Itens filtrados por data: Janeiro 2018

O deputado estadual Heitor Júnior (PDT) reuniu a equipe no feriado de carnaval e visitou 18 municípios, levando testes rápido das hepatites e outras doenças sexualmente transmissíveis. O parlamentar continua assustado com os números das doenças. Na viagem muitas pessoas que se tratam do fígado ou fizeram transplantes foram visitadas. “Dedicamos o feriado a essas pessoas porque a doença não escolhe. Elas precisam de remédio, mas precisam muito mais de carinho”, afirmou o deputado agora há pouco ao Blog do Evandro Cordeiro.   

Publicado em Blog

Em reunião a portas fechadas com o vice-presidente do PSDC, Emerson Feitoza, o empresário e porta voz das empresas terceirizadas, Fagner Calegario, foi convidado para integrar a legenda do partido. “Nós sabemos do trabalho que o Calegário vem fazendo junto aos Terceirizado e é de interesse do partido ter um jovem honesto e com boas idéias, nos enxergamos nele a mudança que a sociedade vem clamando”, disse Feitoza. Calegario disse ao Blog que já deu sua palavra ao PV, o que é raro no meio político, “mas que realmente o PSDC tem demonstrado muito interesse em levar o nosso passe”, disse o porta-voz, com um sorriso. Elogiou o dirigente do PSDC, de quem é amigo pessoal. “O Emerson é um dos idealizadores desse movimento que envolve todos os trabalhadores terceirizados e eu acho muito natural que ele nos queira por perto”, afirmou. Calegario confirmou ao Blog ainda que tem convite do PSB, partido da futura prefeita da capital, Socorro Neri. “É o que podemos afirmar é que enquanto não chegar o dia 7 de abril, algumas peças que parecem estar definidas podem mudar”, finalizou.

Publicado em Blog

O ex-deputado estadual Luisinho Assem, que é também ex-prefeito do município de Epitaciolândia, declarou ao Blog do Evandro Cordeiro que o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Valmir Ribeiro, seria o vice ideal para a chapa da oposição em cuja cabeça deverá estar o senador Gladson Cameli (PP). Luisinho afirma que, inclusive, deu a ideia a Gladson. “Eu disse para ele que o vice é uma escolha pessoal dele, mas que o nome do Valmir agrega mais do que qualquer um outro. Pelo menos na nossa região, o Alto Acre, o Valmir é unanimidade”, diz Assem. Valmir, ainda segundo o ex-parlamentar, passa muita coisa boa para a chapa, inclusive muita experiência administrativa. “E mais: o Gladson precisa anunciar isso logo”, apressa Luisinho.    

Publicado em Blog

O senador Jorge Viana (PT) disse hoje ao Blog do Evandro Cordeiro que essa manchete da revista IstoÉ o acusando de sugerir fuga e pedido de asilo ao ex-presidente Lula (PT) foi a “coisa mais absurda” que já leu sobre ele mesmo em um meio de comunicação. O senador acredita que alguns veículos de notícias estão se aproveitando da balburdia nacional para escrever qualquer coisa a respeito das pessoas, inclusive uma “maluquice” dessas.

Jorge Viana disse mais: “Quem me conhece sabe que em nenhuma hipóteses pensaria dessa maneira. Lamentavelmente não fui nem ouvido sobre esse assunto”. O parlamentar avisou que a revista vai responder na Justiça pelos danos à sua imagem e honra causados por essa notícia fantasiosa. “Você foi o único veículo de comunicação a procurar ouvir o outro lado, agradeço, por isso”, finalizou.

Publicado em Blog

O senador Gladson Cameli (PP), agredido esses dias do pós enchente em Rio Branco por grupos supostamente ligados ao Governo, deslocados para atuar, principalmente, nas  redes sociais, lamentou a perda de tempo de uma equipe de Estado com a pessoa dele. “Deixem para se preocupar comigo depois que eu for governador, minha gente. Por enquanto minhas obrigações são como senador da República e eu as tenho cumprido como manda o figurino, graças a Deus”, afirmou ao Blog esta manhã.

Gladson Cameli diz ainda que já esperava esse desespero de tentar ligar ele aos problemas de Rio Branco, que na verdade são da alçada do prefeito Marcus Alexandre (PT). “Estou sabendo que eles colocaram um desses jornais ligados a eles para fazer uma varredura na minha vida. Estão investigando até meus bisavós, mas eu estou tranquilo, porque o Ministério Público também me investigou e ao invés de me denunciar, me deu uma das maiores condecorações que um cidadão de bem recebe dessa instituição. Então deixa eles perderem tempo comigo. Só assim esquecem de fazer campanha para o candidato deles, que não tem mais nem o que prometer para o povo acreano, depois de desgastados 20 anos ocupando o poder”, assegurou

Publicado em Blog

A vereadora Lene Petecão (PSD) esbanjou solidariedade com as vítimas da enxurrada de anteontem em Rio Branco, sem fazer uso político rasteiro. Passou a manhã desta quinta-feira, 15, acompanhando a distribuição de kits de limpeza no Bairro Recanto dos Buritis e no Santa Inês. "Tive uma recepção calorosa da população alagada pelos serviços prestados. Meu mandato tem sido assim sempre", disse ao Blog a vereadora, que não quis fazer postagens nas redes sociais do serviço de apoio.

Publicado em Blog

O ex-prefeito de Acrelândia, Clóvis Moretti, morreu esta tarde de infarto do miocárdio, aos 50 anos de idade. Pecuarista, ele assumiu a prefeitura entre 2009 e 2012, depois do afastamento e prisão do então prefeito Carlos César Araújo, o Carlinhos, acusado pelo assassinato do vereador Printé. Os dois foram eleitos pelo PSB. Ainda não há informações mais precisas a respeito.

Publicado em Blog

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, do PT, que estar prestes a abandonar a prefeitura para disputar o Governo, caiu n’água, literalmente, depois do alagamento de anteontem, provavelmente visando a eleição de outubro. Pior: a assessoria dele não fez nenhuma cerimônia ao mostra-lo como o “Aquoman”, o salvador dos afogados, como se a prefeitura e a Defesa Civil não tivesse ninguém para fazer o serviço de resgate. Tanto na imprensa paga quanto nas redes sociais os assessores encheram os espaços com rasgados elogios as ações do prefeito, em algumas fotos mostrando ele com água na cintura. Resultado: parte da população não perdoou. Imediatamente a atitude do prefeito passou a ser tratada como proselitismo político, pelo fato de ele ser pré-candidato a governador nas eleições desse ano, depois de prometer na eleição passada que ficaria o mandato inteiro de prefeito.

Publicado em Blog

O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB), vai ser o candidato a deputado estadual da família e não dona Antônia Sales (PMDB), sua mulher, como estava previsto. A decisão dele é muito pessoal – ele diz que não vai dizer a ninguém o motivo – e caso consiga vencer a eleição voltará casa onde ficou por cinco mandatos, até 18 anos atrás. Assim, os Sales vem com o Vagner e a deputada federal Jéssica (PMDB), uma das mais atuantes parlamentares da atual legislatura. Para a próxima semana Vagner promete uma declaração bombástica.

Publicado em Blog