Itens filtrados por data: Outubro 2018

O elevador do Fórum Barão do Rio Branco, localizado no centro da cidade de Rio Branco, quase nunca funciona. A reclamação está sendo feita por internautas e até advogados. Como ninguém da imprensa – ou quase ninguém – tem coragem de criticar o Judiciário, a denúncia tem passado em branco. Ontem à noite, no entanto, um desses reclamantes enviou inclusive o contrato do Poder Judiciário com uma empresa que garante manutenção de elevadores, ainda em vigência, como prova de que alguém está quebrando as regras, em razão de uma das partes não está cumprindo o acordo. Enquanto isso, as pessoas que se utilizam daquele órgão da Justiça se exercitam nas escadas, inclusive pessoas idosas.

Publicado em Blog

O senador eleito Marcio Bittar (MDB) elogiou neste sábado as escolhas do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para seu ministério. Nenhum dos nomes escapa ao elogio, mas um deles Bittar faz questão de destacar, a escolha de Sérgio Moro. “Essa era tudo o que o país esperava”, diz Bittar, um experiente parlamentar sempre eleito no Acre com grandes votações.

Para Marcio Bittar, que apoiou Bolsonaro, o novo ministro da Fazenda, Paulo Guedes, vai colocar o Brasil nos trilhos, Sérgio Moro vai bombar o combate a corrupção e o astronauta Marcos Pontes é apenas uma amostra de como Bolsonaro irá investir em tecnologia. “O Brasil está satisfeito com as escolhas”, afirma o senador, que passou a semana em Brasília organizando pormenores de quem vai assumir um mandato no início do ano que vem.

Publicado em Blog

A presidência da Câmara Municipal de Rio Branco, para o biênio 2019-2020, está sendo disputada como nunca nos bastidores. O substituto do atual presidente, Manuel Marcos (PRB), que virou deputado federal, sairá de composição que pode ter desde os principais vereadores de oposição até alguns da Frente Popular. É que ninguém – ou quase ninguém – quer o PT na presidência. Dizem que até mesmo na prefeitura da capital haveria essa indisposição. Não adiantou o vereador Antônio Morais (PT), acompanhado de seu padrinho político, o deputado estadual Jonas Lima, ir pedir a benção do governador Tião Viana (PT). O efeito da visita deles ao governador foi o mesmo do chá de cidreira para o câncer: nenhum. A disputa vai até dezembro, quando eles precisam fazer a eleição. Um vereador da própria FPA disse ao Blog do Evandro Cordeiro que “todo mundo pode ser presidente”, menos um parlamentar do PT. Metade dos votos da oposição ele garante que já tem.  

Publicado em Blog

O restaurante República do Líbano, localizado na cabeceira da ponte metálica, antigo mercado dos Colonos, serve feijoada daqui a pouco, já famosa pelo sabor. logo em seguida, pagode ao vivo. Imperdível!

Publicado em Blog

O presidente da Juventude do PSB, Thiago Elias, disputou as eleições dessa ano para deputado estadual e pela estrutura que dispôs foi um herói ao conquistar alguma coisa perto de 300 votos. Como em um diário de campanha ele conta aos leitores do Blog do Evandro Cordeiro como se virou atrás de eleitores sem um centavo no bolso. Lembrando que o partido dele é o mesmo da prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, e do deputado federal César Messias. Veja o que ele escreve:

“Quando houve o convite do partido no meio do ano de 2017, não pensei 2x e como um bom soldado do PSB, fui pra luta. Me apaguei a familiares, amigos, igreja e companheiros de futebol, para tentar almejar uma cadeira na ALEAC. Fiz uma pré campanha linda, onde as pessoas se impressionavam com a minha juventude e coragem de ser candidato. Com muita humildade, conversei com as pessoas de casa em casa, panfletei na rua e com nenhum recurso, apenas um estagiário, consegui 258 votos, onde 40 foram no interior do estado. A experiência foi linda, pois vi de perto e senti na pele o problema das pessoas, problemas esses que o poder público tinha capacidade sim de resolver, mas nossos parlamentares tem que sair do gabinete e ver o problema de perto. Eu estava e estou preparado ainda para ser deputado estadual, e espero um dia chegar lá da forma certa: dialogando, com propostas e sem comprar voto. Meus principais assessores foram meus pais e minha equipe de campanha foram meus primos e amigos que acreditaram no projeto. Hoje, volto a presidência da Juventude do PSB, e aguardo com muita humildade, o decorrer da conjuntura política”.

Publicado em Blog

 

O prefeito de Porto Acre, Bené Damasceno (PROS), e seu vice, Augusto Aquino (PP), não conseguiram se entender, ainda, quase dois anos depois de eleitos. Há várias razões, principalmente de incompatibilidade de pensamento político, mas uma é mais curiosa: o vice nunca assume quando o titular viaja, mesmo a Lei Orgânica do Município assegurando em seu artigo 53 que esta seria automática. Pior: ninguém bota fé que a relação vá melhorar, porque Bené não abre mão de continuar na Frente Popular, mesmo com a sua provável extinção, depois da derrota fragorosa do último dia 7 de outubro, e o vice é oposição há mais de ano, quando deixou o PV, por onde se elegeu, e se filiou no PP, partido do governador eleito Gladson Cameli. Se a briga entre os dois, que certamente não é briga de duas lombrigas, e sim de cachorro grande, não atrapalhar o progresso do município, ninguém vai se incomodar.

