Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
Blog do Evandro Cordeiro

Aos 53 anos, mas com virilidade de 30, como mesmo afirma, o deputado estadual Heitor Júnior (PDT) é taxativo ao avaliar seu mandato, marcado para terminar ano que vem: “Eu precisava desse mandato para fortalecer o trabalho em favor dos doentes de hepatite”. De fato ele se empenhou nesse quesito. Liderou campanhas e acumulou conquistas como a quebra de protocolos no Ministério da Saúde para garantir o tratamento rápido e gratuito às vítimas das hepatites virais. Mas não é só. Júnior comemora a aprovação de outros projetos e se orgulha do trabalho como membro titular da CCJ, a mais importante da Assembleia Legislativa. Advogado, administrador, especialista em gestão, consultor do Sebrae, professor universitário e radialista, ele falou o seguinte ao Blog do Evandro Cordeiro:   

Blog – Deputado até quanto tem valido a pena o mandato em relação a sua luta em favor dos doentes de hepatite?

Heitor Júnior - Temos um grande projeto político que ajuda a salvar vidas. Como representante dos portadores de hepatites no Acre, tivemos muitas vitórias. Senão vejamos: a vinda dos medicamentos para tratamento da hepatite C, que já curou mais de 1.500 pessoas e outras 1.500 entrarão em tratamento em 2018; quebra de protocolos do Ministério da Saúde, por meio do qual 20 mil pessoas portadoras de hepatite B farão uso da medicação a partir de 2018; exames de ELASTOGRAFIA HEPÁTICA gratuita para portadores de hepatites, num convênio firmado com a prefeitura municipal de Rio Branco; na APHAC, dispomos de atendimento psicológico, exames /testes rápidos de hepatites B e C, HIV e SÍFILIS, todos os dias; além de gratuidade de transporte coletivo para portadores de hepatites do estado do Acre.

Blog - Seu partido, o PDT, emplacou o vice na chapa majoritária do PT, mas terá que ir pro chapão de federal. E vocês, da proporcional, também vão ter que engolir algum sapo. É ruim formar chapa assim, nesse imprensado?

Heitor Júnior - É uma grande vitória do PDT fazer parte da chapa majoritária indicando o candidato a vice-governador, sendo o nome do secretário de Segurança (Emylson Farias) de muito orgulho pra todos nós. Ele é ficha limpa, homem honrado, delegado de carreira e que irá contribuir bastante com o projeto político da Frente Popular. Teremos chapa própria para deputado estadual, num trabalho árduo do presidente do partido, Luiz Tchê, e tenho esperança que elegeremos dois deputados, podendo eleger três. Não vejo imprensado.

Blog - O senhor foi o menos votado do partido em 2014. Em 2018 será diferente?

Heitor Júnior - Não tenho nenhum demérito em ter sido o último a entrar no parlamento acreano em número de votos no pleito passado. Hoje sou presidente da CCJ, a comissão mais importante da Assembleia Legislativa, tenho feito projetos importantes que trazem vários benefícios para a população do Acre, temos um grupo valoroso de apoiadores e se for da vontade de Deus, espero retornar à Assembleia Legislativa com uma votação expressiva. Aproveito o espaço para desejar saúde e prosperidade a todos neste Natal.

Publicado em Blog

O senador Gladson Cameli (PP), pré-candidato a governador do Acre, emitiu nota nesta quarta-feira, 20, por meio da qual pede que seu militantes se comportem educadamente nessa pré-campanha. Ele se refere, principalmente, a decisão tomada pelo “parceiro” de oposição, Tião Bocalom (DEM), que decidiu puxar uma candidatura alternativa ao governo. E lembrou: “Nosso adversário é o PT”. Veja a nota na íntegra:

Amigos militantes,

O cenário político da oposição está definido. Devemos respeitar a decisão de Tião Bocalom que, como sempre falei, é fundamental no processo político de 2018. Ele e o grupo que aceitou caminhar com uma outra candidatura, têm o PT como adversário, portanto, estão do nosso lado, porque nosso adversário é o PT.

Ora, em todos países democráticos oposição deve ser encarada como uma força política potente. Outra candidatura vai fortalecer o debate, isso significa mais esperança para a vitória.

O ideal seria darmos partida no Trem com todos unidos, mas paciência, não é porque estaremos em palanques diferentes que não vamos bater a massa do bolo. Repito, o meu adversário, o nosso adversário, o adversário de Tião Bocalom é o PT.

