Itens filtrados por data: Agosto 2017

O senador Sérgio Petecão (PSD) passou a terça-feira dando entrevistas e desabafando após ser absolvido de processo por compra de votos, que respondia desde 2006, quando se elegeu deputado federal pela primeira vez. Segundo mais votado naquela eleição, petecão se via às voltas com a Justiça Eleitoral esse tempo todo. Mas ontem saiu a sentença final, no STF.

Aliviado, o senador disse ao Blog do Evandro Cordeiro que está “feliz” e que “já esperava” a absolvição. “O povo do Acre sabe que nunca tive esse mal costume e ao mesmo tempo sabe quem compra votos em nosso Estado. Não precisa nem dizer. Por isso continuo minha vida política andando de cabeça erguida”, afirmou.  

 

Publicado em Blog

A bispa Franciléia, mulher do Apóstolo Waldemiro Santiago, líder da Igreja Mundial, está no Acre nesta quarta-feira e vai acompanhar a missionária e ex-deputada federal Antônia Lúcia (PR) em algumas agendas. Além de um almoço na residência dos Câmara, a esposa do líder evangélico mais polêmico da atualidade no País participa de um culto esta noite na sede da igreja em Rio Branco, na rua coronel José Galdino, Bosque, dirigida pelo bispo Leildo Thimóteo.

O resto da agenda da “primeira-dama” de uma das maiores igrejas do Brasil o Blog do Evandro Cordeiro não teve acesso, mas um esforço está sendo feito para uma entrevista com a bispa.

 

Publicado em Blog

A 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) absolveu por unanimidade, nesta terça-feira (19), o senador Sérgio Petecão (PSD-AC) da denúncia de compra de votos nas eleições de 2006, quando ele foi eleito  deputado federal.

Oferecida pela PGR (Procuradoria-Geral da República), *a denúncia foi recebida pelo STF em maio de 2014. Desde então, Petecão era réu no processo. O acriano foi eleito senador em 2010.

O relator da ação penal, ministro de Alexandre de Moraes, sustentou que ao longo da instrução não houve provas suficientes para confirmar a denúncia. O voto foi acompanhado pelos outros membros da 1ª Turma, Marco Aurélio, Luiz Fux, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso.

Quando do acolhimento da denúncia, os ministros do STF seguiram o voto do então relator, ministro Teori Zavascki, que na ocasião apontou "haver indícios bastante veementes" do crime eleitoral. Zavascki morreu em um acidente aéreo em janeiro de 2017 e foi substituído por Moraes, que herdou a relatoria desta ação.

Segundo a denúncia, Petecão participou de um esquema de compra de votos em Rio Branco, oferecendo dinheiro, asfaltamento de ruas e outras vantagens a eleitores. A acusação era de que havia uma lista mostrando a elaboração de um cadastro de eleitores que receberiam vantagens para votar a favor do congressista.

"Não há como acolher a tese da defesa de que as acusações seriam incompatíveis com corrupção eleitoral. As declarações são elucidativas e claras em relação à promessa de pagamento em troca do voto", disse
Zavascki, em 2014.

"Há uma descrição minuciosa do título de eleitor e de onde seria o pagamento. Entendo que há indícios bastante veementes para o recebimento da denúncia", completou o ministro.

Procurado pela reportagem minutos depois do julgamento, o senador, que ainda não conhecia o resultado da sessão, celebrou a absolvição.

"É boa a notícia que você me dá, até te agradeço. Mas isso aí foi uma questão política no Estado. Lá no Acre, eu sempre fiz oposição ao PT, entendeu? Essa ação foi quando eu fui eleito deputado federal e criaram uma situação dizendo que eu tinha comprado voto", comentou o Petecão. A advogada do senador, Danyelle Galvão, que nem precisou fazer sustentação oral durante o julgamento, afirmou que durante as audiências nenhuma testemunha confirmou que houve compra de votos.

"Os testemunhos são superconfusos. Tudo que disseram na polícia, desdisseram na Justiça. E a Procuradoria-Geral da República, nas alegações finais, fez um pedido de absolvição por ausência de provas",
declarou a advogada.

 

A 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) absolveu por unanimidade, nesta terça-feira (19), o senador Sérgio Petecão (PSD-AC) da denúncia de compra de votos nas eleições de 2006, quando ele foi eleito deputado federal. Ofere... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/09/19/stf-absolve-senador-sergio-petecao-de-denuncia-por-compra-de-votos-em-2006.htm?#_=_&cmpid=copiaecola
A 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) absolveu por unanimidade, nesta terça-feira (19), o senador Sérgio Petecão (PSD-AC) da denúncia de compra de votos nas eleições de 2006, quando ele foi eleito deputado federal. Ofere... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/09/19/stf-absolve-senador-sergio-petecao-de-denuncia-por-compra-de-votos-em-2006.htm?#_=_&cmpid=copiaecola

 

Publicado em Blog

A Prefeitura de Porto Walter está antecipando metade do 13° Salário dos servidores municipais para Terça e Quarta-feira dias 19 e 20 de setembro de 2017.

A administração Municipal está realizando uma grande festa e, ainda pagando em dias, para que os funcionários possam participar do evento da melhor maneira possível e com dinheiro no bolso. Já o pagamento da Folha do mês de setembro será efetuado nos dias 21, 22, e 23/09

"A antecipação da folha de pagamento valoriza o funcionalismo e tem reflexos direto na cadeia produtiva da cidade", destacou o prefeito Zezinho Barbary (PMDB).

