Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal
01 / 03

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03
O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
Blog do Evandro Cordeiro

No Memorial dos Autonomistas, em Rio Branco, exposição fotográfica relembra os horrores do holocausto judeu, onde milhões de judeus foram mortos pelo governo nazista. Fotos, textos e outras artes remetem a reflexão para a cultura de paz e respeito pelas diferenças.

O assassinato em massa de cerca de 6 milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial ainda choca pela crueldade com que as vítimas foram exterminadas. O plano nazista era construir uma raça pura e o ódio também fez outras vítimas não judias como: homossexuais, prisioneiros de guerra soviéticos, Testemunhas de Jeová e deficientes físicos e mentais.

Fragmentos do que foi o genocídio estão em exposição no Memorial dos Autonomistas, no centro de Rio Branco. São fotos de homens, mulheres e crianças em um entorno de sofrimento. Quem promove é a Embaixada Mundial dos Ativistas Pela Paz (EMAP) em homenagem ao dia internacional em "Memória às Vítimas do Holocausto” celebrado em 27 de janeiro e instituído pelas Organizações das Nações Unidas.

"A gente traz essa exposição de fotos para que as pessoas meditem no momento em que estamos vivendo. Essa linha tênue na sociedade está muito latente. Foi agora recente, 70 anos atrás, a Guerra Mundial. E agora o que a gente espera para o futuro, para a sociedade que estamos vivendo?", questiona o coordenador da EMAP, João Patrício Almeida.

Dos nove milhões de judeus que residiam na Europa antes do Holocausto, cerca de dois terços foram mortos; mais de um milhão de crianças, dois milhões de mulheres e três milhões de homens. Mesmo sendo um fato histórico impressionante, muita gente ao visitar a exposição se surpreende. Também ficam surpresos os ativistas, ao saber que muita gente ainda não sabe o que foi o holocausto.

"Isso nos preocupa. Nos deixa com o sinal de alerta. Quando você não lembra do que aconteceu no passado, provavelmente poderá acontecer no futuro. E a gente fica pasmo em ver que em pleno século XXI, as pessoas não saberem que esse fato existiu e está aí comprovadamente pelas fotos e história contada", afirma.

Quem confere a exposição também pode deixar uma mensagem que ficará guardada em um cilindro, chamado de cápsula do tempo. Os visitantes respondem o que esperam para o futuro e para a sociedade de amanhã. A cápsula será aberta somente em 2045, 100 anos após o holocausto.

A Embaixada Mundial dos Ativistas Pela Paz é uma organização não governamental e que existe em diversos países. Como o próprio nome já diz, a missão é lutar pela paz.

A Exposição fotográfica "Educando para recordar" vai até o dia 28 de janeiro no Memorial e depois será promovida no Calçadão da capital.

Publicado em Blog

O restaurante República do Líbano tem uma novidade literalmente gostosa a partir de hoje: se o cliente servir um prato com exatas 700 gramas de comida ele almoça de graça. Segundo a gerência, a probabilidade de isso acontecer é grande porque os pratos da casa cabem mais ou menos essa quantidade de alimento. Se o sujeito não quiser apostar no peso pode encher o prato e pagar apenas R$ 11,99. Tudo isso sem contar a variedade de carnes e legumes.   

Publicado em Blog

O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB), acredita que o povo do Acre é que está pagando por toda a “farra” que petistas locais estão fazendo em Porto Alegre para defender um criminoso já condenado, o ex-presidente Lula. Os dois mais ilustres acreanos que inclusive gravam vídeos desde ontem na capital do Rio Grande do Sul, o senador Jorge Viana e o governador Tião Viana, não tirariam dinheiro do bolso para fazer uma viagem dessa, segundo Vagner, que mesmo sem mandato e portanto sem imunidade, não tem papas na língua.

Vagner Sales também lamenta o fato de o prefeito da capital, Marcus Alexandre, candidato a governador pelo PT, suma nos momentos de dificuldades de seu partido. “Ele enfia a cara no chão, que nem avestruz, para disfarçar, como se ele não tivesse nada a ver com toda essa patifaria patrocinada pelo PT. “O povo é que paga por tudo isso, lamentavelmente”, afirma o ex-prefeito e ex-deputado estadual.   

Publicado em Blog

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), desaparece, sempre que seus correligionários estão em apuros com a Justiça e a Polícia. A fala é do vereador Roberto Duarte (PMDB), que lembra do sumiço dele, também, quando a polícia bateu à sua porta parta que responda por crimes ocorridos em suas gestões no Deracre e na prefeitura. “Ele sempre se escondeu e no caso do julgamento do Lula ele também já desapareceu. Mas o povo sabe que ele é defensor de Lula, assim como são seus padrinhos, Tião e Jorge Viana. Os três defendem a corrupção, uma vez que defendem um condenado criminal”, disse o vereador ao Blog do Evandro Cordeiro. A fugas das polêmicas tem uma razão, a candidatura dele ao Governo. Se misturar com o PT seu nome não se sustentaria até julho.    

Publicado em Blog

O ex-conselheiro tutelar e professor de Teologia Michael Alves dos Santos se filiou essa semana no PTB. Ele atende convite da presidente estadual, Charlene Lima, e do presidente da municipal, Leandro Costa. Michael pretende disputar as eleições para deputado estadual. Será a primeira aventura eleitoral dele. Sua ida para o Partido Trabalhista Brasileiro tem razões: uma delas o fato de o partido estar em uma aliança onde não disputará ninguém com mandato. “Além do mais tenho sido bem tratado pelos dirigentes. O ambiente é bom aqui”, justificou.

