Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal
01 / 03

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03
O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
Blog do Evandro Cordeiro

O secretário de Articulação Política da prefeitura de Rio Branco, professor Manoel Lima, que já presidiu o Sinteac e quase se elegeu vereador e deputado pelo PT, não teria aceitado o nome de seu futuro substituto, uma vez que ele vai se afastar para disputar as eleições. Por indicação do deputado federal César Messias e o aval da vice-prefeita, Socorro Neri, as duas principais estrelas do PSB no Acre, um integrante antigo do partido cujo não foi revelado seria o nome escolhido para ocupar a pasta de Manoel Lima. O atual secretário não teria aceitado, porque gostaria de deixar um petista em seu lugar e foi ai, segundo a fonte do Blog, que se iniciou um bate-boca. um detalhe: a confusão não terminou e está longe de terminar.      

Publicado em Blog

O presidente do DEM, Tião Bocalom, está conformado de sua saída do partido, uma vez que a partir desta quinta-feira, 8, a sigla deverá ser entregue pela nacional para o deputado federal Alan Rick. Agora há pouco ele disse ao Blog que não sabe para qual partido vai, mas está certo de que deverá ser uma agremiação cuja programática bata com o que pensa o coronel Ulisses Araújo, pré-candidato a governador no partido de quem deve se filiar é o do presidenciável Bolsonaro, o Patriota.   

Bocalom reafirmou que a seu apoio à candidatura do coronel Ulisses é uma decisão sem volta. Ele se fia nos números de pesquisas recentes. “O nome dele já ultrapassou os 10% em pesquisa do próprio PMDB, então é uma candidatura que não tem volta”, disse. Quanto a saída do DEM Bocalom disse nada ter a declarar, como quem não tem nenhuma mágoa nem mesmo do provável futuro presidente, o deputado Alan Rick.   

Publicado em Blog

O deputado estadual Raimundinho da Saúde (PTN) disse agora há pouco ao Blog do Evandro Cordeiro que está contando as horas até semana que vem para derrubar o veto do governador Tião Viana (PT) à lei aprovada pela Assembleia Legislativa que transforma o Pró-Saúde numa autarquia. Autor e interessado direto na lei, Raimundinho esclarece que a luta é em favor das 1,8 mil famílias empregadas no programa. Já o governador segue orientação do Ministério Público Federal, que enxergou o programa muito mais eleitoreiro.

“Mas vamos derrubar o veto do governador e o Pró-Saúde será, se Deus quiser, uma autarquia, preservando o emprego de centenas de pais de família”, disse o deputado ao Blog. Raimundinho disse não estar nem ai por estar contra o Governo, mesmo sendo da base de sustentação. O parlamentar foi convidado pelo Blog a fazer uma entrevista maior, com questionamentos mais veementes sobre outros assuntos, como, por exemplo, a birra dele com secretários estaduais que vão deixar os cargos para disputar uma vaga na Aleac. Ele é contra, mas não quer mais polemizar. “Já me usaram muito para isso. Não quero mais falar, pronto”, disse.

Raimundinho da Saúde e outros deputados da base que “se mataram” para defender o Governo Tião Viana terão que encarar como concorrentes vários secretários estaduais, todos com muita estrutura, graças ao próprio Estado. Um deles é o próprio secretário de Saúde, Gemil Júnior. Mas além dele, Henry Nogueira, dos Pequenos Negócios, Nil Figueiredo, do Iteracre, e Sawana Carvalho, da Gestão, também estão dispostos a ir às urnas. O assunto irrita o deputado, mas ele repete que não quer mais explorá-lo. O Blog respeita.   

Publicado em Blog

O parecer do assessor jurídico da Câmara de Vereadores de Brasileia, Dárcio Vidal Campos, reconhecendo a ilegalidade da lei 1.015, aprovada no apagar das luzes de 2017 e que garantiu pagamento de décimo terceiro salário a prefeita Fernanda Assem (PT) e aos vereadores, foi o passo mais importante para sua revogação. A atitude de correr atrás da suposta ilegalidade para proteger os cofres públicos foi de um próprio parlamentar, o vereador e advogado Valadares Neto (PMDB). Ontem ele comemorou o parecer da assessoria jurídica. “Eu já esperava isso do doutor Dárcio. Ele é muito competente”, afirmou ao Blog.     

Após a exposição do parecer jurídico, na sessão desta terça-feira, 6, o vereador Valadares espera que a mesa diretora trate de revogar o quanto antes a lei aprovada no fechamento do ano passado, segundo ele em nome da moral. “Não se trata de questões pessoais, mas, única e exclusivamente, de legalidade. Me surpreendi com ele (EDU), não só por seu nervosismo, mas, sobretudo, porque sempre aparentou primar pela legalidade de atos e de respeito as instituições. Agora, espero que cumpram a orientação do assessor jurídico, ou seja, revogue a lei e, acaso tenham recebido algum dinheiro público, devolvam aos cofres públicos”, afirmou Valadares.

Publicado em Blog

O advogado e vereador de Sena Madureira Josandro Cavalcante, do PSDB, disse ao Blog do Evandro Cordeiro esta manhã que a violência em seu município, proporcionalmente comparada a Rio Branco e Cruzeiro do Sul, só tem uma justificativa: a entrada de drogas com certa facilidade pelo rio Purus, cuja nascente é no Peru, principal produtor de cocaína do continente. Ele acredita que a BR-364 também é um importante corredor do tráfico. Cavalcante conseguiu promover uma audiência pública para discutir o assunto, reuniu as principais autoridades, entre elas o Major Casagrande, comandante da PM na região, as leis foram endurecidas e o policiamento reforçado, o que resultou na diminuição dos casos, principalmente de execuções, trégua quebrada na tarde desta terça-feira, 6, quando um elemento supostamente ligado a facções foi executado. “Tinha dado uma recuada, mas infelizmente ontem tivemos essa execução. Mas em relação ao ano passado ainda estamos no saldo”, diz o parlamentar.

