Itens filtrados por data: Janeiro 2018

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, do PT, mandou sua base na Câmara de Vereadores barrar a proposta do vereador Roberto Duarte Júnior (PMDB) de levar à casa o empresário Jarbas Soster. Ele é um dos principais credores do programa Ruas do Povo e já acenou que vai contar “tudo” o que sabe sobre a relação do Governo com os empresários durante a execução dos serviços. O Ruas do Povo chegou a falir empresário de alto quilate. Um deles decidia sexta-feira de manhã que dormiria em París, na França, e voltava a trabalhar em Rio Branco na terça-feira seguinte, tal era seu poder aquisitivo. Hoje esse mesmo empresário está disputando obra de 200 mil reais em prefeituras do interior do Acre. A chance de aparecer a verdade acabou sendo barrada ontem pelo prefeito da capital, diretamente interessado, porque o Ruas do Povo foi fundamental na sua reeleição. A base dele deu de 6 x 5 na oposição.     

Publicado em Blog

O Acre é o campeão, disparado, entre os estados da Região Norte, em analfabetismo. Só é ameaçado de longe, pelo Tocantins, Estado onde ao menos um ex-governador foi preso. A novidade na informação, que é do IBGE, está nas campanhas publicitárias feitas pelos governos petistas, no poder há 20 anos, que anunciavam uma educação de primeiro mundo aos acreanos. Certa vez os irmãos Viana (Jorge e Tião) garantiram que, com eles e o partido deles no poder (o PT), o Acre zeraria as taxas de analfabetismo. Por enquanto ainda está bem acima de zero.

Publicado em Blog

José Afonso, que disputou a eleição de 2016 pelo PMB, suplente do vereador José Carlos dos Santos Lima, o camelô Juruna (eleito pelo PSL), desistiu de ficar “abicorando” a cadeira do titular, todo enrolado na Justiça e que já chegou a ser preso, para cuidar de sua eleição a deputado estadual. Afonso assumiria numa eventual perda do mandato de Juruna, mas essa chance é quase zero porque o vereador conseguiu na Justiça o que todos esperavam: o direito de responder pelo crime em liberdade e com isso vai terminar seu mandato em paz. Com isso, o jeito para Afonso foi voltar para seu velho PSDC e iniciar sua nova caminhada rumo a Assembleia Legislativa. Afonso tem um trunfo que poucos concorrentes da mesma cadeira tem: ele lidera um grupo de terceirizadas no Acre.        

Publicado em Blog

O empresário Jarbas Soster, um dos maiores credores do Estado na atualidade, disse ao Blog do Evandro Cordeiro que vai contar as “histórias” do Ruas do Povo onde for chamado. A primeira ida dele deve ser na Câmara Municipal de Rio Branco, onde o vereador Roberto Duarte Júnior (PMDB) tenta aprovar sua convocação. O problema é que a bancada do prefeito é maioria absoluta. Na Assembleia Legislativa quem faz a tentativa de leva-lo é a deputada “cricri” Eliane Sinhasique (PMDB).

Caso Sinhasique e Duarte consigam aprovar o “convite” ao empresário, uma coisa pode ser dada como certa: muita coisa escabrosa sobro o Ruas do Povo, programa do Governo usado pelo prefeito Marcus Alexandre (PT) para garantir sua reeleição, e para garantir a reeleição do próprio Tião Viana, ambos do PT, virá à tona. Muita gente vai se surpreender, mesmo já estando sabendo de muita coisa ruim. Aperreei o Jarbas Soster para ele adiantar alguma coisa. Ele me ignorou. Só falará no plenário de uma das casas legislativas – “ou das duas”.

Minha nossa!   

Publicado em Blog

O senador Sérgio Petecão (PSD) disse que ao invés de ficar fazendo piadinha sobre quem estava onde nas férias, quando ele mesmo estava em viagem, o governador Tião Viana (PT) deveria se preocupar com as famílias que estão perdendo seus entes queridos na guerra do tráfico no Acre. “As cabeças estão rolando e ele vem colocar culpa no Governo Federal e ainda fazer piadinha para atingir o Gladson, isso é brincadeira. O povo espera uma solução dele – e rápido. Que ele seja ao menos humilde e peça a ajuda da Força Nacional”, diz o senador.