"Adiantando o pagamento do salário do servidor para o dia 21 nós permitimos que eles possam participar das festividades com mais alegria, e também contribuímos para o aquecimento do comércio local, que terá um incentivo considerável devido a festa do Milho que celebra sua quarta edição", frisou o prefeito.

 

Publicado em Blog

O deputado Eber Machado (PSDC) disse a um grupo de amigos que se tivesse ido há duas eleições para a oposição certamente seria um nome discutido para as eleições de 2018. Eber disse que tem nome, tem família, tem voto e é cristão, requisitos de sobra para quem quer contrapor o Governo do PT e suas bandeiras em favor do aborto e do homossexualismo. Eber vive o dilema do ex-deputado Jamyl Asfury (PEN), que também seria um nome a discutir na oposição.

Publicado em Blog

 

 

O governador Tião Viana (PT) inaugurou mais um daqueles investimentos marcas de seu governo e com o devido exagero de sempre: uma casa de farinha em Xapuri. Depois ele falou que isso é para garantir renda para as futuras gerações. A fala hiperbólica, desta vez, ficou a cargo de seu secretário de Agropecuária, José Carlos Reis. Esse disse que aquele polo xapuriense será um dos maiores produtores de farinha do Brasil.

A megalomania do governo provocou o deputado Luiz Gonzaga (PSDB). Por telefone ele disse que o investimento do Estado em Xapuri é outro daqueles muitos que o governador anuncia desde o início de seu governo e que termina falido em pouco tempo. “É uma pena que esse governo é perdido. Está longe de um projeto de produção rural”, afirmou.   

 

Publicado em Blog

 

Índios da etnia Shawdawas vão cantar e dançar na abertura do Festival do Milho, em Porto Walter, município distante de Rio Branco mais de 600km, localizado às margens do rio Juruá e sem acesso por estrada. O evento acontecerá entre os dias 22, 23 e 24 próximos e é uma das maiores festividades da comunidade, promovido pela prefeitura, e esse ano com apoio do Sebrae.

O prefeito do município, Zezinho Barbary (PMDB), um dos mais populares do Acre, anuncia que este ano, além de cantar e dançar na abertura da festa, os índios vão participar de outras atividades, como o torneio de futebol. No primeiro dia será escolhida a garota do Milho e entre as atrações musicais a banda Forró Rasgado, de Goiania, é uma das mais esperadas pela comunidade.  

 

Publicado em Blog

A estudante Ediane Caetano, que milita no setor afro de um partido grande no Acre, foi hostilizada nas redes sociais ao fazer um ensaio fotográfico mostrando sua nudez em plena gravidez. O caso foi parar numa DP de Rio Branco e o boletim ficou registrado.

O autor dos ataques ainda não foi julgado, mas fica a dica dela mesma: "Ninguém que sofre preconceito deve deixar barato".
O Blog do Evandro Cordeiro não tem preconceito, tem conceito. Que negra linda!

 

Publicado em Blog

 

Um sargento da reserva da Polícia Militar do Acre disse ao Blog que policial aposentado “come o pão que o diabo amassou” para sobreviver. Aposentado há mais de três anos, o militar disse que não suporta mais ter que trabalhar de vigia noturno para melhorar a renda da família, graças a política do atual governo que o comando aceita passivamente. Mas fez a denúncia sem se identificar, com medo de represálias. “O PT não alisa quem é contra e o comando ouve mais eles do que os colegas de farda, como se o coronel comandante não fosse um dia se aposentar, se bem que ele vai com soldo de secretário de Estado”, justificou o anonimato.   

O militar que procurou o Blog do Evandro Cordeiro fez uma lista que chamou de “lista da tristeza”, que são as desvantagens de ir para a reserva na PM do Acre. E começa pela perda das vantagens salariais. “Cai o salário, cai a saúde, e muitos nem demoram muito tempo aposentados, porque morrem depressivos, logo”. Segundo o praça, são dezenas de casos de colegas vivendo dramas depois da aposentadoria. Um direito simples, que é o de tirar a CNH gratuitamente, também é retirado depois da reserva.

Pior, segundo o militar, é que não tem perspectiva de aumento, nenhuma melhora. “Se os colegas lembram, nossa vida foi estabelecida lá no curso de soldado. Nós não temos nem direito de reclamar. É assistir o pessoal do TJ ganhar 30 por cento de aumento e nós, que vai (sic) pra rua, combater bandido, tem que engolir que, na reserva, tem que engolir. Eu até sugiro às colegas do inativo feminino, que não querem mais pegar em armas, que vão fazer artesanato para complementar a renda”, afirmou.

O militar aposentado pediu para fazer um alerta aos colegas que ainda estão na ativa. “Vocês cuidem de pensar em brigar por melhorias para depois da aposentadoria, porque depois vocês vão ser ignorados do jeito que nós somos hoje. Lembram daquela manifestação na Assembleia Legislativa, que nossa turma não se importou¿ Pois é. Era para nós ter arrochado esse governo, nós abrimos ai hoje estamos precisando trabalhar de vigia para complementar a renda. Cuidem de pensar no futuro, caros colegas”, disse.   

 

Publicado em Blog

 

A prefeita Marilete Vitorino (PSD) disse ao Blog do Evandro Cordeiro que Tarauacá está se preparando para a “grande festa que voltará a ser realizada”, o Festival do Abacaxi. A previsão é que aconteça entre os dias 29 e 30 de setembro, com final em primeiro de outubro. “Estou animada com as parcerias que estão surgindo e espero que aconteça uma grande festa, resgatando uma tradição nossa”, disse a prefeita.

 

Publicado em Blog