20 SP_FEVEREIRO 2018

O deputado federal Alan Rick (DEM) disse agora há pouco ao Blog do Evandro Cordeiro que não conseguiu ainda “cair a ficha” sobre a chacina desta sexta-feira, 2, à noite, em que três adolescentes foram executados e outros quatro estão internados em estado grave, após invasão de criminosos numa festa de aniversário no bairro Novo Horizonte, em Rio Branco. “Estamos vivendo um momento de horror”, diz ele, que além de parlamentar é pastor evangélico.

Alan vai convidar toda a bancada federal do Acre para uma agenda no Ministério da Justiça em caráter de urgência para se criar uma alternativa que possa conter a onda de violência no Acre. Campeão de emendas para a segurança, para onde alocou mais de 5 milhões de forma individual, além de ter conseguido uma emenda de bancada de 45 milhões enquanto foi coordenador da bancada acreana, Alan acredita que é preciso buscar em Brasília algo mais que dinheiro: quem sabe o auxílio da Força Nacional ou uma intervenção federal de uma vez por todas. “Na terça-feira vou convidar os colegas para audiência no Ministério da Justiça”, informa.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_FEVEREIRO 2018

A reunião extraordinária convocada para esta sexta-feira, 26, à noite, no DEM, pelo deputado federal Alan Rick, terminou com a seguinte deliberação: haverá uma nova reunião, dia primeiro de fevereiro, para definir de uma vez por todas o apoio à candidatura do senador Gladson Cameli (PP) ao Governo do Acre. Mas previamente, o grupo presente ao encontro, com a ausência apenas do presidente Tião Bocalom, fica decidido que o melhor para o partido é seguir com a unidade das oposições. Uma nova data marcada para a decisão final é apenas um tempo dado para todos tentarem convencer Bocalom a aderir a ideia. Quanto ao nome de Alan para vice não será mais imposição da sigla, mas uma possibilidade de ser construído. “Vamos tentar construir de forma muito respeitosa e educada, até porque tem outros nomes”, diz o ex-candidato a prefeito de Xapuri, Ailson Mendonça.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_FEVEREIRO 2018

O deputado federal Alan Rick (DEM) foi, disparado, o político mais agredido nas redes sociais nas últimas horas. Ele é acusado de dar um “golpe” dentro de seu próprio partido, tomando a presidência de Tião Bocalom, para apoiar a candidatura de Gladson Cameli (PP) ao Governo do Acre, enquanto Bocalom patrocina uma candidatura alternativa. “Isso é ridículo, uma acusação dessas, porque os partidos tem suas configurações políticas, seus interesses nacionais e locais, portanto independente de ser eu na presidência o DEM iria se comportar da maneira que está se comportando”, afirmou ao Blog do Evandro Cordeiro. Quanto a pancadaria que tem sofrido nas redes sociais, Alan não tem dúvidas sobre a autoria e patrocínio: “É patrocinada pelo PT". E disse mais: "Toda decisão partidária precisa de consenso interno. Essa candidatura alternativa não tem consenso dentro do DEM. Nunca dei nenhuma declaração de que iria ‘tomar’ o partido. Estou em consonância com a Executiva Nacional do DEM. Esses ataques patrocinados pelo PT mostram de que lado estão algumas pessoas”, disse mais o parlamentar ao Blog agora há pouco.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_FEVEREIRO 2018

Alan Rick Miranda, um dos jornalistas e apresentadores de televisão mais queridos do Acre, conquistou outro título importante, depois de se eleger deputado federal, em 2014, o de “deputado da família”. E ele se orgulha muito disso. “Eu brigo em favor de algo que Deus tem por precioso”, afirma. Mas essa não é a única bandeira dele. Alan expõe uma lista de feitos em Brasília para convencer seus eleitores de que é um incansável na luta por outras coisas boas para o seu Estado, entre as quais está a faculdade de medicina para Cruzeiro do Sul. Em entrevista ao Blog do Evandro Cordeiro, ele fala sobre este e outros assuntos. Veja:

  

Blog – Deputado, 2017 foi um ano movimentado para o senhor: mudou de partido (deixou o PRB e se filiou no DEM), foi cotado para ser vice do pré-candidato a governador senador Gladson Cameli (PP), depois foi para uma frente alternativa com outro candidato a governador. Por fim, toda essa movimentação foi positiva ou o senhor termina o ano desgastado?

