Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 02

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 02

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
23 Mar 2018
Marcia Bittar, Paulinho da Força, presidente nacional do Solidariedade, e Vanda Milani, nome do partido para a chapa de federal Marcia Bittar, Paulinho da Força, presidente nacional do Solidariedade, e Vanda Milani, nome do partido para a chapa de federal

Solidariedade divulga nota reafirmando apoio a Gladson Cameli

A executiva do Solidariedade, partido presidido no Acre pela professora Márcia Bittar, acaba de divulgar uma nota por meio da qual reafirma seu “total e irrestrito apoio” à pré-candidatura a governador do senador Gladson Cameli (PP). O documento segue reafirmando que o partido continua, também, compromissado com a candidatura de Marcio Bittar ao Senado, com a chapa de candidatos a deputado estadual sem a presença de pleiteantes com mandato, assim como a manutenção do nome da procuradora de Justiça Vanda Milani à disposição do chapão de federal da oposição. A nota é antecedida por elogios aos acontecimentos recentes no seio da oposição, por tudo isso fazer parte de processos absolutamente democráticos. Em outras palavras a executiva do partido deixa entender que na oposição as escolhas ocorrem em colegiados, enquanto em outras “alianças” as decisões são unilaterais e os nomes são, sempre, enfiados goela abaixo.

Escrito por  0 Comentário
Publicado em Evandro Cordeiro
Avalie este item
(2 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.