Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal
01 / 03

Paulinho da Força reafirma compromisso com pré-candidatura de Vanda Milani a federal

O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03
O presidente do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, reafirmou agora há pouco, em Brasília, o compromisso do partido com a pré-candidatura da procuradora de
30 Dez 2017
Gladson com a mãe, dona Lina, a esposa, Ana Paula, e o filho Guilherme: 2018 será decisivo para ele Gladson com a mãe, dona Lina, a esposa, Ana Paula, e o filho Guilherme: 2018 será decisivo para ele

2017 fecha com 480 assassinatos no Acre e Gladson diz como vai enfrentar: “Com muito pulso”

O pré-candidato a governador do Acre pela oposição, senador Gladson Cameli (PP), disse que vai enfrentar os níveis de violências que atingiram o Estado “com muito pulso”. Caso vença o governo, Cameli terá que apresentar solução para problema que deixou, só em 2017, 480 cadáveres estendidos no chão. E ele adianta alguma coisa sobre isso: “Tai um setor que não pode ter política é o da segurança. Nós vamos enfrentar o crime tecnicamente, usando pessoas que são especialistas”.

O senador Gladson diz ainda enfrentar a violência é prevenir, investindo alto em educação e saúde, mas no caso de ter que ir para a repressão ai é hora, segundo ele, de agir com dureza, armando bem a polícia, dando as condições que o atual governo não dá. “Tem que investir mais em segurança do que em comunicação, tem que investir alto, porque o crime se organizou no Acre de uma forma tremenda”, diz ao Blog do Evandro Cordeiro.

Gladson falou ainda ao Blog, como uma das últimas entrevistas de 2017, sobre o que espera das eleições que se avizinham e, principalmente, de como espera a campanha, sempre composta de muita baixaria. “Da minha parte não terá baixaria. Não vou me ocupar com essas coisas, mas infelizmente a gente sabe que nas redes sociais as pessoas não tem limite. Mas fazer o que¿ O destino me colocou nessa situação então temos que enfrentar as adversidades”, disse. Gladson não quis fazer prognósticos, nem fazer críticas a adversários. “É hora de festa, de desejar o bem às pessoas, mesmo aos adversários”, concluiu.          

Escrito por  0 Comentário
Publicado em Blog
Avalie este item
(1 Votar)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Socialize