08 Jun 2018
Com o filho Jr, nos microfones da FM 93 e dando entrevista: um artista acreano desde os anos 1960 Com o filho Jr, nos microfones da FM 93 e dando entrevista: um artista acreano desde os anos 1960

Advogado, radialista, ex-deputado e ex-vereador Altemir Passos

O advogado Altemir de Oliveira Passos, formado pela Universidade Federal do Acre (Ufac) em 1979, nascido em Boca do Acre (AM), dia 17 de junho de 1936, é um ex-vereador por Rio Branco, eleito para o período de 1973 a 1976 (chegou a ser primeiro secretário da mesa diretora, entre 1973 e 1974), pela Arena (Aliança Renovadora Nacional), adversária do MDB, os dois únicos partidos autorizados a funcionar no Brasil durante os governos militares (1964 a 1985). Em 1978 se elege deputado estadual com 1.783 votos pelo mesmo partido. Antes de ser vereador, deputado e advogado, Altemir já era um conhecido radialista, ofício no qual ingressou nos anos 1960. Até deixar os microfones, em 2011, era conhecido pela voz límpida, pelo bom tratamento com a língua portuguesa e pelos programas de sucesso. Um deles, na Rádio Novo Andirá, se chamava “Espaço do povo”, um dos mais ouvidos no Estado no final da década de 1960. Nos anos 1970 deixou a Andirá e passou a integrar a equipe da Rádio Difusora Acreana. Nos anos 1990 aderiu as FM’s, onde ficou até 2011. Na televisão apresentou o “Jornal do Acre” pela afiliada da Rede Globo no Estado, a TV Acre, início dos anos 1980. Ele sucedia como âncora uma bancada dos apresentadores pioneiros Natal de Brito, Nilda Dantas e Estevão Bimbi.  

View the embedded image gallery online at:
http://evandrocordeiro.com/altemir-passos#sigProIdaf53e268f7

Como vive hoje

Altemir Passos é aposentado e vive em Rio Branco sob os cuidados do filho caçula, Júnior Passos, e da nora Raquel Zaire, depois de ser acometido por um AVC (Acidente Vascular Cerebral) em 2011. De lá para cá não conseguiu mais fazer o que mais gosta: rádio, por razões obvias. Também não advogou mais. Aos 82 anos, no entanto, continua lúcido e atento as notícias do dia-a-dia. Costuma dizer que, se não se informar todas as manhãs, morrerá mais cedo.   

 

Escrito por  1 Comentário
Publicado em Por onde anda?
Avalie este item
(2 votos)

1 Comentário

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

BANNER PP P