20 SP_FEVEREIRO 2018

O Acre precisa, urgente, reorganizar seu setor produtivo para voltar a ser competitivo no agronegócio, como foi nos anos 1970 e 1980, até a esquerda chegar no poder. A opinião é do empresário Fernando Lage, pré-candidato a senador, conhecido por ter sido, até cerca de 15 anos, um dos maiores empregadores do Estado. Ele foi dono de várias empresas, entre elas as mais conhecidas da época no ramo da vigilância e transporte de valores.

Fernando Lage chegou no Acre no melhor momento econômico, quando o Governo Federal incentivou criadores de gado a investir na região, na década de 1970. “As melhores linhagens de gado nelore foram escolhidas para o povoamento das pastagens que surgiram naquelas décadas”, diz ele.      

O resultado do investimento veio a galope, segundo Lage. “Em poucos anos nos transformamos em produtores e exportadores dos melhores cortes bovinos, com elevado valor agregado para nossa carne bovina e derivados, além de auto suficientes em produção e exportação dos derivados da madeira”, afirma.

A chegada do PT e o “retrógrado” pensamento da esquerda detonou a economia do Estado, que ainda sobrevive graças a empréstimos feitos juntos a bancos internacionais, que estão praticamente inviabilizando o Estado para o futuro. Pior: parte desse dinheiro tem sido usado para a folha de pagamento. Nem mesmo a manteiga acreana, eleita uma das melhores do mundo nos anos 1980, o Acre produz mais, segundo o empresário.  

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_FEVEREIRO 2018

O site de notícias Folha do Acre lançou, na última terça-feira (23), enquete pelas redes sociais para averiguar, entre os transeuntes da web, qual a preferência para a escolha dos dois senadores que representarão o Acre nos próximos 8 anos, em Brasília. Para surpresa de alguns o empresário Fernando Lage, líder do Instituto do Liberalismo, e ainda sem partido, apareceu folgado. A própria editora do site, minha colega jornalista Gina Menezes, avisou que o resultado não tem valor científico. Todavia, não deixa de ser uma amostragem de um pouco daquilo que o eleitor está matutando em sua cuca.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_FEVEREIRO 2018

O senador Sérgio Petecão divulgou uma nota esta manhã desmentindo que tenha recebido 1 milhão de reais do empresário Fernando Lage para a sua campanha ao Senado, em 2010. Ao Blog o senador já disse, inclusive, que nunca viu esse valor. Veja a nota na íntegra:

NOTA

O senador Sérgio Petecão- PSD/ Acre, vem de público contestar e afirmar que são inverídicas, as informações desastrosas veiculadas, em vários grupos sociais, num áudio de autoria do senhor Marcio Bittar, que de forma espetaculosa, diz que recebi 1 Milhão de Reais, doado pelo senhor e empresário, Fernando Laje, na campanha eleitoral de 2010.

É do conhecimento da população acreana, que na minha trajetória política, e principalmente nas minhas campanhas eleitorais, foram sempre realizadas com muitas dificuldades e dentro das minhas condições financeiras e doações partidárias, conforme registro oficial das minhas prestações de contas, aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Portanto, reafirmo enfaticamente, que NÃO procedem, tais informações.

Brasília, 23 de Janeiro de 2018.

Sérgio Petecão - PSD.

Senador

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_FEVEREIRO 2018

O empresário Gerson Araújo, diretor de economia popular da Associação Comercial do Acre (Acisa), disputa as eleições deste ano pleiteando uma cadeira na Assembleia Legislativa. Ele ainda não tem partido, mas tem um parceiro de disputa em quem vai “grudar”, o pré-candidato a senador Fernando Lage, entusiasta do Instituto Liberal. Ativo em movimentos populares, principalmente os relacionados ao mundo gospel, Gerson lançará na rua uma candidatura competitiva, por vários aspectos, um deles o fato de repsentante dos pequenos empresários. “Sou seguidor do liberalismo econômico e da livre iniciativa”, diz ele, para explicar sua aproximação com o empresário Lage. Gerson tem uma revendedora de carros e é parceiro no escritório de arquitetura da esposa, Karine Geber.           

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_FEVEREIRO 2018

Pouca gente sabe que donos de padarias e de cerâmicas no Acre precisam importar lenha do Estado de Rondônia para usar em seus fornos e fazendeiros precisam comprar estacas também dos vizinhos. Mas é fato. Há dados, inclusive, nos postos de contenção do fisco estadual. O empresário Fernando Lage sabe o que significa isso. “É fruto da política de esquerda que serve a ONGs internacionais e com isso engessam a economia do Acre, deixando o Estado preso a economia do cheque-salário, mantendo as pessoas presas pelo beiço, politicamente”, afirma Lage.

Fernando Lage lidera um grupo de empresários que faz campanha em favor de um modelo econômico que deu certo em países de primeiro mundo, o liberalismo econômico, por meio do qual a economia é “entregue” a quem sabe fazer economia, aos empresários. “Quando o governo intervêm em tudo, como faz o PT, a economia fica igual a nossa, atada, em que ninguém cresce”, critica o empresário, que deverá colocar seu projeto de liberalismo econômico à prova nas urnas, na eleição deste ano. Lage deverá disputar as eleições para senador em um grupo onde estão Democratas, Patriotas e Livres.

Enquanto o acre patina na economia do contracheque, deixando o povo preso politicamente ao PT, com todo mundo sonhando em ter um “carguinho” no Governo ou na prefeitura da capital, onde o prefeito se rebola para acomodar inclusive “lideranças” comunitárias, preocupado com a disputa pelo Governo, Rondônia terminou 2017 como a décima economia do País. O vizinho é o destaque do Norte do Brasil, com um PIB que cresceu nada menos que 1,4% enquanto o Acre aparece com PIB negativo, - 0,3%, segundo dados divulgados pelo banco Santander. “São dados reais que nos deixa tristes, porque o nosso Estado se preocupa muito mais com a eleição do que com a próxima geração”, afirma Lage, que já foi um dos maiores empregadores do Acre.    

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard

BANNER PP P