Itens filtrados por data: Maio 2017

O taxista José Cornélio de Oliveira Júnior denunciou como “pirâmide financeira” ao Ministério Público Estadual o serviço de Uber que tenta ser instalado em Rio Branco. Júnior foi ouvido pelo promotor de Justiça Marco Aurélio Ribeiro, para quem denunciou ainda a existência de um escritório possivelmente  “clandestino” no edifício empresarial Rio Branco, uma vez que, segundo o denunciante "não há sequer alvará de funcionamento”.

O conflito dos taxistas da capital com motoristas particulares que aderiram ao aplicativo Uber deverá ser mediado pelo Ministério Público, segundo José Cornélio, para evitar o pior. “Pior que é injustiça. Ninguém deve ser injustiçado”, afirma.

Na denúncia que fez ao MPE, Júnior explicou que o erro começou pela tentativa do grupo de criar uma espécie de “pirâmide financeira”, fazendo cadastramento de pessoas. Ao finalizar sua denúncia no MP, Cornélio Júnior pediu ao promotor que os serviços de Uber sejam suspensos em Rio Branco até que a prefeitura regularize a situação. “Táxi e mototáxi pagam imposto e não é baixo. Então ninguém pode sair por ai fazendo transporte de passageiro sem ser regulamentado pela prefeitura”, disse Cornélio ao Blog do Evandro.

Publicado em Blog

O vereador Raimundo Neném (PHS) anda dando susto na base do prefeito Marcus Alexandre (PT), da qual o partido dele faz parte. O parlamentar tem alternado discursos de apoio à prefeitura com falas dignas de um vereador de oposição. Segundo o próprio, esse comportamento é normal para quem faz um mandato com objetivo de ficar do lado das pessoas. E vai mais uma para o prefeito madrugador: Neném vai continuar na mesma batida.

Eleito basicamente pelo Segundo Distrito de Rio Branco, Neném tem como base eleitoral a Igreja Assembleia de Deus da região, presidida pelo pastor Francisco Francelino, um líder exemplar para quem quer fazer as coisas bem certinhas.

Como se diz na gíria, Neném não quer chupeta.    

Publicado em Blog

Em reunião secreta, esses dias, dirigentes de partidos nanicos da Frente Popular decidiram o seguinte: como toda a população já sabe que o candidato a governador será Marcus Alexandre (PT), o homem que fez a BR-364, eles vão brigar até as carnes cair dos ossos para ter ao menos a vice dessa vez. Que não seja do PCdoB, digamos assim. O grupo ainda aceitará que esse vice possa ser o secretário de Segurança, Emylson Farias, por ele estar indo para o PDT, sob a responsabilidade do ex-deputado Luiz Tchê. “Porque o Tchê é bom de negócio, cumpre os tratos, então ainda aceitaremos que seja um dele”, me disse um dos dirigentes.  

Publicado em Blog
O polêmico ex-deputado Roberto Jeferson, presidente nacional do PTB, palestrará sobre política no auditório da Fecomércio, ao lado do Sesc Bosque, hoje, a partir das 19h. Ele vem dar posse à nova diretoria do partido no Acre, em cuja presidência está a publicitária Charlene Lima. Minha colega jornalista Vânia Pinheiro será empossada na tesouraria do partido. Jeferson é sempre garantia de uma boa fala. Além de bom comunicador, conhece como poucos os últimos acontecimentos da política nacional. Foi ele que denunciou o “mensalão”, a primeira grande investida do governo Lula para garantir a permanência no poder.
Publicado em Blog

DNIT anuncia para a próxima segunda-feira, 3, o início das obras de restauração da BR-364, no trecho entre as cidades de Rio Branco e Sena Madureira.  A ordem de serviço será dada a partir das 8h30min, na cidade do Bujari, na altura do KM 28, em frente ao Banco do Brasil, com a presença do Diretor-Geral de licitações do DNIT, André Martinez.

O investimento total nessa etapa será de R$ 14 milhões. 

 

Publicado em Blog

Taxistas e moto taxistas de Rio Branco já estão aderindo ao aplicativo criado pelo empresário José Oliveira Júnior “Cebola”, para mudar de vez a história do transporte particular de passageiros. O novo serviço via internet contempla as duas categorias ameaçadas pelo Uber e tem bem mais opções que vão deixar o usuário de queixo caído.

O aplicativo, segundo Júnior “Cebola”, já tem adesões de táxis e motos e a partir desta quinta-feira, 29, começa a ser divulgado oficialmente no Acre. Há adesões nos municípios e o serviço já foi estendido também para outros estados da Região Norte, como Rondônia e Amazonas. “Meu aplicativo serve para todo o Brasil, mas quero dar esse presente primeiro para os acreanos”, afirma “Cebola”.