Portanto, vamos caminhar daqui pra frente unidos em um único propósito: vencer as eleições, tirar o PT do desgoverno que ele colocou esse estado. Vamos pensar no futuro dos nossos filhos e netos, em um estado que pode ser forte, grande e desenvolvido.

Não há mais espaço para disse me disse, a única verdade é que todos somos oposição e devemos nos respeitar.

Gladson Cameli.

Publicado em Blog

O empresário Fernando Lage, líder do Instituto do Liberalismo, também se manifestou indignado com a multa aplicada pelo Governo ao empresário Assueiro Veronez, por este ter investido em um plantio de soja no Acre. Para Lage, Veronez é vítima de um Estado que se vendeu para interesses de ONGs internacionais. Veja o que ele escreveu ao Blog:     

“Defendemos o empreendedorismo como fonte inspiração para desenvolver nosso Acre! Esta legislação estadual atrasada sobre meio ambiente parece incompatível com o ZEE (Zoneamento Econômico e Ecológico). Somente o Congresso Nacional pode legislar sobre este assunto do meio ambiente. Nos últimos anos o Acre foi transformado numa grande ONG de defesa de grupos estrangeiros e isto não podemos aceitar. Defendemos o agronegócio como instrumento para ser usado na defesa do desenvolvimento do nosso estado”.

Publicado em Blog

Vereadores de Capixaba aproveitaram a cansativa última sessão do ano, nesta quarta-feira, 20, para aprovar um projeto de lei que eleva as diárias pagas a eles de R$ 300,00 para R$ 400,00. Além do mais, autorizaram o pagamento de décimo terceiro para eles mesmos.

Votaram pela aprovação do projeto os vereadores Gilliard (PMDB), Chico Gomes (PSB), Kemmy (PSD), Geane Silva (PSDB), Gedeão (PDT) e Marcondes (DEM). Contra: Richard Lima (PSDC) e Barroso (PT). O salários dos vereadores é de R$ 2.200,00.

Publicado em Blog

O presidente nacional do PTB, Roberto Jeferson, disse em um vídeo que quer ser colega da jornalista Vânia Pinheiro na próxima legislatura federal, em Brasília. Ele se refere à candidatura da colega, que disputará as eleições para deputada federal em 2018. “A Vânia é preparada, inteligente”, afirma. Vânia preside o PTB no Acre e o seu partido vai coligar com PPS e Solidariedade, uma aliança que terá uma forte chapa para deputado estadual e federal. Roberto é conhecido, também, por ter denunciado o "Mensalão" e por ter sido cassado por isso. Ano que vem quer votlar à Brasília. É candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro.  

Publicado em Blog

O presidente da Assembleia de Deus Rio Branco, pastor Luiz Gonzaga de Lima, poderá levar a igreja da capital para a convenção de Belém, recém criada pelos irmãos Jhonatas Câmara, presidente da igreja no Amazonas, e Samuel Câmara, que dirige a igreja de Belém, depois de se desligarem da Convenção Nacional, em São Paulo. Eles vão levar grande parte da igreja da Região Norte para a nova convenção. Fontes do Blog do Evandro Cordeiro garantem: depois de receber a visita dos irmãos Câmara, Gonzaga estaria “pensativo”, com forte tendência a filiar a igreja rio-branquense na nova convenção.

A visita dos Câmara a Assembleia de Deus Rio Branco foi um evento rápido e de conhecimento de poucas pessoas. Eles teriam vindo de jatinho apenas para o encontro com o presidente da igreja em Rio Branco. A conversa se resumiu no convite seco e direto. Gonzaga, com anos de experiência no ministério, além de ser advogado, teria pedido um tempo para “pensar”.

A tendência seria se desligar da convenção paulista, por razões óbvias. Gonzaga lidera um grupo antagônico ao presidente da convenção no Acre, pastor Pedro Abreu, contra quem sofreu seguidas derrotas na disputa pela entidade. Além do mais, pastores ligados a Luiz Gonzaga são absolutamente favoráveis à mudança para a convenção nova de Belém. Um deles chegou a dizer ao Blog que isso já deveria ter acontecido. E fez um lembrete aos leitores: “As pessoas não precisam se escandalizar com isso. São disputas internas salutares, longe de questões pessoais. Nossa igreja precisa dar essa balançada para alcançar ainda mais nosso objetivo, que é ganhar almas para Jesus”.      