Publicado em Blog

A procuradora de Justiça Vanda Milani, que concorrerá as eleições desse ano para deputada federal, fez circular uma nota agora há pouco nas redes sociais pedindo calma à oposição, depois da saraivada de notas e desmentidos, após divulgação de áudios que revelam brigas internas. Ela escreveu o seguinte: “Boa tarde, amigos. Precisamos nos unir, dar as mãos e perseguir os um só objetivo. Nossa meta é devolver o Acre para os acreanos e propiciar as pessoas dias melhores na saúde, educação, segurança e, acima de tudo, termos idoneidade para representar o nosso povo, independentemente de credo, cor ou posição social.  Vamos lutar pelo mesmo ideal, gente, que é o sonho maior de nós acreanos”.

Publicado em Blog

O senador Sérgio Petecão divulgou uma nota esta manhã desmentindo que tenha recebido 1 milhão de reais do empresário Fernando Lage para a sua campanha ao Senado, em 2010. Ao Blog o senador já disse, inclusive, que nunca viu esse valor. Veja a nota na íntegra:

NOTA

O senador Sérgio Petecão- PSD/ Acre, vem de público contestar e afirmar que são inverídicas, as informações desastrosas veiculadas, em vários grupos sociais, num áudio de autoria do senhor Marcio Bittar, que de forma espetaculosa, diz que recebi 1 Milhão de Reais, doado pelo senhor e empresário, Fernando Laje, na campanha eleitoral de 2010.

É do conhecimento da população acreana, que na minha trajetória política, e principalmente nas minhas campanhas eleitorais, foram sempre realizadas com muitas dificuldades e dentro das minhas condições financeiras e doações partidárias, conforme registro oficial das minhas prestações de contas, aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Portanto, reafirmo enfaticamente, que NÃO procedem, tais informações.

Brasília, 23 de Janeiro de 2018.

Sérgio Petecão - PSD.

Senador

Publicado em Blog

O pastor Arnaldo Barros, líder da igreja Geração Eleita, é o obreiro mais procurado por membros de facções interessados em deixar o crime. Ele próprio nem sabe quantos já se converteram com ele. “Não sei contar mais os vídeos que já gravei. Mas o importante é que essas pessoas estão aceitando a Jesus como salvador, deixando de lado a vida de crime”, diz o pastor, que está animado, também, para disputar as eleições desse ano. Arnaldo vai tentar, outra vez, uma cadeira na Assembleia Legislativa e justifica seu objetivo: “Preciso de um mandato para ampliar meu trabalho social, que faço com pessoas dependentes químicas”. O partido dele é o PRP, integrante da Frente Popular, onde diz estar satisfeito. Fã do prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, o ministro do evangelho ignora o fato de o pré-candidato a governador que vai apoiar ser do PT. “Reparo pessoas e não partido”, afirma.

Publicado em Blog

O deputado federal Alan Rick (DEM) foi, disparado, o político mais agredido nas redes sociais nas últimas horas. Ele é acusado de dar um “golpe” dentro de seu próprio partido, tomando a presidência de Tião Bocalom, para apoiar a candidatura de Gladson Cameli (PP) ao Governo do Acre, enquanto Bocalom patrocina uma candidatura alternativa. “Isso é ridículo, uma acusação dessas, porque os partidos tem suas configurações políticas, seus interesses nacionais e locais, portanto independente de ser eu na presidência o DEM iria se comportar da maneira que está se comportando”, afirmou ao Blog do Evandro Cordeiro. Quanto a pancadaria que tem sofrido nas redes sociais, Alan não tem dúvidas sobre a autoria e patrocínio: “É patrocinada pelo PT". E disse mais: "Toda decisão partidária precisa de consenso interno. Essa candidatura alternativa não tem consenso dentro do DEM. Nunca dei nenhuma declaração de que iria ‘tomar’ o partido. Estou em consonância com a Executiva Nacional do DEM. Esses ataques patrocinados pelo PT mostram de que lado estão algumas pessoas”, disse mais o parlamentar ao Blog agora há pouco.

Publicado em Blog

O senador Sérgio Petecão (PSD) disse agora há pouco ao Blog do Evandro Cordeiro que seu partido vai “caminhar com o Gladson Cameli para o Governo do Acre”, independente do posicionamento do prefeito do Quinari, André Maia, que se elegeu pela sigla, mas andaria insinuando apoiar o candidato do PT, Marcus Alexandre, ao Governo do Estado. “Ainda não vi nenhuma nota do André informando sobre seu posicionamento político para as eleições desse ano, por isso não posso operar em cima de notas que saem em colunas de jornais”, afirmou o senador.

Segundo Petecão, fora essa declaração dele dada esta manhã ao Blog toda e qualquer publicação em relação ao prefeito do Quinari não passará de fofoca. “Não conversei com ninguém sobre isso, nem com ele (André), nem vi nenhuma nota dele se posicionando. Então, enquanto isso, conto com ele como parceiro”, diz o senador, líder do partido que elegeu André prefeito.  

Publicado em Blog

BANNER PP P

Socialize