Publicado em Blog

A assistente social Claire Cameli assumiu na tarde desta quarta-feira, 31, a presidência do PP Mulher, lugar importante pela razão mais elementar: esse é o partido do governador eleito, Gladson Cameli (PP), que tem uma meta política a ser alcançada envolvendo o gênero. Claire terá como vice a professora Gizelda Silveira. O nome dela foi uma escolha perto de unânime, mas teve a aprovação de ninguém menos que o presidente do partido, deputado estadual eleito, José Bestene. “Agradeço muito ao deputado Bestene por confiar tão importante tarefa a mim”, disse ela ao Blog do Evandro Cordeiro.

Publicado em Blog

O deputado federal Alan Rick (DEM) tem predicados de sobra para ter se reelegido da forma como aconteceu, com muitos votos. Mas tem detalhes nos bastidores que poucas pessoas conhecem e poucos políticos tem: uma esposa que aprendeu rápido a gerenciar campanha política e que se relaciona tão bem com o eleitor quanto ele. Professora de Educação Física, pastora evangélica, Michele Miranda é a cara que assumiu esse papel. Ela organzia quase tudo na vida do marido e na campanha é a gerente geral. Ele fica livre só para falar. Ela, claro, se cerca de ótimos assessores para obter sucesso. Michele admite que só não escolhe roupa, perfume, comida e as falas do parlamentar. Alan é vaidoso - e isso é sabido desde os tempos em que apresentava programa de televisão. É o próprio que estabelece a aparência e suas falas tanto sobre poilítica quanto quando vai falar sobre o evangelho. Conheço poucos políticos cujas mulheres são igualmente ativas. Pelo sobrenome dá para saber quem são os abençoados: Márcia Bittar, Fátima Bestene e Marfisa Galvão “Petecão”.

Publicado em Blog

As indenizações dos servidores que estão sendo desligados de cargos comissionados não deverão ser pagas pelo governador Tião Viana (PT) por uma razão apenas: não tem dinheiro. Os valores, que são legais, deverão entrar numa pasta da contabilidade chamada restos a pagar. Ou seja: o próximo governador, Gladson Cameli (PP), é quem vai herdar a confusão, porque quem trabalhou vai querer receber, mesmo que o “trabalho” fosse uma mamata uma vez que alguns nem compareciam aos órgãos para prestar serviço, caso de um padre denunciado ontem.

Publicado em Blog

O servidor, que pediu para não ter o nome citado, contou em detalhes como professores e alunos são vigiados e como se dão, nos bastidores, as brigas entre departamentos. Veja o que ele escreveu: “Na FAAO tem o chefe dos vigias chamado Nunes. Ele é responsável pra anotar o nome dos funcionários e alunos e repassar direto ao diretor. Depois o mesmo repassa aos coordenadores de curso. Esse "espião" anota: - Professor que chega atrasado; que deixa luz da sala ligada; culpa o professor por deixar os alunos entrarem com seus filhos em sala; proíbe fazer aniversário ou comemorações em sala e faz professor sofrer advertência. Alunos que ficam nos corredores também são penalizados, professor que libera aluno cedo e etc...

São vários os constrangimentos.

E tem algo gravíssimo: Professores e demais funcionários batem ponto, enquanto coordenador não. Outra coisa, denúncia exclusiva pra vc: Administradora do curso de Administração é funcionária fantasma do Governo, ela é de carreira da Secretaria de Educação, mas exercia cargo na SEHAB.

Mas ela é professora ativa em sala de aula da FAAO e ao mesmo tempo coordenadora do curso lá, ligada ao grupo do Daniel Zen e do Aníbal Diniz.

Fazia reuniões as escondidas pro PT em sala de aula e sala ambiente sem a anuência do dono, que mora em Manaus. Ele nunca soube. Se souber ela será demitida. Ele detesta o PT. Foi perseguido ainda na construção do prédio. Prenderam, na Tucandeira, centenas de ar condicionados. Queriam impor a arquiteta Marlúcia, mulher do Tião, para assinar a arquitetura da obra.

Ah, o nome da funcionária fantasma: Ângela Maria Bessa Fleming.

Existem "duas direções" na Faculdade, dois Grupos que disputam poder:

Curso de Direito, liderado por Cícero Sabino e Ângela Bessa, do curso de Administração.

Detalhe, que é uma VERGONHA pra instituição: essa é louca...

A Diretora Geral que administra a Faculdade é formada em Contabilidade”.

O Blog do Evandro Cordeiro repete: fica aqui o espaço para a direção da faculdade repor sua “verdade”.

Publicado em Blog
Página 9 de 9