Publicado em Blog

O governador do Acre, Tião Viana, do PT, aparece como um dos piores govenadores do Brasil, segundo o site de notícias G1, da Globo, que divulgou uma lista com os melhores e piores. O critério utilizado, segundo o jornal, foi baseada no desempenho deles entre 2015 e 2016.

Tião, segundo o G1, cumpriu apenas 16% das promessas de campanha. Foram 25 compromissos assumidos em campanha, dos quais cumpriu apenas dois e outros dois foram parcialmente cumpridos.

Entre os melhores aparece o governador de Rondônia, Confúcio Moura, do PMDB, que empata tecnicamente com o governador do Maranhão, Flávio Dino, do PCdoB. Marconi Perillo (PSDB), de Goiás, ficou em terceiro, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), em quarto.

Por essa razão é que membros da oposição andam com uma pesquisa na mão diante da qual Tião Viana figura com uma rejeição escandalosa. E corre nos bastidores a notícia segundo a qual o prefeito Marcus Alexandre, que disputará o governo pelo PT, vai se manter distante de Viana. Nesse final de ano os dois não apareceram juntos em nenhum evento. Veja a lista do G1:

Os dez melhores

1° Confúcio Moura – RO –78,78%

2° Flávio Dino – MA – 78,37%

3° Marconi Perillo – GO – 75%

4° Geraldo Alckmin – SP – 70,58%

5° Raimundo Colombo – SC – 69%

6° Camilo Santana – CE –65%

7° Simão Jatene – PA – 63%

8° Marcelo Miranda – TO – 53%

9° Wellington Dias – PI – 52%

10° Paulo Câmara – PE – 51%

Os dez piores

1° Tião Viana – AC – 16%.

2° Fernando Pimentel – MG – 26%.

3° Rodrigo Rollemberg – DF 27% .

4° José Melo – AM –28% .

5° Suely Campos – RR- 34% .

6° Reinaldo Azambuja – MS – 34,78% .

7° Pedro Taques – MT – 34,78%.

8° Paulo Hartung – SC – 38%01.

9° Luís Fernando Pezão – RJ – 41,6%.

10° Waldez Góes – AP – 44,11%.

Publicado em Blog

"Os servidores das secretarias de Administração, Finanças, Planejamento, Agricultura, Meio Ambiente, Gabinete, Obras, Saúde e Assistência Social já receberam o abono natalino, conhecido por 13º salário, pago em duas parcelas (setembro e novembro), e agora, dia 20 de dezembro, estamos pagando todo 13º dos servidores em Educação”, garantiu ao Blog do Evandro Cordeiro o prefeito de Porto Walter, Zezinho Barbary (PMDB).

Amanhã, dia 21, a prefeitura paga o salário do mês de dezembro para os servidores das secretarias de Administração, Finanças, Planejamento, Agricultura, Meio Ambiente, Gabinete, Obras e Assistência Social. Dia 22, paga salário de dezembro dos servidores em saúde. Só resta definir a data certa para o município pagar o salário dos servidores em educação. “Empenhei a minha palavra na campanha e estou cumprindo”, afirma o prefeito Barbary.

Publicado em Blog

O senador Sérgio Petecão (PSD) passou o fim de semana no Jordão, município isolado por terra cujo acesso só é possível pelo rio Tarauacá ou por avião, onde entregou um grupo gerador em uma aldeia indígena. “Fui ao Jordão cumprir o que havia combinado com o prefeito Elson Farias (PCdoB) e estou feliz por ter contribuído para melhorar a vida numa das aldeias da região (Aldeia Boa Vista). Entregamos um motor de luz para a comunidade”, disse Petecão.

Petecão lembrou que a cidade de Jordão é administrada por um prefeito do PCdoB e ele é do PSD, base de apoio ao governo federal. “Mas é um dos prefeitos que mais tenho procurado ajudar lá em Brasília. Não vejo nenhum problema nisso”, disse.

O senador que levar internet a comunidade de Jordão. E tomou uma atitude. Fez um vídeo em meio aos moradores para enviá-lo ao ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, presidente do seu partido. “Essa semana mostro o vídeo para ele”, garante.

Publicado em Blog

BANNER PP P

Socialize