Sobre quem estava onde no recesso, Petecão diz que não há o que discutir com ninguém. "As pessoas tem direito de ir e vir. Acho isso uma babaquice", afirma. O próprio Petecão diz que aproveitou o mês e pouco de férias do Congresso Nacional para fazer o que faz há 20 anos no Acre, visitar o interior. “Fui só em 22 municípios esses dias, batendo um meruim na beira desses rios velhos do Acre. E ele, onde estava¿”, questiona Petecão. Para o senador, todo acreano sabe de quem é a culpa por tamanha violência. “O PT está há 20 anos no poder e ai, de quem é a culpa pela violência¿”, pergunta.      

Publicado em Blog

O ex-deputado estadual Luiz Tchê, presidente do PDT e patrocinador da chapa número 2, que disputa nesta sexta-feira, 9, a presidência da Umarb, e em cuja cabeça da chapa está a líder do Vale do Açai, Dje Cavalcante, vai levar uma surra nas urnas. A previsão é do presidente do PHS, outro partido da Frente Popular, Manoel Roque, que apoia a chapa 1, liderada pelo presidente do bairro Seis de Agosto, Oséias Silva. “Nós somos doutores nessa disputa”, avisa Roque, um dos dirigentes mais gabaritados em bastidores que se tem conhecimento na atualidade. Pelo menos 70 presidente de bairro estão aptos a votar amanhã para escolher a nova diretoria da entidade sindical mais importante para quem quer estar perto do prefeito da cidade.

Apoiada pelo atual presidente da Umarb, Gilson Albuquerque, Oséias silva, Marcão da Vila Nova e outros membros gozavam ontem do desespero do Tchê e do diretor do Deracre, Cristóvam Messias, que segundo eles tentam eleger uma “estranha no movimento comunitário”.     

Publicado em Blog

Nem mesmo os diretamente interessados no assunto, o senador Gladson Cameli (PP) e o ex-deputado federal Marcio Bittar (PMDB), quiseram comentar o que chamaram “asneira” e “aluagem” do deputado Daniel Zeen (PT), líder do Governo, que denunciou os dois no Ministério Público Estadual com base nas gravações em que bittar tece comentários sobre o senador. “Esse rapaz tem coisa séria para fazer, que é defender esse Governo deles ai, todo enrolado, ai vem com uma bobagem dessa. Nem quero saber desse assunto”, respondeu um deles. O parlamentar quer que o MPE investigue as gravações por “vê crime eleitoral nas falas de Bittar”.  

Zeen é aquele deputado que ficou conhecido por defender a descriminalização da maconha, mesmo em tempos de execuções no Acre todos os dias, exatamente por causa da erva daninha, a marihuana, a canabis.  

Publicado em Blog

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, do PT, acaba de ser “citado” pelo Tribunal de Contas do Estado por supostamente pagar com dinheiro público os advogados que o defendem no processo das denúncias de desvios de recursos públicos na obra da BR-364. O processo, de número 24.227.2017-90, foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, 7, podendo ser encontrado no endereço eletrônico http://app.tce.ac.gov.br/portaldogestor. Mais curioso: o conselheiro que mandou citar o prefeito é a ex-deputada estadual Naluh Gouveia, que também era do PT, mas nunca compactuou com “coisas erradas” dos governos de seu partido, mesmo quando era parlamentar.  Veja a íntegra do processo:

“Processo nº : 24.227.2017-90 (apenso aos Autos nº24.205.2017-90)Classe/Tipo de Processo : Denúncia Unidade Gestora : DERACRE Responsável : Marcus Alexandre Medici Aguiar Viana da Silva Relatora : Cons.ª Naluh Maria Lima Gouveia Assunto/Objeto: Denúncia sobre suposta contratação de escritórios de advocacia com recursos públicos para defesa dos membros da Diretoria do DERACRE, período2010/2015. CITAÇÃO Finalidade : De ordem da Conselheira Relatora, CITAR o Sr. Marcus Alexandre Medici Aguiar Viana da Silva, na qualidade de gestor responsável do referido processo, para, querendo, no prazo de 15 (quinze) dias, contados a partir do seu recebimento, apresentar defesa, documentos e/ou quaisquer outros esclarecimentos que julgar pertinente no que diz respeito às irregularidades/falhasapontadas às fls. 02/07.Observação : A Denúncia mencionada neste expediente está disponibilizada no endereço eletrônico http://app.tce.ac.gov.br/portaldogestor, cujo acesso deve ser feito com usuário e senha regularmente utilizados para acesso aos Sistemas deste Tribunal de Contas, bem como nos autos físicos que estão na Secretaria das Sessões do Tribunal de Contas do Acre para vista, consultas e eventuais cópias.Advertência : Não sendo oferecida defesa, a parte citada sujeitar-se-á aos efeitos da revelia nos termos do artigo48, §3º, da LCE nº 38/93.Sede do Tribunal : Avenida Ceará, n º 2.994, Bairro 7 ºBEC, CEP: 69.918-111, nesta Capital. Telefone: (68)3025-2020. Citação expedida e subscrita por ordem da Conselheira Relatora, nos termos do Despacho de fl. 108 (do Processo de nº 24.205.2017-90) que estes Autos estão apensos.Rio Branco, 06 de fevereiro de 2018.João Manoel de Souza Mendes Secretário das Sessões”.

