvolvimento do Estado nos últimos 20 anos.    

Publicado em Evandro Cordeiro

O porta-voz das empresas terceirizadas no Acre, Fagner Calegário, é o mais novo filiado do PV, partido pelo qual disputará a eleição para deputado estadual esse ano. O ato para receber o empresário aconteceu dia 8 de março. O evento foi prestigiado por gente importante da Frente Popular, inclusive pelo prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), que não economizou elogios a Calegário, que devolveu a gentileza prometendo ir às últimas consequências nas eleições desse ano para elegê-lo governador. A presidente do Partido, Shirley Torres, foi quem abonou a ficha.

Calegario disse que seus ideais e sua bandeira como deputado será a valorização do trabalhador terceirizado, além de promover a livre iniciativa e o empreendedorismo. Em seu discurso, ficou claro que o jovem empresário ainda é pouco habilidoso como político, mas de um futuro promissor. O evento foi tão concorrido que estiveram presentes, inclusive, futuros concorrentes do novo filiado. Não será surpresa uma eleição do Calegario. O que falta em habilidade política sobre em garra, segundo ele mesmo.

Publicado em Evandro Cordeiro

A Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO) promove, dia 22, a partir das 18hs, no auditório da OAB, uma palestra sobre um dos assuntos mais pertinentes do momento, a intervenção federal. As inscrições já estão abertas. Veja o banner:  

Publicado em Evandro Cordeiro

Um servidor público da saúde acaba de ligar para o Blog com a triste informação segundo a qual no setor B do Hospital das Clínicas, criado para atender a ortopedia, não tem esta manhã o básico do básico. Para se te ruma ideia, não há maqueiros. Ou só teria um trabalhando. Falta material para sutura, além de anestesia, o principal. “Amigo publique ai no seu blog que se alguém chegar quebrado hoje aqui na ortopedia não vai ser possível atender, porque não tem nada para salvar uma pessoa traumatizada”, disse a servidora, que pediu sigilo, por obviedade.  O governador Tião Viana (PT) nem inaugurou oficialmente o centro de imagens do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into/AC), que fica localizado ao lado do Hospital das Clínicas (HC), na BR-364, mas já falta o básico. No ato de pré-inauguração Tião chegou a levar o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), para mostra-lo como seu pré-candidato a governador.

Publicado em Evandro Cordeiro

O médico Israel Milani, que vinha sonhando em disputar a eleição para deputado estadual, recuou da ideia. Depois de uma reunião em família ele tomou a decisão para facilitar ainda mais a vida da mãe dele, a Procuradora de Justiça Vanda Milani, que disputará as eleições para deputada federal, pelo Solidariedade. Com o recuo de Israel, a possibilidade de agregar mais gente em torno do propósito da genitora dele é real. “Vou ajudar na campanha da minha mãe e ser mais orgânico dentro do partido, o Solidariedade”, diz ele, que tomou a decisão inteligente. Se ele mantém a candidatura muitos concorrentes deixariam de apoiar Vanda Milani por uma razão óbvia e que já tirou mandato de muita gente que visou mais de um candidato dentro de uma mesma família.  

Publicado em Evandro Cordeiro

O senador Sérgio Petecão (PSD) não está muito afim de entrar na “briga” sobre a escolha do vice da oposição, aquele que comporá a chapa encabeçada pelo senador Gladson Cameli (PP). Mas ele disse ao Blog que acha o nome do deputado federal Major Rocha (PSDB) muito forte. “É um nome a ser considerado”, diz. Petecão elogiou muito a ideia do deputado federal Flaviano Melo (MDB), de lutar até o limite para que a oposição tenha uma única chapa, mas sentenciou nossa rápida conversa pelo celular: “Na verdade quem tem que escolher o nome, dá a palavra final nessa história de vice é o senador Gladson”. Petecão é daqueles que pensa que o nome de Gladson é o que pesa. “O povo quer o Gladson para o Governo. O vice é importante mais não é exatamente decisivo”, finalizou.

Publicado em Evandro Cordeiro