Vantagens do aplicativo   

Ser usuário do aplicativo via internet para chamar carro ou moto é contar com uma série de vantagens, entre elas agendar corrida, conhecer o valor antecipadamente, ter acesso ao perfil do condutor. “Por exemplo: se você quer mandar seu filho para escola você acompanhará o trajeto que o motorista ou motoqueiro estará fazendo, além do mais nossos parceiros não poderão cancelar corridas”, explica o empresário Júnior.

Outra grande novidade é que o aplicativo poderá ter convênio com empresas, os serviços poderão ser pagos com cartão e haverá desconto de 20% para todas as corridas. No caso dos táxis, os motoristas devem aderir a um padrão de apresentação, usando gravata. Dentro dos carros também será disponibilizado água, bombons e chocolates. “Estamos dando esse presente para os usuários de Rio Branco”, conclui animado Jr “Cebola”. 

O aplicativo está disponível para Android e IOS 

Publicado em Blog
Quarta, 28 Junho 2017 13:37

Marketing sensacional

No Dia Internacional do Orgulho LGBT, a Coca-cola criou uma latinha de Coca com Fanta Laranja e utilizando a piadinha homofóbica "Esta Coca é Fanta". Porém com um adendo: "E daí?"

A edição especial não será comercializada e foi distribuída dentro da sede da Coca-Cola no bairro de Botafogo, Rio de Janeiro.

Apenas funcionários puderam conferir de perto a novidade, que estava nas geladeiras dos 13 andares da empresa.

“Criamos uma lata especial para reconhecer quem ignora rótulos, desafia os preconceitos e assume quem realmente é. Essa Coca é orgulho. Essa Coca é Respeito. Essa Coca é Fanta”, disse a marca.

Os colaboradores também receberam em seus e-mails uma mensagem sobre o Dia Internacional do Orgulho LGBT destacando que "precisamos construir juntos um ambiente mais inclusivo".

 

Publicado em Blog
Quarta, 28 Junho 2017 13:04

BR 364 sentido Rondônia/Acre em obras

Recebi agora há pouco fotos do trabalho de recuperação que o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) está realizando na BR 364 - Sentido Rondônia/Acre. O trabalho é intenso para "restaurar o pavimento e, em alguns casos, fazer outro".

O DNIT realizou em 2016 licitação para recuperar seis trechos críticos da estrada federal e as empresas ganhadoras da concorrência deverão manter o trecho por três anos com recuperação de buracos e limpeza de vegetação.

Os lotes licitados foram: na divisa entre Rondônia e Acre até o município de Sena Madureira, seguindo para o Rio Liberdade, região de Tarauacá e Cruzeiro do Sul.

Publicado em Blog

A 18ª Edição do Festival do Açai de Feijó já está com data marcada e atrações confirmadas!

De 11 a 13 de agosto, o festival de praia mais badalado da BR 364 terá como atrações Thiago Brava, Rabo de Vaca e Yago Santhiago. 

Publicado em Blog

Neste 28 de junho celebra-se o Dia Internacional do Orgulho LGBT e desde as primeiras horas que o ativista social Germano Marino publica em sua rede social questionamentos sobre a falta de ato alusivo à data pelo poder público no Acre, além de políticas públicas em favor do grupo.

Segundo Germano, durante a campanha de 2016, entregou, durante um evento no Cacimbão da Capoeira, um documento ao então candidato e atualmente prefeito reeleito Marcus Alexandre, uma carta de compromisso com reivindicações para a categoria. "Até o presente momento (...) não conseguimos sequer uma agenda com o mesmo sobre a Criação do Conselho Municipal LGBT. Muito menos sobre a construção do Decreto ao Uso do Nome social das pessoas trans na esfera de atendimento da administração publica", reclamou Marino.

O ativista também questiona o Governo do Estado. "O Tião é uma pessoa maravilhosa, mas o seu Governo não dá nenhum tipo de resposta à discriminação e violação dos Direitos Humanos da população LGBT".  E destaca ações que estão paralisadas ou não existem: "Grupo de Trabalho de Segurança Publica LGBT da SESP – Faz tempo que não funciona; Centro de Referência LGBT da SEJUDH – Não existe mais; Grupo de Trabalho da Saúde Integral da População LGBT da SESSACRE, esse nunca saiu do papel".

Em 2016, três homossexuais foram assassinados somente em Rio Branco. No Acre foram seis mortes violentas. 

 

 

 

 

Publicado em Blog

BANNER PP P