Josandro está no terceiro mandato de vereador, se elegendo sempre entre os mais votados, tem forte atuação como advogado e deverá ser o representante da família Vieira na disputa para deputado estadual. Ele já foi abençoado pela ex-prefeita e ex-deputada estadual Toinha Vieira e pelo marido dela, Zé Vieira, também ex-deputado, para representar a oposição ao prefeito Mazinho Serafim (PMDB) na disputa deste ano. “Esperei com paciência até chegar a minha vez”, afirma. Josandro é, de fato, um dos nomes competitivos do PSDB no Estado, evidentemente pelo grupo político que vai apoiá-lo na região do Iaco. “Mas terei votos em Rio Branco também”, avisa ele, bem humorado.      

Publicado em Blog

O pastor presidente da Convenção Estadual da Igreja Assembleia de Deus ligada a Convenção Nacional de São Paulo, Pedro Abreu de Lima, anunciou nesta segunda-feira, 5, a inauguração da sede nova da igreja em Rio Branco. O endereço é rua Minas Gerais, próximo ao Educandário Santa Margarida, onde até pouco tempo funcionava a Igreja Mundial, do apóstolo Waldemiro Santiago. Além de uma festa com a presença do pastor José Weliton Jr, presidente nacional, ele pretende reunir o maior número de pastores de todo o Estado, para demonstrar prestígio. A necessidade dessa nova sede se deu pela saída da igreja de Rio Branco, liderada pelo pastor Luiz Gonzaga, para a nova Convenção Nacional criada em Belém pelos irmão Câmara.  

Publicado em Blog

O deputado estadual Heitor Júnior está saindo do PDT, visivelmente chateado. Ele não conta os detalhes nem para o pai dele, o Juiz aposentador Heitor Macêdo, mas todos percebem que o parlamentar está saindo por “falta de espaço e prestígio” do atual presidente, ex-deputado Luiz Tchê. Na verdade, Heitor estava com sua reeleição amaçada ficando no PDT e a presença dele no partido também resultava em espanto a possíveis candidatos. Outro detalhe: nos bastidores começam a desconfiar que Tchê vai disputar a eleição para estadual, o que também espantaria qualquer mosca. O destino de Jr, segundo ele mesmo teria declarado no rádio, será o Podemos, presidido no Acre pelo Eros Asfury. Eu insisti por uma entrevista mais detalhada, mas ele se negou.  

Publicado em Blog

O senador Gladson Cameli (PP) continua sendo a preferência do MDB para a disputa do Governo do Acre, em outubro deste ano, como candidato das oposições. A voz que acaba de dar essa garantia veio serena da boca do deputado federal Flaviano Melo, uma espécie de alma e espirito de partido, adorado pelos seus correligionários e ouvido sempre depois dos terremotos. Ele aplaca os ânimos dos mais afoitos com sua fala depois de uma tempestade causar estragos após o partido dele anunciou um inesperado rompimento com a candidatura Cameli, na quinta-feira passada.

Flaviano Melo, além de deputado federal, é ex-senador e ex-governador do Acre, onde teve passagem marcante, tanto que até hoje se elege sem campanhas milionárias. Fez as obras estruturantes mais avançadas do Acre e, até hoje, foi o único da oposição a vencer o PT, depois que os “meninos”, como dizia o ex-governador Edmundo Pinto, chegaram no poder. Foi em 2000, quando a oposição criou o disciplinado MDA, uma aliança que tinha ordem e respeito mútuo entre seus membros e bem menos vaidade.

Procurado por este blog neste domingo à noite, Flaviano reagiu esta manhã. Disse que seu partido continuará lutando pela unidade das oposições por que entende ser essa a única forma de vencer um adversário inescrupuloso, viciado no poder e que se nega ao dinamismo das alternâncias. Flaviano acredita que o povo quer a mudança, mas precisa enxergar união e respeito nos candidatos. “Vamos lutar pela união das oposições”, diz ele, seco. Depois, preferiu silenciar aos demais questionamentos, não sem antes afirmar que o senador Gladson Cameli é nome capaz. “Ele é a preferência”, finalizou.       

Publicado em Blog

O governador Tião Viana (PT) mandou cortar 20% sobre o valor pago a cada plantão na saúde estadual. A circular, publicada em foto ai acima, determina o corte alegando “crise financeira nacional”. Coincidência, ou não, a data da circular é a mesma em que o governador nomeia o ex-deputado federal Marcos Afonso para o cargo de subsecretário de Turismo e Hospitalidade, com salário bem pertinho de R$ 20 mil. As nomeações, em ano de eleição, nada mais são do que “cunhas” para garantir apoios de famílias importantes ao sucessor que ele quer fazer, o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), segundo todo mundo. O servidor que enviou o documento por meio do qual é anunciado o corte, pediu todo o segredo da terra sobre a identidade dele, por medo de retaliação, obvio. “Aqui dentro, Evandro, quem não é do lado deles não sobrevive. Guarda a fonte ai, rapaz”, afirma.   

Publicado em Blog

Socialize