Itens filtrados por data: Janeiro 2018

O ativista político e empresário Weber Gonçalves está negociando seu Sandero Tec Rhun 14-15, em estado de conservação extraordinário. É completo de tudo. Segue duas fotos e o número do celular do Weber: 99988-4004.  

Publicado em Blog

O ex-líder da juventude tucana Rodrigo Fernandes vai se filiar em um partido da Frente Popular para ser um dos coordenadores da campanha do empresário Fagner Calegário Jr, representante das empresas terceirizadas no Estado, a deputado estadual. Ex-militante ativo da oposição, filho do médico, ex-vereador e ex-deputado estadual Donald Fernandes, que atualmente mora no Espírito Santo, Rodrigo se filia no PV, dia 8 de março, Dia da Mulher, às 18hs, no auditório do Sebrae, em data escolhida propositadamente por ser a sigla dirigida por uma professora de Educação Física, a Shirley Torres. O candidato de Rodrigo, Calegário Jr, também vai se filiar no Partido Verde.

Publicado em Blog

O cantor gospel França Araújo virou estatística na lista de vítimas de ladrões no Acre. Uma das lojas dele no centro de Rio Branco foi arrombada, vasculhada e o prejuízo final foi R$ 16 mil em relógios levados pelos elementos. Como centenas de outros acreanos que tem sido vítimas de assaltos, roubos e furtos restou ao “levita” se lamentar aos amigos e nas redes sociais. Ao Blog ele repete o mantra das vítimas: “Estamos à mercê da bandidagem no Acre”. França tem vários CDs gravados e autor e interprete de hinos como “No silêncio do meu quarto”, sucesso absoluto no meio evangélico.

Publicado em Blog

Os deputados federais César Messias (PSB), Alan Rick (DEM), Major Rocha (PSDB), além de Jéssica Sales e Flaviano Melo, ambos do PMDB, votaram na madrugada desta terça-feira, 20, na Câmara Federal, pela intervenção federal no Rio de Janeiro, proposta pelo Governo Temer (PMDB) com o objetivo de frear a escalada da violência na antiga capital do País. Léo de Brito e Raimundo Angelim, ambos do PT, votaram contra. Moisés Diniz (PCdoB) não aparece na lista dos votantes. O projeto terminou aprovado pelo placar de 340 a 72.  

Publicado em Blog

O deputado federal Flaviano Melo (PMDB) disse agora mesmo ao Blog que disputará a eleição para federal e não para o Senado, como foi divulgado esta manhã por um site local. Ele desmente aquilo que chama de “boato maldoso” e reafirma a candidatura de Marcio Bittar. “O Marcio Bittar será nosso senador e eu disputarei para deputado federal. O resto é fofoca”, afirmou. Quanto ao Governo o apoio do PMDB será “irrestrito” ao senador Gladson  Cameli (PP). “Continuamos firmes com o Gladson”, assegurou Melo.

Publicado em Blog

O deputado federal Major Rocha (PSDB) acaba de desmentir que seu partido esteja fazendo um acordo para caminhar junto com o coronel Ulisses Araújo, pré-candidato a governador ainda sem partido, mas amparado pelo DEM de Tião Bocalom. Ele disse ao Blog do Evandro Cordeiro, para desmentir boatos das redes sociais, que “independente de qualquer coisa” ele, seu partido e seu grupo político vão caminhar com o senador Gladson Cameli, pré-candidato a governador pelo PP numa coalisão de partidos que ficará maior que a Frente Popular. Quando diz “independente de qualquer coisa” Rocha se refere ao seguinte: mesmo que o vice não saia do ninho tucano ainda assim ele vai com Gladson para o Governo. “Tenho palavra”, diz.  

Publicado em Blog

O Acre precisa, urgente, reorganizar seu setor produtivo para voltar a ser competitivo no agronegócio, como foi nos anos 1970 e 1980, até a esquerda chegar no poder. A opinião é do empresário Fernando Lage, pré-candidato a senador, conhecido por ter sido, até cerca de 15 anos, um dos maiores empregadores do Estado. Ele foi dono de várias empresas, entre elas as mais conhecidas da época no ramo da vigilância e transporte de valores.

Fernando Lage chegou no Acre no melhor momento econômico, quando o Governo Federal incentivou criadores de gado a investir na região, na década de 1970. “As melhores linhagens de gado nelore foram escolhidas para o povoamento das pastagens que surgiram naquelas décadas”, diz ele.      

O resultado do investimento veio a galope, segundo Lage. “Em poucos anos nos transformamos em produtores e exportadores dos melhores cortes bovinos, com elevado valor agregado para nossa carne bovina e derivados, além de auto suficientes em produção e exportação dos derivados da madeira”, afirma.

A chegada do PT e o “retrógrado” pensamento da esquerda detonou a economia do Estado, que ainda sobrevive graças a empréstimos feitos juntos a bancos internacionais, que estão praticamente inviabilizando o Estado para o futuro. Pior: parte desse dinheiro tem sido usado para a folha de pagamento. Nem mesmo a manteiga acreana, eleita uma das melhores do mundo nos anos 1980, o Acre produz mais, segundo o empresário.  

Publicado em Blog

O vereador Joelson Pontes (PP) volta a trabalhar na sessão desta terça-feira, 20, na Câmara Municipal de Brasileia, depois de estar afastado desde setembro do ano passado, por ter sido citado no mesmo processo por meio do qual algumas pessoas estão presas, entre as quais os ex-prefeitos do município, Aldemir Lopes e Everaldo. Joelson está conseguindo, aos poucos, provar a inocência. O comunicado da Justiça chegou à presidência da casa e esta enviou a informação ao parlamentar na manhã desta segunda-feira, 19. A prefeita Fernanda Assem (PT) volta a ter oposição a partir desta semana. “Com equilíbrio e responsabilidade”, promete o parlamentar.   

Publicado em Blog

O senador Sérgio Petecão (PSD) é um dos poucos políticos a ter coragem de colocar a popularidade em jogo nesses tempos de descrédito da política. Neste domingo, 18, à noite, foi para o meio da plateia assistir ao desfile de carnaval puxado pelos blocos de ruas de Rio Branco, que aconteceu com uma semana de atraso devido a fortes chuvas do final de semana passado. No meio do povão, o senador foi bem tratado. Tirou fotos com simpatizantes e passou o tempo todo cumprimentando e sendo cumprimentado por foliões e pessoas que estavam apenas assistindo o evento.

Publicado em Blog

O ex-deputado federal Chicão Brígido não sabe se casa ou compra uma bicicleta, como diz o dito popular. É que ele tem recebido convites de siglas importantes dentro da Frente Popular para ser candidato a deputado federal como prioridade, mas ele gosta do PDT, onde está há mais cinco anos. PSOL, PSDC e PHS já piscaram o olho para Brígido, por ver nele a oportunidade de eleger um federal na “chapinha” que está sendo construída habilidosamente. Liguei para ele. Do outro lado da linha ele repete um mantra: “Estou orgulhoso pelos convites”.

Publicado em Blog