Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
Blog do Evandro Cordeiro
Quinta, 18 Janeiro 2018 15:53

Novo comandante da PM ganha beijo do Blog

Publicado em Blog
Quinta, 18 Janeiro 2018 09:44

Beijoqueiro ataca Pastor Agostinho

Publicado em Blog

A procuradora de Justiça Vanda Milani venceu essa semana uma consulta nas redes sociais proposta pelo site acjornal, para ver quem tem bala na agulha para a disputa de deputado federal deste ano. Com 48% ela superou até a deputada Jéssica Sales (PMDB), uma das mais atuantes da atual legislatura, e a sindicalista Rosana Nascimento, presidente da CUT, outro nome forte. Milani, filiada no Solidariedade, disputará as eleições para deputado federal, depois de ficar na primeira suplência em 2014. “Esse ano vamos corrigir os erros da eleição passada para que minha mãe possa representar o povo acreana em Brasília nesse novo momento que será a partir de 2019”, diz o filho dela, o médico Israel Milani, que também poderá disputar as eleições para deputado estadual.       

Publicado em Blog

O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB), disse ao Blog do Evandro Cordeiro que “jamais apoiaria a esses bandidos do PT, seja em que circunstância for”. A fala dele é uma resposta a boatos de redes sociais e até mesmo matérias publicadas em jornais e sites segundo os quais ele estaria disposto a apoiar o pré-candidato a govenador pelo PT, Marcus Alexandre, como resultado de brigas com correligionários, mas especificamente com o prefeito Ilderlei Cordeiro, também do PMDB. “Tudo fofoca irresponsável”, diz Sales.

Vagner chama de “horda” a turma que governa o Acre, capaz de fazer qualquer coisa para se manter no poder. “Não posso apoiar um povo desse nunca. Eles são a maldade em pessoa, não respeitam ninguém, nem os aliados, levam todos no grito, no peito. Massacram os inimigos. Eu sei o que sofri quando fui prefeito. Eles botaram para me matar (politicamente, ele corrige), mas nunca conseguiram. Apanharam de mim até não querer mais”, afirma Sales.

O ex-prefeito reafirma seu compromisso com a pré-candidatura das oposições ao Governo do Acre, a do senador Gladson Cameli (PP), seu primo, a rigor. “Agora que vou trabalhar como nunca para eleger o Gladson governador”, afirmou ao Blog, depois de dizer que anda insuportável a boataria em redes sociais e jornais de comportamentos duvidosos.   

Publicado em Blog

Passado um ano de administração do prefeito André Maia (PSD), na prefeitura do Quinari, e o segundo colocado na disputa pelo mesmo cargo, em 2016, o empreiteiro Jorge Catalan (PP), se acha no direito de fazer a primeira crítica. “O Quinari não estaria como está, podem ter certeza”, diz ao Blog um homem que afirma estar apenas começando sua carreira política. Decidiu, com a família, que disputará as eleições para deputado estadual esse ano e que o sonho de ser prefeito do Quinari, terra que escolheu para morar, trabalhar e criar os filhos, continuará sendo uma obsessão. Veja o que ele diz mais ao Blog:     

Blog – Você foi o segundo colocado na disputa pela prefeitura do Quinari, em 2016. Caso tivesse sido eleito, qual teria sido seu grande feito nesse primeiro ano?

 

Jorge Catalan - A disputa para prefeito de Senador Guiomard foi uma experiência única. Fiz grandes amizades e tenho o povo do meu município como um tipo guerreiro e que está sendo esquecido pela atual gestão. Caso tivesse vencido as eleições garanto: nossa querida Quinari estaria completamente em outra situação, como ruas asfaltadas, lixos recolhidos e manutenção em dia da cidade. É melhor, com muito emprego e renda.

Blog – Sua família sugeriu que você dispute a eleição para deputado estadual esse ano e você teria topado. Isso encerra seu sonho de ser prefeito do Quinari?

Jorge Catalan - A questão da disputa por uma vaga na Assembleia tem uma razão: defender o povo de Senador Guiomard. Muito pelo contrário. Será um passo importante nesse sonho de ser prefeito, pois mostro o compromisso com a população e a vontade de fazer esse povo querido voltar a sorrir. E 2020 ainda está longe. Mas se o povo achar que posso ser o candidato deles estarei pronto, sempre.

Blog – Que grupo político está contigo nessa empreitada de 2018?

 

Jorge Catalan - Meu grupo político - posso dizer sem medo: é o povo do Quinari. O melhor grupo que podemos ter é o povo.

