Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal
01 / 03

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03
O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
09 Out 2018

Fernando Lage: um liberal conservador

*  Valdir Perazzo

 

Faz alguns dias fui despachar um processo com uma autoridade do poder judiciário e tive uma surpresa ao ver em sua mesa de trabalho um exemplar do livro “A Mentalidade Anticapitalista”, do economista austríaco LUDWIG VON MISES. Não me contive de curiosidade e perguntei como o livro havia chegado às mãos daquela autoridade. Respondeu-me que fora uma sugestão de leitura do amigo Fernando Lage.

Elogiei a obra e falei um pouco sobre o autor. Ludwig Von Mises (1881-1973) é o maior expoente da chamada Escola Austríaca de Economia, fundada por Carl Menger. Professor e economista de erudição e brilhante inteligência. Sua grande obra é “Ação Humana”, em que apresenta uma visão integral da economia, libertada do positivismo matemático e estatístico.

Pois bem. O Senador da República (suplente) e empresário Fernando Lage, tem sido um verdadeiro baluarte em defesa de um novo projeto para o Estado do Acre, baseado nas ideias mais avançadas do liberalismo. Um dos escritores com o qual tem mais se identificado Fernando Lage, é exatamente o autor acima referido. Fernando Lage se tornou um verdadeiro apóstolo da difusão das ideias do economista austríaco no Estado do Acre. Como Mises, em suas palestras e entrevistas à imprensa, advoga o livre mercado e aponta quem são seus inimigos. Adquiriu a profunda convicção de que o Acre só se desenvolve quando abraçar, definitivamente, as ideias da liberdade e do livre mercado.

Com Fernando Lage compartilhei há alguns meses atrás - lemos o livro ao mesmo tempo – as propostas defendidas por Mário Vargas Llosa no seu livro intitulado “Peixe na Água”, em que o prêmio Nobel de literatura peruano relata sua experiência de quando concorreu à presidência do seu país defendendo um projeto liberal, que só veio ser implementado mais recentemente. Vargas Llosa foi derrotado por Fujimori. O Perú não estava preparado naquele momento para ter um presidente defensor do livre mercado, pois o Perú à época era um país de mentalidade retrógrada e socialista.

Eu e Fernando Lage temos compartilhado ideias de vários autores sobre liberalismo, mas também as importantes ideias do conservadorismo. Dentre outros autores, é de nosso interesse comum o escritor de “Filosofia Verde”, Roger Scruton. Enfim, Fernando Lage tem procurado se inteirar da literatura liberal-conservadora, a partir da qual se pode conceber um novo projeto para o Acre, em oposição às ideias comunistas de que está impregnada a classe dirigente do Estado. Dê-se o exemplo frisante que, nas últimas eleições tivemos alguns empresários candidatos a cargos eletivos por partidos comunistas, integrantes do Foro de São Paulo. Participou em São Paulo do grande Seminário, liderado por Levy Fidelis, denominado “A Direita Conservadora”, onde apresentou teses procedentes.

Mas Fernando Lage não é apenas um homem de ideias. É também um homem de ação.  É um dos fundadores do grupo “Liberais do Acre”, e já está articulando a criação do Instituto Liberal do Acre – o ILAC, que deverá funcionar em imóvel de s de sua propriedade. Proferiu várias palestras em escolas, Câmaras de vereadores e faculdades sobre o modelo liberal-conservador, como paradigma para a sociedade acreana.

Fernando Lage juntamente comigo é um dos principais articuladores da candidatura ao Governo do Estado do Acre pelo PSL, sob a liderança do Coronel Ulysses, candidatura que, por si só, já representou grande avanço. Além da votação expressiva, no bojo da qual foi eleito um deputado estadual e um dos candidatos a deputado federal está entre os mais bem votados das eleições proporcionais.  Sem se falar, por outro lado, que o presidenciável Jair Bolsonaro, aqui teve uma das maiores votações, em percentual, do país.

Fernando Lage foi um dos articuladores de apoio,  junto ao empresariado local, da vitoriosa candidatura ao Senado,  do ex-deputado federal Márcio Bittar. E por quê o fez? Márcio Bittar foi um dos candidatos ao Senado da República pelo MDB que mais bem defendeu um projeto liberal conservador para o Estado. Projeto que o povo do Acre compreendeu, e deu a Márcio Bittar uma votação consagradora.  Na recepção ao presidenciável Jair Bolsonaro aqui no Estado do Acre, Fernando Lage teve papel decisivo no êxito da caravana Liberal Conservadora. Obteve do empresariado local apoio para acomodar e abrilhantar o grandioso evento. Foi um dos que na audiência dos empresários com Bolsonaro, entregou ao presidenciável parte da obra do Ex-Governador Francisco Wanderley Dantas, como exemplo, de governante comprometido com o agronegócio, a exportação e as ideias liberais. A sede regional do partido de Bolsonaro está instalada em imóvel de Fernando Lage.

Com a eleição do ilustre Senador Gladson Cameli, que já assumiu publicamente ser um dos defensores de uma sociedade aberta e de livre mercado, com ênfase para o Agronegócio, Fernando Lage se credencia como o empresário com os atributos necessários para, nesse período de transição, entre seus ilustres pares, ser o qualificado interlocutor como porta voz dos empresários no que diz respeito às suas reivindicações a serem apresentadas ao novo Governo do Estado do Acre. 

Por derradeiro, como membro de uma Igreja Evangélica e Líder da Rede de Empresários, uma das mais importantes do Estado (Igreja Batista do Bosque), e sendo um homem cristão e de família, Fernando Lage teve importante papel na articulação da candidatura de Bolsonaro nesse seguimento cristão, extremamente valorizado nas propostas de regeneração moral do país defendidas pelo Mito.

Brasil acima de Tudo e Deus acima de Todos!

* Valdir Perazzo é advogado

Escrito por  0 Comentário
Publicado em Blog
Avalie este item
(3 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Socialize