Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal
01 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
02 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
03 / 03

Henrique Afonso pode ajudar a cunhada na disputa para federal

O ex-deputado Henrique Afonso (PSDB) não ficará de fora da disputa política em 2018. Se não for candidato, o que é muito provável, vai ajudar
06 Dez 2017
Luiz Tchê e Emylson Farias: o importante foram os mais de cem mil votos alcançados pelo PDT na última eleição  Luiz Tchê e Emylson Farias: o importante foram os mais de cem mil votos alcançados pelo PDT na última eleição

Chapa do PT vai ficar “manca” com Emylson, diz membro do Governo

O nome do PDT para vice-governador na chapa do PT, secretário de Segurança Emylson Farias, vai deixar a chapa da Frente Popular “manca”, segundo um membro do próprio Governo. Pedindo sigilo ao nome, essa fonte do Blog prevê o seguinte: que Marcus Alexandre (PT) ganharia votos, o vice perderia, por causa do caos na segurança. Mas essa seria a idéia: esperar a chapa “manquejar” até o PDT ser “frito”, porque o ex-deputado Luiz Tchê, presidente dos pedetistas, andaria falando “grosso demais” dentro da FPA. Entre as lideranças eminentes da Frente apenas o governador Tião Viana (PT) estaria disposto a bancar o nome do vice.

Esse ressentimento com o PDT parte, principalmente, de partidos que já tiveram mais proximidade com o PT e que perderam espaço pelas votações minguadas nas últimas eleições. Estes grupos sonham com uma troca do vice. Acham que até abril o nome de Emylson poderá ser substituído. Será, então, a hora de chamar César Messias (PSB) ou a prefeita de Brasileia, Fernanda Assem (PT), para substituí-lo. O ex-deputado Luiz Tchê nem ai. Disse ao Blog que o que vale são os mais de cem mil votos do partido alcançados na última eleição.

Escrito por  1 Comentário
Publicado em Blog
Avalie este item
(2 votos)

1 Comentário

  • Link do comentário Edson Amorim postado por Edson Amorim Quarta, 06 Dezembro 2017 12:36

    Volto a bater na mesma tecla sobre a a importância do peso do nome do vice-prefeito, o qual frequentemente é escolhido para render uma votação mais expressiva para a chapa. Por isso, nomes com base eleitoral forte são sempre escolhidos, na esperança de que consigam transferir alguns votos adicionais para a candidatura.
    Ele(a) pode também trazer votos de bases eleitorais em que o titular não é capaz de alcançar uma boa votação. Dessa forma, ele pode ser um bom complemento à votação do titular. O que o PDT tem a oferecer com esse nome, ou a pergunta seria... O que o Tchê tem na manga para pressionar essa candidatura?

    Relatar

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

BANNER PP P

Socialize