Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal
01 / 03

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03
O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
10 Fev 2018
Eliane Sinhasique, deputada estadual, sobre Marcus Alexandre: "Ele vai ter que ser penalizado se pagou advogados com dinheiro público" Eliane Sinhasique, deputada estadual, sobre Marcus Alexandre: "Ele vai ter que ser penalizado se pagou advogados com dinheiro público"

“Pagou advogados com dinheiro público tem que ser penalizado”, diz deputada sobre o prefeito Marcus Alexandre

A deputada estadual Eliane Sinhasique, do PMDB, inegavelmente uma das mais atuantes no campo da oposição, é a autora de duas das principais denúncias contra o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, do PT, réu em 40 processos por suposto desvio de dinheiro público, principalmente nas obras da BR-364. Na época da obra, dizem opositores, foram feitas sangrias para garantir reeleições de governadores no Acre e do presidente Lula. “Reinava a ideia da impunidade”, repete o deputado Luiz Gonzaga (PSDB), sempre que convidado a falar sobre o assunto. Em entrevista ao Blog do Evandro Cordeiro, a parlamentar Sinhasique dar mais detalhes das denúncias e sobre o que pensa em relação ao prefeito cujo nome é a esperança do PT de garantir mais quatro anos de poder. Veja a entrevista, sempre resumida, como de costume do Blog:

 

Blog - Deputada a senhora espera que suas denúncias contra o prefeito Marcus Alexandre, por este supostamente pagar advogados para defendê-lo no processo de desvio de dinheiro da BR-364 chegue aonde?

 

Eliane Sinhasique - A minha intenção é que o pagamento desses recursos, de quase um milhão de reais, seja investigado, apurado e, se comprovado a ilicitude, o responsável seja penalizado. Não podemos admitir que recursos para fazer ramais sejam utilizados para pagar advogados quando órgãos estaduais, como o Deracre, já tem advogados em seus quadros para defender os gestores de possíveis problemas judiciais. Além do mais, temos a Procuradoria Geral do Estado, a PGE, que também tem dezenas de procuradores que poderiam ter sido acionados para defender o então diretor do Deracre, Marcus Alexandre, em seus 40 processos! O Acre é um Estado "pobre". Não pode pagar duas vezes por serviços que já estão sendo pagos na folha de servidores.

 

Blog - Como a senhora descobriu tudo isso sobre o prefeito de Rio Branco, proclamado como bom moço e diferente do resto do PT?

 

Eliane Sinhasique - Está tudo no Diário Oficial. E não é porque está publicado que significa que seja legal ou moral.

 

Blog – A senhora não acha que isso pode atrapalhar sua reeleição? Ficar preocupada em fazer denúncias?

 

Eliane Sinhasique - Uma das funções dos deputados é fiscalizar. Estou cumprindo com o meu dever de representante do povo. Meu papel é evitar que os recursos públicos sejam mal utilizados ou, uma vez cometida a ilegalidade, provocar os órgãos de controle para tomar as providências cabíveis. Não vejo como isso pode afetar minha atuação parlamentar. O povo me elegeu para ficar atenta a qualquer desmando do governo ou de gestores. O povo não quer uma deputada muda, apática ou inerte.

 

Blog - Ele não foi denunciado pela senhora apenas no TCE não né?  Há uma outra denúncia?

 

Eliane Sinhasique - Fizemos duas denúncias em novembro do ano passado. No TCE e no MPF. Estamos esperando que esses órgãos façam apuração rigorosa e tome as providências cabíveis ao caso. Quase um milhão de reais daria para ajudar muitos produtores em ramais como da Castanheira e da Garça, na Transacreana, o ramal da Pitanga, no final do Calafate, ou ainda o Ramal Mendes Carlos, que há muitos anos está fechado para passagem de caminhões e ônibus.

Escrito por  0 Comentário
Publicado em Blog
Avalie este item
(2 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Socialize