Itens filtrados por data: Agosto 2017

 

O pastor presidente da Igreja Batista do Bosque (IBB), Agostinho Gonçalves, presidiu a cerimônia de um batizado nas águas para 200 novos fiéis, nesta quinta-feira, 31, às 18hs, na piscina do Clube dos Oficiais da Polícia Militar. O número de batizados não é recorde. No primeiro semestre desse ano aconteceu o mesmo evento com 300 novos membros.
A cerimônia de batizado coletivo deverá se tornar rotina na IBB e o pastor Agostinho explica a razão. É que mudou o estilo de absorver novos membros. Após a conversão, o novo crente é convidado a participar de um curso chamado “Universidade da vida”.
São três meses de aula intensa, cujo conteúdo é considerado incrível até mesmo por mestres universitários. Após o curso, ai vem a possibilidade do batismo. Uma nova etapa é iniciada para que o novo membro vá para as águas consciente. Ai são muitos pastores envolvidos até a imersão nas águas. “Conto com um exército de líderes de células, pastores e auxiliares. Uma equipe que orgulha a Jesus, certamente”, diz o pastor Agostinho, um líder que se divide entre o comando espiritual da igreja e a administração secular, onde atua como um executivo, com mestrado e tudo na área.
Já são incontáveis os números fiéis da igreja no Acre.
 
 
BATISMO NAS ÁGUAS – O site TudosobreDeus explica o seguinte sobre o batismo: “Muitas pessoas perguntam se é um requisito para a salvação O batismo não é um ato que nos leva ao céu - a fé em Jesus Cristo como Salvador e Senhor é o que oferece essa garantia. O batismo (por imersão total, como ensinado na Bíblia) é um ato de obediência que deve ser uma parte imediata de nossa aceitação do dom da graça oferecida por Jesus Cristo. Entretanto, isso não significa que aquele que verdadeiramente entrega o seu coração a Jesus no leito de morte, durante uma guerra ou em um avião que está caindo não poderá entrar no céu porque não conseguiu ser batizado. O ladrão na cruz ao lado de Jesus não teve tempo para ser batizado antes de morrer, mas teve a oportunidade de crer em Jesus e colocar sua confiança em Deus, e Jesus respondeu dizendo: "Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso" (Lucas 23:43).”
 

 

 

 

 

 

Publicado em Blog

Quando morreu ontem à noite, por volta das 20h30min, Jorge Nascimento, conhecido no Acre todo como Acreucho, levava consigo para o além um monte de gentileza. Não é à toa que as lamentações perduram desde a noite nas redes sociais, frequentadas por ele desde muito tempo.

Radialista por três razões, porque era bem informado, tinha um vozeirão e adorava os microfones, Acreucho era um apaixonado pela política. Usava um outro instrumento de comunicação por meio do qual ganhava dinheiro, a carro móvel, inclusive, para fazer campanha para amigos ou para quem ele acreditava.

Eu fui um beneficiário daquela gentileza dele. Na minha campanha para vereador, não arredou o pé. Até o pão do café ele trazia aqui para casa. A gasolina ele bancava. E melhor: fez um jingle pra mim. Ele mesmo produziu, ele mesmo cantou e ele mesmo percorreu algumas ruas da cidade tocando aquilo lá nas alturas.

Oh, Jorjão, tu que eras nascido em Porto Alegre há 64 anos, mas acreano como poucos, quase 30 anos que morava aqui, partiu mas não passou em branco, amigo velho. Deixou um rastro de boa índole. É o jeito ficar só na saudade.

 

Publicado em Blog

O vereador Roberto Duarte Júnior (PMDB) disse agora há pouco ao Blog do Evandro Cordeiro que as prisões desta manhã já eram esperadas e pior: “Se o Jackson Marinheiro abrir a boca o império de moralidade do prefeito Marcus Alexandre (PT) cairá por terra”, afirma o parlamentar. Segundo o vereador, Marinheiro “foi contemplado com um cargo para não falar o que sabe. Ele foi nomeado para a Emurb pelo prefeito por ser um de seus homens de confiança”.

 

Publicado em Blog

 

O presidente do Grupo Recol, que controla a TV Gazeta, Marcelo Moura, disse ao Blog que as demissões recentes na emissora são resultado de renovação do quadro. Ele nega qualquer interferência política, para rebater as falas nas redes sociais do Acre e até fora do Estado. “O pau tá quebrando nas redes sociais coma turma da política. Eu não sou político. Sou empresário. Não vou dá margem para ninguém para ninguém ficar debatendo meu trabalho”, afirmou.

Além do apresentador Wesley Moraes, o Bom Menino, foi demitida a decana apresentadora da emissora, Mara Rocha. Ela é irmã do deputado federal Major Rocha (PSDB) e após o anúncio as insinuações de que teria ranço político passaram a permear as redes sociais.   

 

Publicado em Blog
Página 15 de 15