  

Alan Rick - 2017 foi um ano muito positivo. Primeiro pelo nosso trabalho parlamentar.

Conseguimos alterar uma lei federal, numa conquista histórica para o povo do Acre: a Lei do Programa Mais Médicos.

Hoje, os acreanos e demais brasileiros que se formam em medicina no exterior são prioridade no programa, graças a nossa luta vitoriosa.

Também conseguimos a autorização do curso de medicina para Cruzeiro do Sul.

Milhares de municípios disputam o sonho de levar um curso de medicina para sua comunidade. Isso traz uma série de benefícios. Desde médicos residentes que vão trabalhar nas unidades de saúde atendendo gratuitamente a população até investimentos gerais em toda a cidade. É uma vitória maiúscula.

Também conseguimos liberar junto ao FNDE dezenas de escolas, quadras e creches para nossos municípios. É estou falando apenas de investimentos extra emendas. Se for falar das minhas emendas individuais não teria espaço aqui.

 

Blog – Falei com o deputado e pastor Marco Feliciano (PSD-SP) e ele disse que o senhor é uma revelação em Brasília, como deputado da bancada da família. Isso lhe ajuda na eleição de 2018?

 

Alan Rick - Este ano conseguimos barrar a ideologia de gênero na BNCC, a Base Nacional Comum Curricular que é o arcabouço geral do que será ministrado nas salas de aula para nossas crianças e adolescentes.

O povo brasileiro e acreano é cristão em sua imensa maioria e não aceita doutrinação de gênero em sala de aula.

Também conseguimos aprovar o texto da PEC 181/16 que estabelece a defesa da vida desde sua concepção.

Essa PEC, além de garantir maior apoio às mães de bebês prematuros também breca a tentativa de PSOL, PT e PCdoB de aprovar no STF a ADPF 442 que almeja a liberação generalizada do aborto no Brasil.

Uma afronta aos princípios basilares da vida previstos na Constituição Federal e na Convenção Americana de Direitos Humanos.

 

Blog – O senhor continua votando contra o Governo Temer (PMDB). Que proveito isso terá na sua tentativa de se reeleger em 2018? Pelo que se sabe o senhor fez foi perder os cargos federais que tinha...

 

Alan Rick - Quando fui eleito fiz um compromisso com meus eleitores de defender e lutar até o fim por uma política séria. Combater a corrupção, buscar soluções para os graves problemas do Brasil e do Acre.

Jamais vou desapontar meus eleitores e todos que sonham com uma política diferente do que está aí.

Um sistema apodrecido onde quem vota contra o povo se beneficia.

Votarei sempre a favor de todas as denúncias. Doa a quem doer.

Embora o governo Temer esteja sendo infinitamente melhor do que os governos do PT, ele deve ser investigado do mesmo modo que Dilma foi.

Não podemos ter dois pesos e duas medidas.

Não me conduzo por favores ou cargos. Sempre buscarei o melhor para o Acre e o Brasil.

 

Blog – Tem uma mensagem específica do Alan Rick para esse final de ano?

 

Alan Rick - Minha mensagem é a que Cristo deixou para o povo quando lhe questionavam sobre os falsos profetas:

"Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores.

Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas?

Semelhantemente, toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins."

Mateus 7:15-17

Os cidadãos de bem e o povo cristão precisam olhar o todo. Analisar os frutos de cada um.

As árvores boas sempre produzirão bons frutos.

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard
20 SP_FEVEREIRO 2018

O deputado federal Alan Rick (DEM) aparece entre os 68 melhores parlamentares de todo o Brasil, segundo avaliação do site http://politicos.org.br/. Entre os requisitos estão a presença em sessões, participação em comissões, não responder a processos e utilizar o mínimo possível os privilégios disponíveis para o mandato.

Pelo telefone o deputado agradeceu a Deus por estar em primeiro na lista entre os parlamentares acreanos e diz que continuará sua luta pela moral e família, bandeiras que assumiu desde o primeiro dia de mandato. Alan deverá disputar a reeleição em 2018.  

Publicado em Blog

Informações adicionais

  • Post type Standard

BANNER PP P