Publicado em Blog

O ex-deputado federal Marcio Bittar, pré-candidato a senador pelo PMDB, disse agora a pouco ao Blog que o senador Jorge Viana (PT) teve a “cara de pau” de colocar culpa no atual Governo pelo alto índice de violência no Brasil e pelo banho de sanguie que a bandidagem derrama no Acre. Viana disse no plenário do Senado que “essa violência aumentou depois do golpe” e provocou Bittar, que chamou o parlamentar para o debate ao acusá-lo de “passar a mão sobre a cabeça de criminoso”, uma premissa da esquerda no mundo todo.

“O PT do Jorge Viana destruiu o Acre, que já foi celeiro da produção da borracha, castanha e gado. Só um choque de capitalismo e agronegócio pode salvar o Estado da pobreza e da violência generalizada”, sugere. Para Bittar, é “muito cinismo de quem tem tudo a ver com a política que levou o Pais a esse caos” e quer colocar culpa num Govenro que sentou na cadeira ainda. Bittar acrescenta que “aqui no Acre a política da florestania levou 41% da população acreana ao Bolsa-Família. Isso é responsabilidade do Jorge Viana, que começou tudo isso junto com o PT. Porque ter esse monte de gente no Bolsa-Família é sinal de fracasso do Estado”.

Publicado em Blog

A tropa de choque do Governo partiu para o ataque ao senador Gladson Cameli (PP) na imprensa e nas redes sociais nesta terça-feira, 6, depois de ele dar entrevista reclamando das agressões que tem sido vítima por ser favorito na disputa pelo Palácio Rio Branco. A reação foi decorrência de entrevista que ele concedeu a esse blog (http://evandrocordeiro.com/item/1237-quero-estar-longe-e-de-confusao-meu-objetivo-e-ser-governador-do-acre-diz-gladson-sobre-fofocas-do-jurua), depois do retorno aos trabalhos no Senado, para falar sobre o parlamento e sobre as eleições desse ano. Foi suficiente para a reação vir a galope. “Pior é que distorceram tudo o que eu disse no teu Blog só para me agredir, gratuitamente”, diz o senador, que mesmo assim não se importa. “Quando decidi ser candidato ao Governo já sabia que o PT tem esse costume contra os adversários”, afirma.

O pré-candidato a governador das oposições assegura saber as razões de tanto desespero, principalmente nos últimos dez dias. “São os últimos números de pesquisas internas. Eles se desesperaram quando tomaram conhecimento”, diz. De fato, nos últimos dias o ninho petista virou um serpentário. Além do encontro para discutir as estratégias para as eleições, no último final de semana, a Frente Popular tratou de intensificar os ataques pelas redes sociais e pela imprensa. “Repare que eles nunca mais publicaram uma pesquisa”, diz o senador.

Nas reportagens desta terça-feira, com objetivo de atingir o senador da oposição, chegaram a escrever que ele “falando Miami, nos Estados Unidos”, mesmo Gladson estando em Brasília. Gladson reagiu com certo humor, ao afirmar que isso não o preocupa, embora considere rasteira a atitude. “Se eu estivesse em Miami qual é o problema¿ Minha família tem apartamento lá. E quando vou pago minhas despesas. Diferente de quem foi passear na Europa às custas do dinheiro do povo do Acre. Não preciso nem falar mais nada”, finaliza.            

Publicado em Blog

BANNER PP P