Publicado em Blog

O novo superintendente da Funasa, Ronaldo Craveiro, anunciou nesta quarta-feira, 17, no Bujari, o lançamento de um projeto cujo objetivo é tratar água em comunidades da zona rural. Chamada de “Salta ‘Z’”, a novidade vem de Belém, onde um engenheiro criou um sistema simples de tratamento de água capaz de coletar o elemento em qualquer manancial e transformá-lo em potável nas casas de agricultores.

O projeto piloto vai acontecer na comunidade da Bonal, circunscrição do município de Senador Guiomard. “O aparelho vai ser instalado na comunidade para tratar água suficiente para abastecer uma vila, por exemplo”, informa Craveiro. A Funasa selecionará as dez prefeituras onde estão sendo catalogadas pequenas comunidades com muita carência. A princípio, Quinari, Bujari, Plácido de castro, Xapuri e Assis Brasil estão na preferência. A captação de recursos em Brasília para a materialização do projeto é de responsabilidade dos senadores Gladson Cameli (PP) e Sérgio Petecão (PSD).

Publicado em Blog

O simpaticão advogado e ex-Juiz Eleitoral Maurício Hohenberger é um “piolho” de redes sociais. Está no zap, no face, twiter, e por ai afora. Conhecedor profundo dos bastidores da política brasileira e mais especialmente do Acre, esse paulista radicado no Acre há quase três décadas discute com conhecimento os problemas de cima para baixo e de baixo para cima, inclusive da capital Rio Branco, como crítico ácido da atual gestão do PT que é. Sabe sobre temas complexos, como a econômica, por exemplo. “O Acre vive em um atraso trazido pela esquerda que as pessoas vão se assombrar quando abrirem os olhos”, profetiza ele. O gosto pela política aumentou tanto que ele decidiu: vai disputar as eleições desse ano para deputado estadual. Pelo menos é um nome limpo e qualificado. Outro detalhe: com conteúdo.     

Publicado em Blog

O PT criou no Acre um movimento em favor do ex-presidente Lula, cujo objetivo é peitar a Justiça até não querer mais, devido ao julgamento dele dia 24, em Porto Alegre. Tentando a todo custo colocar o “chefe” deles acima da lei, os petistas locais não conseguiram muitas adesões. Nem mesmo uma boa parte dos cargos comissionados tem aderido a esse tosco movimento, que já arrancou até um incontrolável e copioso choro do deputado federal Léo do PT. Era esperado. Lula e Dilma sempre perderam as eleições aqui no Estado.

Publicado em Blog

O senador Sérgio Petecão (PSD) disse agora há pouco ao Blog do Evandro Cordeiro que seu partido vai “caminhar com o Gladson Cameli para o Governo do Acre”, independente do posicionamento do prefeito do Quinari, André Maia, que se elegeu pela sigla, mas andaria insinuando apoiar o candidato do PT, Marcus Alexandre, ao Governo do Estado. “Ainda não vi nenhuma nota do André informando sobre seu posicionamento político para as eleições desse ano, por isso não posso operar em cima de notas que saem em colunas de jornais”, afirmou o senador.

Segundo Petecão, fora essa declaração dele dada esta manhã ao Blog toda e qualquer publicação em relação ao prefeito do Quinari não passará de fofoca. “Não conversei com ninguém sobre isso, nem com ele (André), nem vi nenhuma nota dele se posicionando. Então, enquanto isso, conto com ele como parceiro”, diz o senador, líder do partido que elegeu André prefeito.  

Publicado em Blog

O pastor Moisés Xavier, vítima de uma bala perdida na região da cabeça, enquanto passava em frente ao antigo prédio da Polícia Federal em direção a uma vigília, se filiou semana passada no PRTB. O partido terá candidato a governador, o locutor Lira Xapuri, e o próprio Moisés poderá ser o vice. “Fala paletó”, como é conhecido o pastor, chegou chegando na nova sigla, depois de passar 15 anos filiado no PPS. Foi recebido com festa e os novos colegas de partido fizeram com ele uma oração, em agradecimento ao milagre na vida dele, que escapou da morte, depois de passar 15 dias na UTI com uma bala alojada na cabeça. O tiro foi disparado por um elemento que executava um viciado na região do Papoco e o pastor passava no local na mesma hora, coincidentemente. “Deus deu o livramento para Ele”, acredita Xapuri, seu novo presidente.     

Publicado em Blog
Página 1 de 6

BANNER PP P

Socialize